Download: os dois volumes de “Mil Tom”

milton

Carioca de certidão, mineiro de coração, Milton Nascimento integra o primeiro escalão dos nomes mais importantes da história da música brasileira. Seu disco de estreia, “Travessia”, foi lançado em 1967, um período de mudanças intensas (sociais, culturais e politicas). De cabeça aberta para o mundo, Milton experimentava. Se o primeiro disco trazia a bossa nova do Tamba Trio e no segundo, “Courage” (1968), os arranjos eram de Eumir Deodato e havia participação de Herbie Hancock, o quarto, “Milton” (1970), tinha acompanhamento do progressivo Som Imaginário (Wagner Tiso, Tavito, Zé Rodrix). O quinto disco foi lançado em 1972, dividido com Lô Borges, e recebeu o nome de “Clube da Esquina”.

“Era um coletivo, uma organização com cara da época. Eu vejo muito Beatles, rock progressivo, Crosby, Stills, Nash & Young naquele som. Mas é muito brasileiro e mineiro também”, resume Samuel Rosa, convidado a escrever sobre o Clube da Esquina para um especial sobre a história do rock brasileiro pela Superinteressante anos atrás. “Era uma molecada muito nova, sintonizada com o mundo. Vejo assuntos muito urbanos, como a solidão do garoto de rua, a repressão policial, a alienação das drogas. Era transgressor na atitude, mas era musicalmente radical também. Não era um tipo de música fácil. As guitarras tinham arestas, as harmonias eram difíceis. Era violão, mas era rock’n’roll”, ele resume.

Milton Nascimento seguiu produzindo clássicos nas décadas seguintes, e muitas dessas canções estão presentes no tributo duplo “Mil Tom”, que o Scream & Yell finalmente libera para audição online e download gratuito. Com produção assinada por Pedro Ferreira, “Mil Tom” traz artistas da nova geração da música brasileira recriando canções de vários períodos do repertório do Bituca. Dividido em duas partes, “Mil Tom” tem seu primeiro volume liberado no dia 10/06 e o segundo agendado para lançamento no dia 17/06. Há mais de cinco décadas, Milton encanta a todos com uma obra repleta de poesia e riqueza melódica, e “Mil Tom” é nossa forma de retribuir acompanhados do grande trabalho de artistas de 11 estados brasileiros.

Das 30 canções que compõe este tributo, nove são do “Clube da Esquina” (1972) e seis do “Clube da Esquina 2” (1978). “Minas”, de 1975, aparece com quatro canções. Do disco de estreia de 1967 saíram duas canções, assim como de “Caçador de Mim”, álbum de 1981. A canção mais recente é “Sereia”, parceria de Milton com Caetano, presente na trilha do filme “O Coronel e o Lobisomem”, de 2005. Há ainda faixas dos álbuns “Courage” (1968), “Milton” (1970) “Encontros e Despedidas” (1985), “A Barca dos Amantes” (1986), “Milton Nascimento” (1997) além de “Caxangá”, registrada no “Ao Vivo” de 1983, mas gravada por Elis Regina no álbum “Elis”, de 1977. Ouça online ou baixe em MP3 os dois volumes abaixo!

Ps. Este projeto começou a ser desenvolvido pelo produtor Pedro Ferreira alguns meses atrás, e na sexta-feira (12/06), dois dias após lançado o primeiro volume de “Mil Tom”, recebemos a notícia que perdemos Fernando Brant. Das 30 composições presentes no tributo “Mil Tom”, Fernando Brant participa de nada menos que 11 faixas. Canções clássicas como “Travessia”, “Maria Maria”, “San Vicente”, “Para Lennon e McCartney” e “Paisagem na Janela”, entre outras, ressurgem revistas por uma nova geração neste tributo que não é só para Milton Nascimento, mas também para o Clube da Esquina, como um todo, e hoje, em especial, para Fernando Brant. Fica aqui nossa singela homenagem a um grande músico e compositor.

por Marcelo Costa, editor do site Scream & Yell

**********

FAÇA O DOWNLOAD GRATUITO DE “MIL TOM – VOL 1” AQUI

**********

FAÇA O DOWNLOAD GRATUITO DE “MIL TOM – VOL 2” AQUI

**********

“MIL TOM – VOLUME 2”

01) Thaís Gulin – Amor de Índio
http://www.thaisgulin.com.br
02) Dani Black – Paisagem na Janela
http://www.daniblack.com.br
03) Baleia – E Daí?
http://www.baleiabaleia.com
04) Orquestra Contemporânea de Olinda – Caxangá
http://www.orquestraolinda.com.br
05) Gisele De Santi – Nos Bailes da Vida
http://www.giseledesanti.com.br
06) Selvagens à Procura de Lei – Nuvem Cigana
https://www.facebook.com/sapdl
07) A Banda Mais Bonita da Cidade – Ponta de Areia

http://abandamaisbonitadacidade.art.br
08) Blubell – Beijo Partido
https://www.facebook.com/BlubellOficial
09) Felipe Cordeiro – Cravo e Canela
https://www.facebook.com/OFelipeCordeiro
10) Verônica Ferriani – Canção do Sal
https://www.facebook.com/OficialVeronicaFerriani
11) The Outs – O Trem Azul
http://www.theoutsband.com
12) Ana Larousse – Cais
https://www.facebook.com/AnaLarousse
13) Tibério Azul – Canção Amiga
https://www.facebook.com/azultiberio
14) Dom Pepo – Credo
https://www.facebook.com/dompepo
15) Los Porongas – Nada Será Como Antes
https://www.facebook.com/losporongas

