Três perguntas: Rosablanca

por Marcelo Costa

Nova banda na área. O Rosablanca, de Curitiba, conta com Bruno Hack (bateria, ex-Pogoboll), Dary Jr. (voz e violão, ex-lorena foi embora… e ex-Terminal Guadalupe), Paulo Svolenski (baixo, Pelebrói não sei?) e Sandro Malk (guitarra e voz, One Sky Two Visions e ex-Bardot em Coma) e já está trabalhando nas canções de seu vindouro primeiro álbum.

O show de estreia está marcado para a próxima sexta, 26/07, no Jokers Pub Café, em Curitiba, e você pode ouvir abaixo em primeira mão uma das faixas, “Oi”, gravada especialmente para o programa Acústico Mundo Livre, da rádio homônima, junto a outras cinco canções inéditas (baixe o EP aqui). Sandro Malk adianta algumas coisas sobre o Rosablanca:

O que é o Rosablanca?
É um namoro sem crises entre os anos 80 e 90.

O que vocês buscam musicalmente com esta nova banda?
Buscamos fazer algo que nos emocione, criar boas melodias e, sobretudo, cantar a nossa vida, nossas histórias e tudo o que acreditamos e duvidamos também, pois algumas coisas precisam de mais tempo pra se tornar críveis. Rosablanca é, essencialmente, o texto unido a bases bem trabalhadas. Esta é, e será sempre, nossa assinatura. Alguns encontrarão em nossas canções um pouco de Smiths, Pavement ou Teenage Fanclub, mas muito de Rosablanca.

O repertório já está bem desenvolvido? Há uma previsão para lançamento do primeiro álbum e shows?
Bem, gostaríamos de falar uma data ou período para lançamento do álbum, mas isto seria especulação neste momento. Em sete meses de trabalho fizemos canções para um álbum e meio e continuamos trabalhando nestas canções – e em novas também. O álbum talvez seja uma questão de tempo, mas é difícil falar em previsão. Quanto a shows, já temos algumas datas confirmadas para este segundo semestre, incluindo nossa estreia, que está marcada para esta próxima sexta-feira (26/07), no Jokers Pub Café, em Curitiba.

3 thoughts on “Três perguntas: Rosablanca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.