20 discos que completam 20 anos em 2017

por Marcelo Costa

Dando sequencia a série Scream & Yell Discos, parceria com a produtora Casa Inflamável, que rememora (e comemora) datas de aniversário marcantes de lançamentos de discos e que começou com os discos com 50 anos (1967) e se seguiu com 40 discos com 40 anos (1977) e 30 discos com 30 anos (1987), agora é a vez de relembrar a poderosa safra de 1997, dificultando um pouco mais a seleção com um total de 20 discos que estão completando (muitos já completaram) 20 anos de lançamento em 2017.

Se eles escolher 50 discos de 1967 já não sou fácil e 30 discos de 1987 parecia impossível, 20 discos de 1997 é quase uma tortura: a lista começou com quase 40 discos, e fui cortando, cortando, cortando até chegar a… 30. E como excluir 10 de uma lista que já parecia completa? Seguimos em frente e a lista abaixo reflete apenas a opinião do editor do Scream & Yell, o que, por outro lado suscita a oportunidade dos comentários dos leitores e suas listas próprias, que irão lançar luz sobre muitos álbuns que ficaram de fora.

Por exemplo: será que “Album of the Year”, do Faith no More, não merecia uma vaga no Top 20? E “Zaireeka”, o disco quadruplo do Flaming Lips que só poderia ser ouvido integralmente se tocado em quatro CDs players simultâneos? “Dots And Loops” é um grande disco do Stereolab e “Dig Me Out” um dos melhores do Sleater-Kinney. Merecem? E que tal “Flaming Pie”, de Paul McCartney? E o segundo do Portishead? E “Isola”, um grande disco do Kent? E “The Mollusk”, do Ween, merecia entrar? E o EP “A Short Album About Love”, do The Divine Comedy? E o “Pop”, do U2? Se qualquer um deles entrasse no Top 20, qual sairia?

E na lista nacional, a estreia do Só Pra Contrariar merece entrar no Top 20? No lugar de “Livro”, do Caetano? E os “MTv ao Vivo” de Titãs e Gal Costa, valem mesmo sendo discos ao vivo? Alguém se lembra de “Nascimento”, do Milton? E de “Ao Cair da Tarde”, de Ney Matogrosso? E o último disco de estúdio da carreira do Tim Maia? E a grande estreia do Virgulóides? 1997 também é ano de “Todomundo”, segundo álbum de Vinny (isso mesmo: “Heloisa Mexe a Cadeira” está completando 20 anos!). Abaixo assista ao programa e confira o meu Top 20 pessoal, nacional e gringo. E deixe o seu Top 3 (ou, se estiver animado(a)), o seu Top 20.

01. Spiritualized – “Ladies and Gentlemen We’re Floating in Space” – 16/06
02. Radiohead – “OK Computer” – 16/06
03. Nick Cave & The Bad Seeds – “The Boatman’s Call” – 02/03
04. The Verve – “Urban Hymns” – 29/09
05. Buena Vista Social Club – “Buena Vista Social Club” – 16/09
06. Mogwai – “Young Team” – 27/10
07. Bob Dylan – “Time Out of Mind” – 30/09
08. Elliott Smith – “Either / Or” – 25/02
09. The Chemical Brothers – “Dig Your Own Hole” – 07/04
10. Prodigy – “The Fat of the Land” – 30/06
11. Blur – “Blur” – 10/02
12. Pavement – “Brighten The Corners” – 11/02
13. Oasis – “Be Here Now” – 21/08
14. Super Furry Animals – “Radiator” – 25/08
15. Yo La Tengo – “I Can Hear the Heart Beating as One” – 22/04
16. Foo Fighters – “The Colour and the Shape” – 20/05
17. Supergrass – “In It for the Money” – 21/04
18. Teenage Fanclub – “Songs From the Northern Britain” – 29/07
19. Gorky’s Zygotic Mynci – “Barafundle” – 07/04
20. Björk – “Homogenic” – 22/09

01. Racionais MC’s – “Sobrevivendo no Inferno”
02. Júpiter Maçã – “A Sétima Efervescência”
03. Devotos – “Agora Tá Valendo”
04. Charlie Brown Jr. – “Transpiração Contínua Prolongada”
05. Planet Hemp – “Os Cães Ladram mas a Caravana Não Pára”
06. Ratos de Porão – “Carniceria Tropical”
07. Ed Motta – “Manual Prático para Festas, Bailes e Afins”
08. Vitor Ramil – “Ramilonga – A Estética do Frio”
09. Lenine – “O Dia em Que Faremos Contato”
10. É o Tchan – “É o Tchan do Brasil”
11. Karnak – “Universo Umbigo”
12. Cassia Eller – “Veneno AntiMonotonia”
13. Engenheiros do Hawaii – “Minuano”
14. Banda Eva – “Banda Eva Ao Vivo”
15. Herbert Vianna – “Santorini Blues”
16. Lulu Santos – “Liga Lá”
17. Legião Urbana – “Uma Outra Estação”
18. Rita Lee – “Santa Rita de Sampa”
19. Caetano Veloso – “Livro”
20. Gabriel o Pensador – “Quebra-Cabeça”

