OS 50 DISCOS MAIS VOTADOS EM 2014

TOP 25 DISCOS DE 2014 – NACIONAL

01) “Encarnado”, Juçara Marçal (Independente) – DOWNLOAD GRATUITO
02) “Banda do Mar”, Banda do Mar (Sony Music)
03) “O Terno”, O Terno (Independente) – DOWNLOAD GRATUITO
04) “Convoque Seu Buda”, Criolo (oLoko Records) – DOWNLOAD GRATUITO
05) “Rasura”, ruído/mm (Independente) – DOWNLOAD GRATUITO
06) “modeHuman”, Far From Alaska (DeckDisc)
07) “Rainha dos Raios”, Alice Caymmi (Jóia Moderna)
07) “Paraíso da Miragem”, Russo Passapusso (oLoko Records) – DOWNLOAD GRATUITO
09) “Cores e Valores”, Racionais MC’s (Radar Records)
10) “Vista Pro Mar”, SILVA (SLAP)
11) “De Lá Não Ando Só”, Transmissor (Independente) – DOWNLOAD GRATUITO
12) “Não Pare Pra Pensar”, Pato Fu (Sony Music)
13) “Sobre Noites e Dias”, Lucas Santtana (Diginois)
14) “Alexandre”, Mombojó (SLAP)
15) “Nação Zumbi”, Nação Zumbi (SLAP / Natura Musical)
16) “Amigos Imaginários”, Anelis Assumpção (Scubidu Music) – DOWNLOAD GRATUITO
17) “Século Sinistro”, Ratos de Porão (Alternative Tentacles)
18) “Crucificados Pelo Sistema Bruto”, Charme Chulo (Independente) – DOWNLOAD GRATUITO
19) “Holger”, Holger (Independente)
20) “Nheengatu”, Titãs (Som Livre)
21) “Mountain Tops”, Câmera (Balaclava Records)
22) “Movido a Vapor”, Tagore (Independente) – DOWNLOAD GRATUITO
23) “Animal”, Adriano Cintra (DeckDisc)
24) “Ace”, Huey (Independente) – DOWNLOAD GRATUITO
25) “Rock’n’Roll Sugar Darling”, Thiago Pethit (Independente) – DOWNLOAD GRATUITO

TOP 25 DISCOS DE 2014 – INTERNACIONAL

01) “Lost In The Dream”, The War on Drugs (Secretly Canadian)
02) “Morning Phase”, Beck (Universal Music)
03) “Lazaretto”, Jack White (Sony Music)
04) “Are We There”, Sharon Van Etten (Jagjaguwar)
05) “They Want My Soul”, Spoon (Loma Vista)
06) “St. Vincent”, St. Vincent (Loma Vista / Republic)
07) “Black Messiah”, D’Angelo and The Vanguard (RCA)
08) “Everyday Robots”, Damon Albarn (Warner Brasil)
09) “Benji”, Sun Kill Moon (Caldo Verde)
10) “Popular Problems”, Leonard Cohen (Sony Music)
11) “Atlas”, Real Estate (DeckDisc)
12) “To Be Kind”, Swans (Young God / Mute)
13) “Run The Jewels 2”, Run The Jewels (Mass Appeal Records)
14) “Salad Days”, Mac Demarco (Captured Tracks)
15) “Sun Structures”, Temples (Heavenly)
16) “Ryan Adams”, Ryan Adams (Pax AM)
17) “Seeds”, TV On The Radio (Harvest)
18) “You’re Dead!”, Flying Lotus (Warp)
19) “Our Love”, Caribou (City Slang)
20) “Burn Your Fire for No Witness”, Angel Olsen (Jagjaguwar)
21) “Sunbathing Animal”, Parquet Curts (What’s Your Rupture?)
22) “The Best Day”, Thurston Moore (Matador)
23) “Do To The Beast”, The Afghan Whigs (Sub Pop)
24) “Lullaby and… The Ceaseless Roar”, Robert Plant (Warner Brasil)
25) “Sukierae”, Tweedy (dBpm Records)

4 thoughts on “OS 50 DISCOS MAIS VOTADOS EM 2014

  1. Tem coisas bem legais na lista – outras nem ouvi ainda, mas o melhor internacional – em minha modesta opinião – ficaria entre Royal Blood e Rival Sons. O nacional está muito bem representado por Juçara Marçal. Disco bonito demais.

  2. Medo de listas que colocam Banda do Mar como o segundo melhor disco do ano. Ou o ano foi ruim ou esse povo tá muito saudoso do Los Hermanos e tão aceitando qualquer coisa mesmo com a qualidade lá no chão… Mas vamos ver né? E olha só, ouvi só uma música da banda Tagore que vocês recomendaram e já é melhor do que a carreira presente e futura inteira da Banda do Mar…
    Vocês do site tem qualidade, mas se conseguissem tirar esse lado poser iriam ser bem melhores!

  3. Gosto muito de listas, dá até pra listar os tipos de comentários mais comuns: desconfio de listas que tem esse artista ou que falta aquele, a lista dos melhores do ano passado não poderia faltar os fulanos ou não se pode fazer uma lista dos seus 10 melhores de todos os tempos sem ter um dos beatles (a minha não tem, sorry – tenho medo de ser expulso dos sex pistols, iac iac iac), Estou lendo “Discoteca Basica – 100 personalidades e seus discos favoritos” e uma dessas colocou (entre os 10) “Silverchair”, “New Kids On The Block”, “Blink 182” e “Nirvana”, Incentivo à leitura: isso foi o primeiro passo em décadas para eu começar a entender porque não consigo gostar do Nirvana. Não é uma crítica à lista, isso é coisa minha. Ler listas é uma das minhas diversões favoritas. Cada um na sua, mas com alguma coisa em comum: listas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *