Quatro vídeos: Marcelo Jeneci ao vivo

por Marcelo Costa

No sábado, São Paulo completava 460 anos, e alguém perguntou para Marcelo Jeneci: “Por que você não está tocando na programação de aniversário da cidade?”. A questão inspirou Jeneci, que em apenas um dia reuniu amigos, conseguiu som, autorização da subprefeitura e reuniu uma banda às pressas (com Tim Bernardes, d’O Terno, na bateria, e Regis Damasceno no baixo) para apresentar o show do disco “De Graça” (terceiro melhor disco de 2013 segundo votação do Scream & Yell), de graça, na Praça Horácio Sabino, na Rua João Moura, em São Paulo, reunindo pouco mais de 500 pessoas em um fim de domingo ensolarado e musical.

Marcado para as 16h, a apresentação surpresa só começou às 17h20 devido a problemas no som, e Jeneci misturou canções de seus dois discos, músicas como “Felicidade”, “Pra Que Sonhar”, “Dar-Te-Ei”, “Pense Duas Vezes Antes De Esquecer” e a épica “Feito Pra Acabar” do primeiro álbum ao lado de praticamente todo o disco novo. Ali pelo meio do show, contou que sente orgulho ao responder aos jornalistas que perguntam sobre essa nova geração da música brasileira: “Digo na lata: É tão boa quanto a geração dos anos 60. Isso que está acontecendo aqui é nosso Festival da Record”, comparou, para depois reforçar o recado: “Vamos ocupar as praças!”. Abaixo, quatro vídeos da tarde de música em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.