#PremierFARO: Autobus estreia ‘Nos Vamos a Fundir’

Hoje na #PremierFaro apresentamos o videoclipe de “Nos Vamos a Fundir”, música do grupo peruano Autobus. Pode ser visto exclusivamente através dos nove veículos da aliança de meios de comunicação independentes Faro

Depois de ter feito muito barulho dentro e fora do Peru com a estreia da música “Nos Vamos a Fundir”, a Autobus libera o vídeo, que marca um importante ponto de partida para a banda, uma vez que a versão visual da canção oferece uma nuance diferente, procurando gerar um conteúdo distinto, arriscado e, sobretudo, perpétuo face à conjuntura que estamos enfrentando.

Sob a direção e edição de André Coronado – artista peruano conhecido como Mr. Tronch –, “Nos Vamos a Fundir” apresenta os membros da Autobus dentro de um mundo paralelo, onde a gravidade é administrada à necessidade de cada um. Ou seja, uma jornada em que se traça a “Lei da Unidade”, onde todos fazemos parte deste mundo incerto.

“A letra segue a ‘Lei da Unidade’, que diz que não há separação entre pessoas, animais, objetos, planetas ou galáxias”, explica Luis Enrique Piccini, líder e vocalista da banda. “Todos fazemos parte de uma mesma e única unidade. Nesse sentido, a letra segue um caminho otimista, mas incerto. Trata-se de um sonho acordado onde se espera que aquela noite que brilha, brilhe para sempre, e que a contemplação torne finalmente todos num só ser”.

Como a grande maioria das músicas da banda, “Nos Vamos a Fundir” foi composta por Piccini. Foi feita há alguns anos, mas agora foi resgatada e produzida por Autobus e Adrián Mendoza, que é produtor e compositor da ElisaRecords. A masterização ficou a cargo de Francisco Holzmann, que trabalhou de Santiago, no Chile. Além disso, a gravação da bateria contou com a participação de um ex-integrante, Luciano Leone, que com Nicolas Ojeda intercalou alguns trechos da música.

Desde sua formação em 2006, Autobus tem se apresentado nos shows mais importantes da cidade ao lado de bandas internacionais como Soul Asylum, Franz Ferdinand, The Killers, Janes Addiction, Catupecu Machu, Capital Cities, Siddhartha ou Mac DeMarco, entre outras. Também participou de importantes festivais no Peru e na América Latina. Com seus três álbuns, “Autobus” (2007), “Máquina Destrucción” (2010) e “Cuerpos de Luz” (2017) e um grande grupo de fãs, a banda se posicionou como uma das mais importantes e pioneiras do movimento independente no Peru.

LEIA OS PANORAMAS ANTERIORES DA FARO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.