Download: Baixe a coletânea “Volume 11”

por Marcelo Costa

Em novembro de 2016, o Dubstudio, um estúdio de ensaio e gravação inaugurado em 2005 no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre, lançou um vinil que inclui 11 bandas da cena rock contemporânea de Porto Alegre para comemorar 11 anos de atividade da casa pela qual já passaram, entre tantos, Julio Reny, Os Replicantes, Wander Windner, Bidê ou Balde, Ultramen, Walverdes, Space Rave, Bixo da Seda, De Falla e Tenente Cascavel (com remanescentes das bandas TNT e Cascaveletes).

Lançada em vinil, à venda por R$ 55 no Facebook da Dubstudio (peça o seu aqui), com arte classuda (a capa traz um stencil de Luis Flavio Trampo), a coletânea “Volume 11” segue a linhagem histórica de coletâneas tão importantes para a cena local quanto “Rock Garage” (1984 – com Taranatiriça, Garotos da Rua, Os Replicantes, Urubu Rei e Fluxo, o embrião do De Falla, entre outros), “Rock Grande do Sul” (1986 – que ganhou um documentário de 30 anos. Assista) e “Assim na Terra Quanto no Céu” (1991).

São 11 canções inéditas de gente como Os Replicantes, Monstro Motor, Space Rave, Walverdes, Gangue Dinamite, Motorcavera, Loomer, Lautmusik, Dating Robots, Geriatrio e Planondas. Na seleção tem até banda que nasceu no estúdio. “Como a Monstro Motor, por exemplo, que tem integrantes dos Replicantes, Space Rave, Dating Robots e She’s OK”, conta Fabio Gabardo, produtor do álbum. O Scream & Yell, em parceria com o Dubstudio, disponibiliza o álbum em MP3 para download gratuito. Se quiser o vinil, fala com eles! Abaixo, Fabio fala um pouco mais sobre o projeto!

DOWNLOAD GRATUITO DO DISCO AQUI (VIA MEDIAFIRE)

Como surgiu a ideia do álbum “Volume 11”?
No final de 2015 estávamos gravando umas 5 bandas aqui no estúdio e pensamos em lançar em conjunto uma caixa com EPs das cinco bandas, mas diante dos custos de produção do material as bandas forma desistindo, então o Heron Heinz, dos Replicantes, sugeriu fazer uma coletânea aos moldes dos anos 80, quando lançaram em Porto Alegre as coletâneas de rock gaúcho que evidenciaram as bandas daqui pro resto do país. Então começamos a escolher mais algumas bandas que fazem parte da cena daqui para gravarmos musicas inéditas deles e fecharmos os 40 min. de um LP. Fechamos em 11 bandas, casualmente o tempo de existência do estudio dub, daí o nome volume 11.

Conta um pouco da história do Dubstudio e sua relação com a cena de Porto Alegre? Quem passou por aí nesses 11 anos?
O dub surgiu em 2005 e por algum motivo acabou concentrando mais as bandas de rock underground. O estúdio tem um bar bem completo com muita bebida, então acabou sendo um ponto de encontro e troca de experiências entre esta cena. Já tocaram ou tocam aqui alguns nomes importantes na cena nacional e local, como Julio Reny, Os Replicantes, Wander Windner, Bidê ou Balde, Ultramen, Walverdes, Space Rave, Bixo da Seda, Tenente Cascavel (com remanescentes das bandas TNT e Cascaveletes), De Falla, e várias outras bandas. Na real aqui se formaram várias bandas com essa convivência entre os músicos, como Monstro Motor, por exemplo, que tem integrantes dos Replicantes, Space Rave, Dating Robots e She’s OK.

Gostei muito da música do Replicantes e da do Walverdes. E não sabia da existência da Geriatrio! O álbum é bem balanceado entre veteranos e gente nova, certo? Quais suas faixas favoritas do disco?
A Geriatrio, por exemplo, é formada pelos Replicantes Claudio e Heron Heinz e o baterista da Gangue Dinamite (ex batera do Wander). Gosto de todas, mas posso destacar as faixas da Space Rave e Walverdes. Os principais critérios para a seleção das bandas era estarem ativas, terem musicas novas (algumas fizeram-nas para o disco) e fazerem parte desta cena que passa aqui pelo dub.

Abaixo o tracking list do álbum e a foto da galera que participa de “Volume 11”:

01) Os Replicantes – “Solução De Contorno”
02) Monstro Motor – “Shine”
03) Space Rave – “Nada Sobre Mim”
04) Walverdes – “Vivendo Infiltrado”
05) Gangue Dinamite – “Espero Respostas”
06) Motorcavera – “Desmonte”
07) Loomer – “Mind Control”
08) Lautmusik – “Flight Of The Flamingo”
09) Dating Robots – “Daqui Um Tempo”
10) Geriatrio – “Me Faça Sorrir”
11) Planondas – “Floating”

– Marcelo Costa (@screamyell) é editor do Scream & Yell e assina a Calmantes com Champagne

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *