Don Capone, Zander e Lenzi Brothers

Por Marcelo Costa

Três bandas independentes (duas de SC e uma do RJ) apostam na tecnologia SMD para apresentar seus novos trabalhos.

“Oficina do Diabo”, Don Capone (Independente)
Com cinco anos nas costas, o grupo do extremo sul de Santa Catarina exibe cicatrizes do tempo e todos os clichês do rock’n’roll neste EP de quatro faixas. Não espere novidades. Do vocal rasgado de Guilherme passando pelas guitarras blueseiras até os temas óbvios (bebedeira, mulher), “Oficina do Diabo” mostra que o rock’n’rolll tal qual o conhecemos já faz cinqüenta anos ainda deverá sobreviver mais uns cem (para o bem e para o mal). Destaque para “Nem O Inferno Me Quer”, que lembra Raul Seixas.
Nota: 4
Preço: R$ 5
Download: http://www.doncapone.com.br

“Em Construção”, Zander (Ideal Records)
Formado por gente que toca/tocou em bandas como Noção de Nada, Dead Fish e Deluxe Trio, o Zander debuta com um EP que mostra qualidade na produção e execução, mas que arrisca muito pouco no som. A pegada é forte (com a cozinha brilhando), mas o vocal exagerado incomoda. A levada calma da faixa título (que seria a grande canção do EP, não fosse o óbvio refrão explosivo) e a boa introdução de “Depois da Enchente”, cujo crescendo deve render ao vivo, se destacam, mas a boa surpresa se chama “Ar”.
Nota: 5
Preço: R$ 5
Download: http://www.myspace.com/zanderblues

“Trio’, Lenzi Brothers (Cambuca Discos)
Em seu terceiro álbum, o trio de irmãos do planalto serrano catarinense arrisca um passeio pelo território pop rock – sem largar totalmente o blues e o rock’n’roll – e são esses momentos que mais chamam a atenção neste bem resolvido “Trio”. A boa faixa de abertura (“Não Me Importo”), com seu ritmo cadenciado, e as simpáticas “Tabela Periódica” e “Parado na Chuva” (com um sotaque Jovem Guarda na harmonia) se destacam ao lado do rocks “Allana” e “Abstinência” e mostram que o trio está no caminho certo.
Nota: 5,5
Preço: R$ 5
Download: http://www.myspace.com/lenzibrothers

3 thoughts on “Don Capone, Zander e Lenzi Brothers

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.