Aliança FARO: Panorama BRASIL (Destaques de Abril de 2022)

ABRIL 2022

Argentina | Bolivia | Brasil | Chile | ColômbiaCubaEspanha | México | Peru | Uruguai

Clique no país acima para conhecer seus destaques de abril!

BRASIL
por Marcelo Costa / do site Scream & Yell

Devagar, bem devagarinho, o Brasil começa a viver um “novo normal”. Em abril, tivemos uma versão reduzida do nosso tradicional carnaval – que havia sido adiado devido a pandemia – mas as escolas de samba fizeram um evento bonito na avenida enquanto tímidos blocos de rua enfrentaram o medo ainda real do vírus. Muitas pessoas ainda usam máscaras, mesmo em locais já liberados, e há bastante gente mantendo-se em isolamento, mas todos vibramos com as grandes apresentações de Anitta e Pabllo Vittar no Coachella (ou quase todos, já que a turma de Jair Bolsonaro odeia Cultura – Anitta, inclusive, bloqueou o presidente genocida no Twitter, algo que muitos de nós fizemos também, Scream & Yell incluso, afinal a vida é curta para perdermos tempo lendo fake news de miliciano). Abaixo, uma seleção de destaques que, muito provavelmente, nunca irão tocar no palácio presidencial, mas já podem tocar na sua casa.

TRIPA SECA – “CHARIVARI”: Espécie de supergrupo cômico da cena independente do Rio de Janeiro, o Tripa Seca chega ao seu segundo disco mantendo sua característica de misturar sons com muito bom humor. Marcelo Callado, Renato Martins, André Paixão e Melvin Ribeiro – conhecidos por projetos como Acabou La Tequila, Lafayette & Os Tremendões, Banda Cê (de Caetano Veloso), DoAmor, Canastra e Carbona – estão de volta com “Charivari”, um disco delicioso de rock indie que exibe referências de bandas adoradas como Mano Negra, Squirrel Nut Zippers, Cafe Tacuba, Pixies e Butthole Surfers. É ouvir e atender o pedido da banda: não peide no amor.


MARCELO CALLADO – “HIATO”: Integrante do Tripa Seca e baterista requisitado no cenário brasileiro acompanhando nomes como Caetano Veloso, Jorge Mautner, Lucas Santtana e Arnaldo Antunes, entre muitos outros, Marcelo Callado também é dono de uma consistente carreira solo que, inclusive, atraiu o produtor Leonardo Vinhas, que o convidou para o projeto “¡Unan Todo!”, da Aliança Faro. Mas falaremos disso no final. O que importa, agora, é convidar você a ouvir “Hiato”, quinto disco solo de Callado, um álbum com muitos riffs de guitarra e uma poética que busca nas águas do mar, nas pausas e silêncios, no ócio e na saudade a força para seguir em frente. Vamos com ele!


EDU K – “VACINADO NO BUM BUM”: Desde os anos 80 que Edu K está à frente da banda mais anárquica de todo o cenário musical brasileiro, o sensacional DeFalla. Isolado na pandemia, Edu K produziu, arranjou, tocou, escreveu e cantou todas as faixas de seu novo disco solo (além de assinar as artes das capas dos singles e todos os videoclipes do projeto), “Vacinado no Bum Bum”, um libelo pró-vacinação, anti-fascismo e a favor da putaria total e irrestrita, pero com muita empatia, ternura e amor ao próximo. Lançamento do não menos sensacional selo Maxilar, de Gabriel Thomaz (Autoramas).


NASI & OS SPOILERS – “EP”: Ele é vocalista de uma das bandas mais amadas do rock brasileiro dos anos 80, o Ira!, e nos 90 se enveredou por um projeto elogiado de blues até mergulhar na carreira solo. Agora, Nasi está de volta com uma nova banda, os Spoilers, quarteto que já chega com um EP de seis faixas que conta com a participação especial de Steve White (Style Council e Paul Weller) na bateria no single “Feedback” e do baterista do Libertines, Gary Powel, nas faixas “Te Odeio” e “Ogum”. É rock cru, direto, honesto e bem tocado.


