Três cervejas da Nøgne Ø (Parte 5)

nogne3.jpg

por Marcelo Costa

Minha décima terceira Nøgne Ø, esta Imperial Brown Ale nasceu em 2006, fruto de uma colaboração entre os noruegueses da Nøgne Ø com os dinamarqueses da microcervejaria Nørrebro, de Copenhague – que continuam produzindo-a sob o nome de Double Knot Brown. A receita da turma de Grimstad une trigo e cinco maltes (Maris Otter, Munique, Caramel, Brown e Amber) com três lúpulos (Columbus, Chinook e East Kent Golding) mais levedura inglesa e água local. De bela coloração âmbar com creme bege de boa formação e média alta permanência, a Nøgne Ø Imperial Brown Ale apresenta um aroma maltado, com doçura caramelada e sugestão de tosta (remetendo a café) em primeiro plano. Na retaguarda, leve toque de frutas escuras (nozes), toffee e especiarias. Na boca, textura levemente frisante. O primeiro toque exibe rápida doçura logo encoberta por toffee e amargor eficiente, abrindo as portas para um conjunto que une caramelo e chocolate com toffee, café e frutas secas. Nenhum sinal na taça dos 7.5% de álcool. O final é maltado e levemente amargo (de café). No retrogosto, amargor (suave) de café mais nozes e caramelo.

nogne2.jpg

Vinda na mala da volta da viagem à Escandinávia em 2014, a Nøgne Ø Imperial Stout exibe uma receita que une cevada torrada, aveia mais quatro maltes (Maris Otter, Munich, Black e Chocolate), dois lúpulos (Columbus e Crystal), levedura inglesa e água de Grimstad. A cor é preta, preta e preta. O creme é bege com uma formação e retenção muito boas para o estilo. No nariz, tudo aquilo que uma Imperial Stout tem de melhor: malte torrado mandando notas de café, chocolate amargo, frutas escuras (ameixa e uva passa), cacau e alcaçuz. Assim que ela começa a aquecer na taça, os 9% de álcool começam a dar as caras trazendo consigo algo de cinzas e tabaco. Na boca, a textura é levemente sedosa e picante. No primeiro toque, doçura de chocolate amargo, que intensifica (junto ao álcool) o amargor (são 70 de IBU), ainda que a sequencia seja extremamente aconchegante (ainda que alcoólica) com doçura (chocolate, baunilha), frutado (alcaçuz e ameixas), amargo (café torrado), defumado e… groselha (ou algo muito interessante que remete a frutas vermelhas). O final… só melhora: amargor de café, doçura de chocolate, frutado, álcool… e no retrogosto, tudo isso e frutas vermelhas. <3

nogne1.jpg

Também vinda na mala da volta da viagem à Escandinávia em 2014, a Nøgne Ø Imperial Stout Barred Aged 2012 é uma série sazonal dos noruegueses, que separaram um lote de Imperial Stout para envelhece-lo em barris antes usados para envelhecer conhaque, melhorando o que já era sensacional. A cor continua preta, preta e preta. O creme é um bege mais denso que na versão tradicional, mantendo a caprichada formação e retenção. No nariz, o aroma mantém as principais notas da versão original (café, chocolate amargo, frutas escuras, ameixa, uva passa, cacau e alcaçuz), mas aconchegada em deliciosas notas alcoólicas que acrescentam, de forma discreta, sugestão de conhaque, tabaco e madeira. Na boca, a textura é quente, picante. O primeiro toque traz conhaque seguido de chocolate amargo e açúcar queimado. Tanto o álcool quanto o malte torrado auxiliam no aumento do amargor (o IBU aqui chega a 75), que, ainda assim, é equilibrado, e abre as portas para um conjunto soberbo com doçura (chocolate), frutado (alcaçuz), amargo (café torrado), açúcar queimado e frutas vermelhas, mais presentes aqui. O final é delicioso, melado e alcoólico. No retrogosto, caramelo queimado e álcool <3.

nogne4.jpg

Balanço
Abrindo o quinto passeio por cervejas dos noruegueses da Nøgne Ø com o pé direito: Imperial Brown Ale da casa é excelente, com equilíbrio elogiável entre doçura, amargor e especiarias, formando um conjunto bastante interessante – e até um pouco arisco, o que é bom. Vale muito experimentar. Trazida na mala de uma viagem para Oslo, a Nøgne Ø Imperial Stout compensou o peso nos braços já que é uma cerveja sensacional, ofertando diversas sensações ao bebedor, principalmente na passagem para a temperatura ambiente, quando algo que remete a frutas vermelhas se junta a um conjunto exemplar. Excelente. Fechando o trio de maneira ainda melhor: a versão Barred Aged 2012 da Nøgne Ø Imperial Stout consegue deixar a versão original ainda mais deliciosa, com sabores mais destacáveis e álcool mais presente. Uma delícia.

nogne5.jpg

Nøgne Ø Imperial Brown Ale
Estilo: Brown Ale
Nacionalidade: Noruega
Graduação alcoólica: 7,5%
Nota: 3,54/5
Preço pago em São Paulo: R$ 29 – 500 ml

Nøgne Ø Imperial Stout
Estilo: Imperial Stout
Nacionalidade: Noruega
Graduação alcoólica: 9%
Nota: 4,06/5
Preço pago em Oslo: R$ 29 – 500 ml

Nøgne Ø Imperial Stout Barred Aged 2012
Estilo: Imperial Stout
Nacionalidade: Noruega
Graduação alcoólica: 9%
Nota: 4,14/5
Preço pago em Oslo: R$ 22 – 250 ml

nogne6.jpg

Leia também
– Top 1001 Cervejas, por Marcelo Costa (aqui)
– Leia sobre outras cervejas (aqui
– Sobre todas as cervejas da Nøgne Ø neste blog (aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.