– Marcelo Costa (@screamyell) edita o Scream & Yell e assina a Calmantes com Champagne

17 thoughts on “20 discos que completam 20 anos em 2017

  1. eu entrei nessa lista só de olho pra ver se a Björk estaria ali, fico aliviado que ela sobreviveu aos cortes, rs. eu realmente colocaria o disco do Sleater-Kinney no meu top 10, pois eu acho o “Dig Me Out” o melhor delas. enfim, uma coisa: acredito que o de 1997 do Portishead, é o segundo disco deles, o primeiro é o “Dummy”, de 1994, não?

    sobre os nacionais, concordo com quase tudo, especialmente esse banda Eva aí na lista hahaha e fiquei chocado que o “Ramilonga” já tá fazendo 20 anos!

  2. Meu TOP 5

    Internacional

    1 -Radiohead – “OK Computer”
    2- Prodigy – “The Fat of the Land”
    3- Buena Vista Social Club – “Buena Vista Social Club” – 16/09
    4 – The Verve – “Urban Hymns”
    5- The Chemical Brothers – “Dig Your Own Hole”

    Nacional

    1- Racionais MC’s – “Sobrevivendo no Inferno”
    2- Lenine – “O Dia em Que Faremos Contato”
    3- Charlie Brown Jr. – “Transpiração Contínua Prolongada”
    4- Karnak – “Universo Umbigo”
    5- Planet Hemp – “Os Cães Ladram mas a Caravana Não Pára”

    06. Ratos de Porão – “Carniceria Tropical”
    07. Ed Motta – “Manual Prático para Festas, Bailes e Afins”
    08. Vitor Ramil – “Ramilonga – A Estética do Frio”

    10. É o Tchan – “É o Tchan do Brasil”

  3. os que mais ouvi, e não em ordem:

    Oasis – Be Here Now
    The Verve – Urban Hymns
    Offspring – Ixnay On The Hombre
    Green Day – Nimrod
    Faith No More – Album Of The Year
    Raimundos – Lapadas do Povo
    Metallica – Reload

    faltou citar: Quebra-Cabeça do Gabriel, O Pensador
    2345meia78 e Cachimbo da Paz bombaram na MTV!!!

  4. Ótima lista. Os que não vi aí, que pessoalmente gosto bastante:
    1 – Lifetime – Jersey’s Best Dancers
    2 – Hot Water Music – Forever and Counting
    3 – Zeca Pagodinho – Hoje é Dia de Festa
    4 – Company Flow – Funcrusher Plus
    5 – Notorious B.I.G. – Life After Death
    6 – Pennywise – Full Circle
    7 – NOFX – So Long and Thanks For All The Shoes
    8 – The Promise Ring – Nothing Feels Good
    9 – Refused – Songs to Fan the Flames of Discontent
    10 – The Dismemberment Plan – Is Terrified

  5. Realmente foi um excelente ano para o pop internacional, a MTV entrava no que considerosua melhor fase, vc ligava na emissora e tinha trabalhos do Spike Jonze e Michel Gondry a cada par de minutos.

    Radiohead, Nick Cave, Blur, Chemical Brothers, Pavement, Primal Scream, Mogwai e principalmente Bjork, laçando discos fundamentais.

    Agora, a pop nacional já era de chorar de tão ruim, com lumiares como CBjr (pior banda de todos os tempos), Banda Eva e o Tchan, até o Mano Brown andou fazendo um mea culpa quanto ao Racionais dessa época.

  6. 1. Bob Dylan Time out of Mind
    2. Luiz Tatit Felicidade
    3. Novos Baianos Infinito Circular
    4. Fagner Terral
    5. O Grande Encontro Vol.2
    6. Quinteto Violado Canta Vandré
    7. The Seahorses Love is the Law
    8. Chico Buarque TERRA
    9. Lenine O Dia em que Faremos Contato
    10. Radiohead Ok Computer
    11. Buena Vista Social Club
    12. Zé Ramalho Antologia Acústica
    13. The Verve Urban Hymms
    14. Iron Savior
    15. Chico Science e Nação Zumbi Afrociberdelia
    16. Spiritualized Ladies and Gentlemen
    17. U2 Pop
    18. Gilberto Gil Quanta
    19. Monaco Music for Pleasure
    20. Boca Live 20 anos Convida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.