CASA DAS MÁQUINAS – “BRILHO NOS OLHOS”: Um dos principais nomes do rock progressivo brasileiro, que começou sua carreira em 1973, retornou em abril com um disco totalmente inédito após 46 anos! A Casa das Máquinas lançou “Brilho nos Olhos” pelo selo mítico goiano Monstro Discos. Além do álbum, que ganhou lançamento em vinil, a banda lançou também um compacto em vinil 7 polegadas com mais uma música extra: o single “Recomeçar”. Os dois (vinil e compacto) estão disponíveis na loja online do selo.


TREMA¨ – “BR LOCKDOWN”: Guitarrista, compositor e produtor conhecido na cena indie brasileira, Lucas Lippaus reúne um time vasto de colaboradores em “BR Lockdown”, pungente disco de estreia do projeto trema¨, que vai do punk ao experimental e ao indie rock trazendo a companhia de integrantes de bandas conhecidas como Supercordas, In Venus, Bratislava, Giallos, Twinpine(s), Deafkids e Crime Caqui, entre outras. Um álbum urgente com 11 músicas e quase 12 minutos de duração. “Gosto muito do efeito ‘tiro’, algo direto ao ponto e rápido, e que causa um baque num primeiro contato a ponto de precisar repetir a experiência para melhor absorção”, explica Lippaus. Para fechar o pacote, o projeto trema¨ ainda conta com 11 videoclipes, um para cada faixa, todos eles produções da Bad Chinchilla, assinados por Fábio Salvador e Paulo Valentim. Assista aqui!


OCUPAÇÃO LIA DE ITAMARACÁ: Doutora Honoris Causa, pela Universidade Federal de Pernambuco. Agraciada com a Ordem do Mérito Cultural pelo Ministério da Cultura, honraria que recebeu das mãos do então ministro Gilberto Gil. Diva da música negra, epiteto cunhado pelo jornal The New York Times. A rainha da ciranda, como apresenta seu álbum de estreia, de 1977. Maria Madalena Correia do Nascimento, mais conhecida como Lia de Itamaracá, é cantora de cirandas desde os anos 1960, e chega aos 78 anos como tema de uma exposição imperdível no Itaú Cultural, em São Paulo (que também pode ser vista online), contando sua história, falando de suas inspirações e de sua música. Estivemos também nos shows de lançamento do evento e contamos aqui como foi.


“MEDIDA PROVISÓRIA”, DE LAZÁRO RAMOS: Em um futuro próximo distópico no Brasil, um governo autoritário ordena que todos os cidadãos afrodescendentes se mudem para a África – criando caos, protestos e um movimento de resistência clandestino que inspira a nação. Esse é o ponto de partida de um dos grandes sucessos do cinema brasileiro em 2022, “Medida Provisória”, do ator e diretor Lázaro Ramos, um filme que foi boicotado pelo governo brasileiro, mas que encontrou força no público, que marcou presença nas salas de cinema ampliando o alcance de salas do filme, e sua permanência em cartaz. O jornalista Renan Guerra escreveu sobre “Medida Provisória” para o Scream & Yell. Abaixo você assiste ao trailer.


A VOLTA DOS EVENTOS PRESENCIAIS: Os eventos presenciais voltaram com toda força em todo o território brasileiro, e o Scream & Yell esteve intensamente presente em shows e festivais. Neste fio de posts no Twitter reunimos alguns dos registros, em texto e fotos, que fizemos das passagens de Kiss e Molchat Doma pelo país além de contar como foram os shows de Maria Bethânia, Duda Beat, Vanguart e o retorno dos festivais Breve (Belo Horizonte), Carambola (Maceió), Balaclava (São Paulo) e do Circuito Musical Verão 22 (em Salvador), além do Fervo de Carnaval (Recife), o qual você pode sentir o clima no vídeo abaixo.


“¡UNAN TODO!” – ALIANÇA FARO: Com mais dois singles lançados em abril (“Colibri” e “Somewhere”) e, finalmente, o EP completo chegando no começo de maio, o primeiro lançamento da Aliança Faro já está disponível no Spotify: “¡Unan Todo!” une artistas brasileiros com músicos da Colômbia, Argentina, Venezuela, Uruguai e México e também pode ser baixado em MP3 gratuitamente aqui. Se você quiser saber como o disco é, faixa a faixa, o produtor Leonardo Vinhas apresenta todas as canções no Scream & Yell. Se existe gente disposta a quebrar tudo, nós estamos aqui para juntar.

LEIA OS PANORAMAS ANTERIORES DA FARO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.