Lá vem “Ok Computer OkNotOk 1997–2017”

Resgato de formatos defuntos, capturado de armários obscuros e trazido à luz depois de duas décadas de resfriamento… “OkNotOk” será lançado em 23 de junho pela XL Recordings, coincidindo (mais ou menos) com as datas originais de lançamento em 1997 do seminal terceiro disco do Radiohead, “Ok Computer”.

“OkNotOk” conta com as dozes faixas originais de “Ok Computer”, oito B-sides, e o sonho completista do Radiohead: “I Promise,” “Lift,” e “Man Of War.” As gravações originais de estúdio, nunca antes lançadas e muito aguardadas na pós era do Ok Computer, finalmente recebem sua primeira edição oficial em “OkNotOk”. Todo o material em “OkNotOk” foi recentemente remasterizado das fitas analógicas originais.

A edição boxed de “OkNotOk” será enviada em Julho, contando com uma caixa preta com a imagem sombria de uma cópia queimada de “Ok Computer” contendo três vinis de 180 gramas e um livro de capa-dura contendo mais de 30 artes (muitas das quais nunca antes vistas) e todas as letras do álbum. Nesse pesado calhamaço ainda existem mais surpresas: um caderno contendo 104 páginas de anotações de Thom Yorke da época, um sketchbook contendo 48 página de “trabalho preparatório” de Donwood e Tchock e um mixtape cassette C90 compilada pela banda, tirada das sessões de arquivo e fitas demo do “Ok Computer”. Formatos digitais, CD duplo, e vinil triplo 180g do álbum de 23 faixas serão lançados no dia 23 de junho.

“Ok Computer” foi originalmente lançado em várias datas entre Maio e Julho de 1997. Produzido pela banda e Nigel Godrich, o álbum conta com os singles “Paranoid Android,” “Karma Police,” “Lucky” e “No Surprises,” e é amplamente considerado um dos melhores trabalhos do Radiohead. “Ok Computer” foi o primeiro disco do Radiohead a chegar ao #1 no Reino Unido e ser indicado a álbum do ano no Grammy. Em 2015, O National Recording Registry selecionou “Ok Computer” para ser preservado na Biblioteca do Congresso como uma gravação que se provou “cultural, histórica e esteticamente significante”.

www.OKNOTOK.co.uk

Leia também:
– Radiohead honra o mito ao vivo em São Paulo, 2009, com show grandioso (aqui)
– “Ok Computer”, por Tiago Agostini (aqui)
– Radiohead: a saga através dos EPs, por Bruno Leonel (aqui)
– “Rocks”, Radiohead: registro matador da banda ao vivo em 2001 (aqui)

One thought on “Lá vem “Ok Computer OkNotOk 1997–2017”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *