Boteco: Da Bélgica, La Cress, Timmermans, Halen

lacress.jpg

por Marcelo Costa

De Halen, cidade belga de quase 10 mil habitantes próxima de Gent surge a Brouwerij Anders, uma pequena cervejaria nascida em 2011, e que já acumula mais de 60 cervejas no currículo. Esta La Cress é uma Blond Ale que recebe adição de sementes de agrião, planta bastante popular na região, para acentuar o herbal dos lúpulos belgas. De coloração amarela turva com creme branco de ótima formação e permanência, a La Cress exibe um aroma notadamente herbal com leve sugestão cítrica (limão). Algo de cevada pode ser percebido junto a uma leve doçura. Na boca, a textura é frisante suave. O primeiro toque reforça a impressão herbal que o aroma adianta com um leve azedinho cítrico, que ajuda a turbinar o amargor, intenso, mas rápido. O conjunto valoriza o herbal com leve cítrico na retaguarda acompanhado de uma leve doçura. O final é seco com leve azedinho. No retrogosto… agrião (é sério!). Hehehe. Ótima.

timmermans.jpg

De Itterbeek, a 20 minutos do centro de Bruxelas, a terceira cerveja da Timmermans Brasserie a passar por este espaço (as outras duas foram as versões Framboise e Pêche). De coloração com tons alaranjados e vermelhos mais creme branco de média formação e permanência, a Timmermans Strawberry Lambicus apresenta um aroma com morango em evidencia remetendo a geleia. Há ainda leve percepção de azedume e uma nota terrosa interessante. Na boca, textura frisante. O primeiro toque adianta o domínio frutado (morango) acompanhado de dulçor, logo encoberto pelo azedume e acidez, equilibrando o conjunto de forma brilhante (lúpulos velhos são usados na receita para auxiliar na conservação sem atribuir amargor) e abrindo caminho para um perfil bastante frutado (morango), mas não tão doce – devido a acidez e ao azedume, ótimos. O final é levemente acético e salgado enquanto o retrogosto traz algo de morango, leve adstringência, acidez e suave salgado. Adorei.

halen.jpg

Também da Brouwerij Anders, a Halen Mariënrode Dubbel tenta recriar uma receita antiga produzida no mosteiro cisterciense de Mariënrode, fundado em 1237. Na receita, três tipos de malte locais, açúcar mascavo e mel da região. No aroma, notas de frutas escuras em destaque (ameixa e figo) com doçura na base, fazendo uma cama de doce de leite e caramelo com uma suave presença de café e madeira. Há ainda notas terrosas. Na boca, textura suave e calor (são 8% de álcool). O primeiro toque traz doçura caramelada logo envolvida por frutas escuras e álcool, que auxilia o amargor, pontual, e abre o caminho para um conjunto simples (com predomínio de frutas escuras e companhia de doçura e álcool), mas eficiente, que agrada. O final traz doçura e terroso enquanto o retrogosto promove aquecimento e rememora doçura caramelada e café, com frutado distante. Boa.

halen1.jpg

Balanço
A La Cress me impressionou: ela recebe adição de sementes de agrião, o que turbina o herbal do conjunto sem deixar a cerveja pesada. É uma Blond Ale bem agradável que termina com… agrião! Muito boa. A Timmermans Strawberry Lambicus merece o mesmo elogio, e já é a mais interessante das três cervejas que experimentei da casa. O morango é bem evidente na receita, mas azedume e acidez cumprem um papel magnifico na função de equilibrar o conjunto, resultando em uma cerveja bastante agradável. Fechando o trio com uma boa Dubbel da Halen Mariënrode, que se não apresenta muita profundidade, exibe um caráter bastante agradável.

lacress1.jpg

La Cress
– Estilo: Blond Ale
– Nacionalidade: Bélgica
– Graduação alcoólica: 6,5%
– Nota: 3,40/5
Preço pago em São Paulo: R$ 15 por 330 ml

Timmermans Strawberry Lambicus
– Estilo: Fruit Lambic
– Nacionalidade: Bélgica
– Graduação alcoólica: 8%
– Nota: 3,14/5
Preço pago em São Paulo: R$ 15 por 330 ml

Halen Mariënrode Dubbel
– Estilo: Belgian Dubbel
– Nacionalidade: Bélgica
– Graduação alcoólica: 4%
– Nota: 3,15/5
Preço pago em São Paulo: R$ 12 por 300 ml

timmermans1.jpg

Leia também
– Top 1001 Cervejas, por Marcelo Costa (aqui)
– Leia sobre outras cervejas (aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.