Melhores de 2009: Carlos Messias

Carlos Messias
Billboard

MELHOR DISCO NACIONAL

1- Cidadão Instigado – “Uhuuu!”
2- Céu – “Vagarosa”
3- Black Drawing Chalks – “Life Is a Big Holiday for Us”
4- Ney Matogrosso – “Beijo Bandido”
5- Lucas Santtana – “Sem Nostalgia”

MELHOR DISCO INTERNACIONAL

Kasabian – “West Rider Pauper Lunatic Asylum”
Soulsavers – “Broken”
Them Crooked Vultures – “Them Crooked Vultures”
Norah Jones – “The Fall”
Sonic Youth – “The Eternal”

MELHOR MÚSICA NACIONAL

Soulsavers – “Sunrise” (versão com Bonnie “Prince” Billy para música de Mark Lanegan)
Flaming Lips – “Evil”
Kasabian – “Vlad the Impaler”
Them Crooked Vultures – “Gunman”
Prodigy – Invaders Must Die
Air – “Tropical Disease”

MELHOR MÚSICA INTERNACIONAL

Ney Matorosso – “Cor do Desejo” (de Vitor Ramil)
Tiê – “Assinado Eu”
Cidadão Instigado – “Escolher Pra Quê?”
Black Drawing Chalks – “Magic Travel”
Mallu Magalhães – “Make it Easy”

MELHOR CAPA DE DISCO NACIONAL

Black Drawing Chalks – “Life Is a Big Holiday for Us”
Arnaldo Antunes – “Iê iê Iê”
Lucas Santtana – “Sem Nostalgia”
Lulina – “Cristalina”
Céu – “Vagarosa”

MELHOR CAPA DE DISCO INTERNACIONAL

Flaming Lips – “Embryonic”
Bob Dylan – “Together Through Life”
Ben Harper and the Relentless 7 – “White Lies for Dark Times”
Them Crooked Vultures – “Them Crooked Vultures”
Wilco – “Wilco (The Album)”

MELHOR SHOW NACIONAL

Ney Matogrosso, no Teatro Bradesco (SP)
Orquestra Contemporânea de Olinda, no Studio SP
Black Drawing Chalks, no Inferno (SP)
Rômulo Fróes, no Studio SP
Flaming Moe, no CB (SP)

MELHOR SHOW INTERNACIONAL

Radiohead, no Just a Fest (SP)
AC/DC, no Morumbi
Iggy and the Stooges, no Planeta Terra
Sonic Youth, no Planeta Terra
Greg  Dulli e Mark Lanegan, no Bourbon Street (SP)

MELHOR FILME NACIONAL

”Se Nada Mais der Certo”, de José Eduardo Belmonte
“À Deriva”, de Heitor Dhalia
“Jean Charles”, de Henrique Goldman
“Apenas o Fim”, de Matheus Souza
“É Proibido Fumar”, de Anna Muylaert

MELHOR FILME INTERNACIONAL

“Abraços Partidos”, de Pedro Almodóvar
“Bastardos Inglórios”, de Quentin Tarantino
“Há Quanto Tempo que Te Amo”, de Philippe Claudel
“Gran Torino”, de Clint Eastwood
“Baby Love”, de Vincent Garenq

MELHOR SITE (exceto o S&Y)
Pitchfork
The Hype Machine
Waxpoetics
Mojo
NME

MELHOR LIVRO

“Os Irmãos Karamázov (tradução Paulo Bezerra)”, Fiódor Dostoiévski
“Vida de Escritor”, Gay Talese
“Violetas e Pavões”, Dalton Trevisan
“Leite Derramado”, Chico Buarque
“A Cidade Ilhada”, Milton Hatoum

MELHOR DVD

“Live at Reading”, Nirvana
“Palavra Encantada”, de Helena Solberg
“Blue Note – A Story of Modern Jazz”, de Julian Benedikt
“30th Century Man”, Scott Walker
“Um Homem de Moral”, de Ricardo Dias

MELHOR BLOG
Brainstorm 9, Carlos Merigo
Maurício Sycer, Maurício Stycer
Trabalho Sujo, Alexandre Matias
Desculpe a Poeira, Ricardo Lombardi
Popload, Lúcio Ribeiro





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.