Meu disco favorito de 2020: Bob Mould

MEU DISCO FAVORITO DE 2020 #13
“Blue Hearts”, Bob Mould
escolha de Janaína Azevedo

Artista – Bob Mould
Álbum – “Blue Hearts”
Lançamento – 25/09/2020
Selo – Merge Records

Pouco antes de completar 60 anos de vida, Bob Mould apareceu nos meus aplicativos de música berrando: “eu nunca pensei que ia ver esta merda de novo”. Era “American Crisis”, o primeiro single de seu disco novo, “Blue Hearts“.

Bob Mould cansado de seu país. Puto com o presidente. De saco cheio do moralismo hipócrita e dos preconceitos. Indignado com o retrocesso. Mandando tudo pelos ares. Foi impossível não se identificar.

E inevitável pensar: “ele podia estar aposentado, de chinelo de lã, aproveitando a quarentena em casa depois de tantos serviços prestados, mas não, ainda tá aí, parindo um disco punk em pleno 2020″.

É porque o mundo não para de dar motivos. De observar as cinzas e fumaça que via da janela de casa em São Francisco durante as queimadas da Califórnia, Bob Mould escreveu “Heart on the Sleeve”, a faixa que abre o disco.

Ou de se aceitar como um homem gay, saído do armário a contragosto em 1994, em uma entrevista para a Spin, e enfrentar a homofobia veio “Siberian Butterfly”, single empolgante que ganhou um clipe cheio de cores.

“Blue Hearts” é feito das neuroses e ansiedades de viver no mundo de 2020. Tudo devidamente embalado no punk ora furioso, ora emotivo, que já conhecemos muito bem de suas bandas históricas. Décadas estão se passando, e ele segue um dos melhores nisso.

Pouco mais de um mês depois de “Blue Hearts” sair, o país de Bob Mould conseguiu dar uma guinada. Não sabemos ainda se a crise americana vai acabar, mas o futuro parece promissor por lá.

Após atacar o mundo em seu último disco, ele agora está otimista, ansioso pelo que vem pela frente, como disse ao Guardian .Eu considero isso um bom presságio.

“‘Blue Hearts’ foi escrito como um alerta terrível, mas será uma celebração louca se a gente conseguir chegar no outro lado. Eu tô ansioso pela festa“.

Todos estamos, Bob.

– Janaina Azevedo (fb/janaisapunk) é jornalista e colabora com o Scream & Yell desde 2010.

TODOS OS DISCOS FAVORITOS DE 2020 ESTÃO AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.