Lou Reed, David Bowie e Elvis Costello

500 Toques Por Marcelo Costa

“Live”, Lou Reed and The Velvet Underground (Music Brokers)
Em 1969, o Velvet fez uma excursão nos EUA e Canadá que resultou no álbum duplo “Live”, lançado só em 1974. São gravações toscas, mas que transpiram emoção. Já em dezembro de 1972, com o álbum “Transformer” debaixo do braço, Lou fez um show em Nova York que se transformou em “American Poet”, um de seus bootlegs mais famosos. Este CD duplo “Live” junta 9 das 19 canções dos shows de 1969 mais quase a integra de “American Poet” (só faltou “Rock’n’Roll”), ambos inéditos no Brasil. A lenda sobrevive.
Preço em Média: R$ 39 (lançamento nacional)
Nota: 8

Leia também:
– “Berlin Live At St, Ann’s Warehouse”, Lou Reed, por Marcelo Costa (aqui)
– Lou Reed ao vivo em Málaga, Espanha, por Marcelo Costa (aqui)

“Space Oddity (40th Anniversary Edition)”, David Bowie (EMI)
Eis um cara que sabe ganhar dinheiro com música. Depois de edições especiais/essenciais dos álbuns “Ziggy Stardust”, “Aladdin Sane”, “Diamond Dogs” e “Young Americans”, agora é a vez de chegar às lojas uma versão caprichada de “Space Oddity”, que traz um extenso encarte detalhista mais um CD bônus com 15 números extras, oito deles nunca lançados. Destaque para a versão demo da faixa título que – via vocal – marca a transição exata do Bowie dos singles de 66 para o homem que caiu na terra, em 70.
Preço em média: R$ 75 (importado)
Nota: 9

Leia também:
– “Live Santa Monica ‘72″, David Bowie, por Marcelo Costa (aqui)

“Live at The El Mocambo”, Elvis Costello (Universal)
Março de 1978. Elvis Costello baixa no Canadá com os Attractions para divulgar seus dois primeiros discos (“My Aim Is True” e “This Years Model”). Um show incendiário transmitido por uma rádio ganha versão em vinil no mesmo ano, apenas como item promocional. Anos depois engorda o box “2 ½ Years” (1993) e retorna só agora às lojas mostrando o quão poderoso pode ser o rock and roll. O trio detona versões de “Pump It Up”, “Radio, Radio”, “Watching the Detectives” e mais 11 cacetadas em um show memorável.
Preço em média: R$ 35 (importado)
Nota: 10

Leia também:
– “Secret, Profane and Sugarcane”, Elvis Costello, por Marcelo Costa (aqui)
– “This Years Model – Deluxe”, Elvis Costello, por Marcelo Costa (aqui)

8 thoughts on “Lou Reed, David Bowie e Elvis Costello

  1. Artistas essenciais tem mesmo o direito de mexer no baú e trazer à luz canções que, à época, não foram aproveitadas nos discos originais. O Space Oddity eu tenho a versão de 1990, em vinil, e o do Elvis Costello, tenho em mp3 mesmo, pois é um bootleg famoso. O do Lou Reed, vou correr atrás e sei que vai valer a pena! Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.