APCA lista os 50 melhores discos de 2020

O júri da APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) definiu a lista com os 50 melhores álbuns lançados em 2020 e também os indicados em três outras categorias. Os indicados foram selecionados por Adriana de Barros (editora do site da TV Cultura e colunista do Terra), Alexandre Matias (Trabalho Sujo), José Norberto Flesch (youtube.com/JoseNorbertoFlesch), Marcelo Costa (Scream & Yell), Pedro Antunes (colunista do UOL e Tem um Gato na Minha Vitrola) e Roberta Martinelli (Radio Eldorado e TV Cultura).

Para este ano de pandemia, o júri optou por focar em quatro categorias: Artista do Ano, Revelação, Melhor Live e Disco do Ano. A Associação irá se reunir virtualmente no próximo dia 18 de janeiro para escolher os melhores de 2020 entre os indicados! A data da cerimônia de Premiação referente aos Melhores de 2020 ainda será marcada, devendo ocorrer no primeiro trimestre de 2021, em formato híbrido virtual a ser definido. Os indicados pelo júri de Música Popular podem ser conferidos abaixo! 

MELHOR ARTISTA 2020
– Caetano Veloso
– Emicida
– Luedji Luna
– Mateus Aleluia
– Teresa Cristina

ARTISTA REVELAÇÃO 2020
– Flora – “A Emocionante Fraqueza dos Fortes
– Gilsons – “Várias Queixas
– Guilherme Held – “Corpo Nós
– Jadsa e João Milet Meirelles – “Taxidermia vol 1“.
– Jup do Bairro – “Corpo sem Juízo

MELHOR LIVE 2020
Arnaldo Antunes e Vitor Araujo (03/10)
– Caetano Veloso (07/08)
Emicida (10/05)
Festival Coala – Coala.VRTL 2020 (12 e 13/09)
Teresa Cristina (Todas as Noites)

TOP 50 DISCOS APCA 2020
Adriana Calcanhotto – “Só” (resenha no Scream & Yell)
ÀIYÉ – “Gratitrevas” (entrevista no Scream & Yell)
André Abujamra – “Emidoinã – a Alma de Fogo”
André Abujamra e John Ulhoa – “ABCYÇWÖK”
Arnaldo Antunes – “O Real Resiste”
Baco Exu do Blues – “Não Tem Bacanal na Quarentena”
Beto Só – “Pra Toda Superquadra Ouvir” (entrevista no Scream & Yell)
BK – “O Líder Em Movimento”
Bruno Capinam – “Leão Alado Sem Juba”
Bruno Schiavo – “A vida Só Começou” (entrevista no Scream & Yell)
Cadu Tenório – “Monument for Nothing”
Carabobina – “Carabobina”
Cícero – “Cosmo”
Daniela Mercury – “Perfume”
Deafkids – “Ritos do Colapso 1 & 2”
Djonga – “Histórias da Minha Área”
Fabiana Cozza – “Dos Santos”
Fernanda Takai – “Será Que Você Vai Acreditar?” (entrevista no Scream & Yell)
Fran e Chico Chico – “Onde?”
Giovani Cidreira e Mahau Pita – “Manomago” (entrevista no Scream & Yell)
Guilherme Held – “Corpo Nós” (faixa a faixa no Scream & Yell)
Hiran – “Galinheiro” (faixa a faixa no Scream & Yell)
Hot e Oreia – “Crianças Selvagens”
Ira! – “IRA”
Joana Queiroz – “Tempo Sem Tempo”
Jonathan Tadeu – “Intermitências”
Josyara e Giovani Cidreira – “Estreite” (entrevista no Scream & Yell)
Julico – “Ikê Maré”
Jup do Bairro – “Corpo sem Juízo” (faixa a faixa no Scream & Yell)
Kiko Dinucci – “Rastilho”
Letrux – “Letrux aos Prantos” (resenha no Scream & Yell)
Luedji Luna – “Bom Mesmo É Estar Debaixo D’água”
Mahmundi – “Mundo Novo”
Marcelo Cabral – “Naunyn”
Marcelo D2 – “Assim Tocam Meus Tambores”
Marcelo Perdido – “Não Tô Aqui Pra Te Influenciar”
Mateus Aleluia – “Olorum” (resenha no Scream & Yell)
Negro Leo – “Desejo de Lacrar”
Orquestra Frevo do Mundo – “Orquestra Frevo do Mundo” (entrevista no Scream & Yell)
Pedro Pastoriz – “Pingue-Pongue com o Abismo” (entrevista no Scream & Yell)
Rico Dalasam – “Dolores Dala Guardião do Alívio” (entrevista no Scream & Yell)
Sepultura – “Quadra” (entrevista no Scream & Yell)
Seu Jorge & Rogê – “Seu Jorge & Rogê”
Silvia Machete – “Rhonda” (resenha no Scream & Yell)
Tagua Tagua – “Inteiro Metade’
Tantão e os Fita – “Piorou”
Tatá Aeroplano – “Delírios Líricos”
Thiago França – “KD VCS”
Wado – “A Beleza que Deriva do Mundo, mas a Ele Escapa”
Zé Manoel – “Do Meu Coração Nu” (resenha no Scream & Yell)

Leia também:
– Veja como foi a premiação da Associação Paulista dos Críticos de Arte em 2014 (aqui)
– Premiados APCA: 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 20172018 e 2019

3 thoughts on “APCA lista os 50 melhores discos de 2020

  1. …q bom q a arte, continua superando (o quê de fato, SEMPRE foi e é O INSTRUMENTO da preservação da sanidade humana), e nos trazendo alívio nesses momentos de pandemia… PARABÉNS a todos os indicados, por alimentar almas!…em especial, à Mateus Aleluia, a quem aprecio
    particularmente, de
    perto… e me fortalece! Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.