Mojo Book Comix 001: “Strawberry Fields Forever”, dos Beatles, por Dennis Anderson, Ednei Araújo e Jean Okada

15 anos atrás, Danilo Corci e Ricardo Giassetti decidiram fazer uma pergunta: e se um disco virasse literatura? Nascia a Mojo Books, primeira editora 100% digital do Brasil, que de dezembro de 2006 até dezembro de 2012 explorou de maneira diversificada essa possibilidade, lançando mais de 130 volumes de livros inspirados em discos.

O Scream & Yell tem a honra de republicar os livros da Mojo buscando manter o acervo da editora online (enquanto também estivermos online). Toda segunda, um livro novo sobre um disco! E além das versões Mojo Books dos álbuns (com os 20 primeiros republicados aqui), a editora tamnbém lançou versões de livros sobre singles e até uma série Mojo Book Comix, com histórias em quadrinhos sobre canções!

O primeiro volume dessa série Comix foi “Strawberry Fields Forever”, dos Beatles, recontados no formato HQ por Dennis Anderson (texto), Ednei Araújo (texto) e Jean Okada (arte)! Escrita por John Lennon (mas assinada Lennon/McCartney), a canção lançada como single em fevereiro de 1967 foi inspirada nas lembranças do beatle a brincar no jardim de Strawberry Field, um orfanato do Exército da Salvação próximo de onde ele morava. Esse Mojo Book Comix foi lançado originalmente em janeiro de 2008!  Baixe o PDF ou leia online!

BAIXE O MOJO BOOK COMIX 001 EM PDF AQUI

O que você está para ler foi escrito em 1991. Era o epílogo de uma história em quatro partes. O conceito por trás de tudo era que cada parte da História fosse baseada em uma música diferente, com “The Reflex”, do Duran Duran (!), permeando toda a narrativa. Éramos Mojos já naquela época. A primeira parte era do Delfin, com “Helter Skelter”, depois o Giassetti com R.E.M., depois Yon Berry e Theo Ide. E e Ednei e eu (Dennis) deveríamos concluí-la. Só que o Yon terminou a terceira parte fazendo o personagem se suicidar, se jogando de uma torre. Legal o cara, né? E nós tínhamos dezesseis páginas pra basicamente matar o cidadão. Na época, eu estava bastante impressionado com a fase pós-Revolver dos Beatles, e “Strawberry Fields Forever” era minha música de cabeceira. Mergulhamos de cabeça na psicodelia pra terminar a história. Sabe Deus o que a gente andava cheirando naquela época… fumaça de ônibus, talvez. Mas é algo de que eu particularmente me orgulho até hoje. Peço desculpas por algumas piadas de mau gosto e pela infantilidade da narrativa. Reflexos do menino de 20 anos que admirava Chris Claremont e queria um lugar ao sol. Reflexos que sabiamente foram preservados para que a integridade da história fosse mantida. Só me resta agradecer aos Mojos Ricardo Giassetti, Danilo e Delfin, e a todo mundo que resolveu acreditar nesse trabalho. Thank you very much. De coração. Agora, coloque “Magical Mystery Tour” pra tocar e deixe-me levá-lo, pois estou indo pra Strawberry Fields. E cuidado: nada é real.

BAIXE O MOJO BOOK COMIX 001 EM PDF AQUI

Conheça e faça o download dos Mojo Books anteriores

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.