“MIL TOM – VOLUME 1”

01) Vanguart – Clube da Esquina Nº 2
https://www.facebook.com/vanguartoficial
02) Aline Calixto – Vera Cruz
https://www.facebook.com/alinedosamba
03) Banda Tereza – Maria Maria
https://www.facebook.com/banda.tereza
04) Aláfia – Saudade Dos Aviões da Panair (Conversando No Bar)
https://www.facebook.com/aifalaalafia
05) Fernando Temporão – Para Lennon e McCartney
https://www.facebook.com/fernando.temporao.oficial
06) Karol Conka – O Rouxinol (part. Boss In Drama)
https://www.facebook.com/karolconka
07) Pedro Morais – Travessia
https://www.facebook.com/musicadopedro
08) Filarmônica de Pasárgada – Canoa Canoa
https://www.facebook.com/filarmonica.depasargada
09) Tono – Lágrima do Sul
https://www.facebook.com/tonomusica
10) Pélico & Bárbara Eugênia – Paula e Bebeto
https://www.facebook.com/pelicomusica
https://www.facebook.com/barbaraeugeniapage
11) Rashid – Tudo Que Você Podia Ser
https://www.facebook.com/RashidOficial
12) Bruno Souto – San Vicente (part. banda Chá de Pólvora)
https://www.facebook.com/brunosoutooficial
13) Phill Veras – Paixão e Fé
https://www.facebook.com/PhillVeras
14) Letuce – Sereia
https://www.facebook.com/pages/Letuce/115653355161208
15) Simonami – Caçador de Mim
https://www.facebook.com/SIM0NAMI

Masterização: Eduardo Kusdra (Arte Master Home Studio)
http://www.artemasterhomestudio.com/

Arte: Luyse Costa
https://www.facebook.com/luyseilustradora

Produção Artística e Executiva: Pedro Ferreira
https://www.facebook.com/pedroferreira137

Realização: Scream & Yell

Outros discos disponibilizados para download no Scream & Yell
– “Somos Todos Latinos”: músicos brasileiros recriam o repertório latino (aqui)
– “Espelho Retrovisor”, um tributo aos 30 anos dos Engenheiros do Hawaii (aqui)
– “Ainda Somos os Mesmos”, um tributo ao álbum “Alucinação”, de Belchior (aqui)
– “Projeto Visto I e II”: brasileiros e portugueses juntos em dois EPs (aqui)
– “Natália Matos”, o disco de estreia da cantora paraense (aqui)
– “De Lá Não Ando Só”, terceiro álbum dos mineiros da Transmissor (aqui)
– “Gito”, EP de estreia do músico paraense Antônio Novaes (aqui)
– “Curvas, Lados, Linhas Tortas, Sujas e Discretas”, de Leonardo Marques (aqui)
– “EP Record Store Day 2013”, Giancarlo Rufatto (aqui)
– Walverdes ao vivo no Asteroid Bar (aqui)
– Download gratuito: diversos álbuns liberados pelos próprios artistas (aqui)

44 thoughts on “Download: os dois volumes de “Mil Tom”

  1. Luiz, o Nevilton participa da faixa do Bruno Souto auxiliando na produção, no coro vocal e fazendo “trompete de boca” 🙂

    Outra curiosidade da ficha técnica (que acompanha o arquivo para download) é a presença do Márcio Brant tocando teclados e samples em “Travessia (parceria do Milton com Fernando Brant) com o Pedro Morais.

  2. também fiquei surpreso com a qualidade da versão da Tereza. As versões do Vanguart, do Pedro Moraes e do Rashid também estão muito fodas!

  3. Karol Conka descobriu uma sensacional forma de acabar com uma belíssima canção do Bituca.
    A simplificação da harmonia de San Vicente, com Bruno Soutto, foi lamentável.
    Vera Cruz, Travessia, Saudade dos Aviões da Panair, Lágrima do Sol, Paula e Bebeto, Sereia (maravilha!!!), Caçador de Mim são sensacionais.

    Porque não colocaram as fichas técnicas, com os músicos e tudo?

  4. Felizmente ninguém acabou com música alguma. A ideia do projeto era justamente pegar artistas da nova geração para fazerem uma releitura dos sucessos de Milton Nascimento. Todas as canções gravadas foram muito bem trabalhadas e levaram meses de dedicação de todos os artistas, tentando transformar as músicas de anos atrás em algo um pouco mais atual, e cada artista imprimiu seu estilo musical na releitura.
    Na descrição do projeto, ficou bem claro que a ideia era que os musicos da nova geração interpretassem os sucessos de Milton. Quem é fã do próprio tem que ter a cabeça aberta e estar disposto a ouvir uma versão em estilos e rítimos completamente diferentes. Esta é a beleza do projeto, como os artistas conseguem pegar uma música longe do seu estilo e transforem em aglo completamente alternativo e moderno.
    Todas as musicas, independete do gosto pessoal deve seu merecido respeito.
    Parabéns ao Pedro Ferreia pelo excelente projeto e a todos os artistas que colaboraram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *