Ao vivo: The Vibrators mostra clássicos punk no Showlivre

Introdução por Marcelo Costa

Uma das bandas icônicas do punk rock britânico, formada em Londres em 1976 e ainda na ativa, o Vibrators fez uma extensa turnê por oito países da América Latina em maio e junho de 2019 (incluindo sua terceira passagem pelo Brasil), mostrando clássicos do punk como também canções mais novas. Em São Paulo, entre as atividades do trio estava uma apresentação ao vivo no Showlivre, que contou com 10 músicas.

Com apenas o baterista John ‘Eddie’ Edwards da formação original, muito bem acompanhado pelo guitarrista Nigel Bennett (que entrou na banda em 1988) e pelo baixista finlandês Pete Honkamaki, o Vibrators tocou quatro canções do clássico “Pure Mania” (1977), eleito um dos 50 álbuns mais importantes do punk rock, duas do segundo disco, “V2” (1978), o single “Disco in Mosco” (1980), além de duas faixas de 2017.

Respondendo a uma das questões de Clemente (líder dos Inocentes e apresentador do programa), o baterista Eddie contou que a longevidade da banda tem a ver com o circuito em que ela atua, que não está na grande mídia, mas é formado por um público bastante fiel, que vai aos shows e compra os discos e os incentiva a seguir em frente: “Esse espirito underground mantém a chama acesa”, ele acredita.

Eddie também falou sobre o guitarrista Ian ‘Knox’ Carnochan, que não está mais tocando regularmente com a banda, mas continua por perto: “A idade pesou (Knox completa 73 anos em setembro de 2019), mas ele continua escrevendo músicas para o Vibrators, participou do disco ‘Past, Present and Into the Future’ (2017), e quando o Vibrators toca em Londres, ele aparece e dá uma canja”.

Abaixo, você assiste a apresentação do Vibrators na integra. Este show também está disponível em áudio nas plataformas digitais!

Set List: Vibrators no ShowLivre
01) Bad Time (“Pure Mania”, 1977)
02) Whips and Furs (“Pure Mania”, 1977)
03) Automatic Lover (“V2”, 1978)
04) Troops of Tomorrow (“V2”, 1978)
05) U238 (“Meltdown”, 1988)
06) Loose Change (“Past, Present and Into the Future”, 2017)
07) Strange Never (“Past, Present and Into the Future”, 2017)
08) Baby Baby (“Pure Mania”, 1977)
09) Disco in Mosco (single 1980)
10) Pure Mania (‘Pure Mania”, 1977)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.