MELHORES DISCOS INTERNACIONAIS 2010

168 discos foram citados

1º lugar – 40 votos
The Suburbs, Arcade Fire (Universal)
Site Oficial – http://www.arcadefire.com/

2º lugar – 20 votos
High Violet, The National (LAB 34)
Site Oficial – http://www.americanmary.com/

3º lugar – 16 votos
Brothers, The Black Keys (Nonesuch)
Site Oficial – http://www.theblackkeys.com/

4º lugar – 15 votos
My Beautiful Dark Twisted Fantasy, Kanye West (Roc-A-Fella, Def Jam)
Site Oficial – http://kanyewest.com/

5º lugar – 13 votos
This Is Happening, LCD Soundsystem (DFA Records)
Site Oficial – http://lcdsoundsystem.com

6º lugar – 12 votos
II, Grinderman (Mute Records/ANTI)
Site Oficial – http://www.grinderman.com

7º lugar – 10 votos
Le Noise, Neil Young (Reprise)
Site Oficial – http://www.neilyoung.com/

Vencedores Anteriores
2001: Is This It, The Strokes (BMG)
2004: You Are The Quarry, Morrissey (Attack)
2005: You Could Have It So Much Better, Franz Ferdinand (Trama)
2006: Modern Times, Bob Dylan (Sony & BMG)
2007: In Rainbows, Radiohead (Ato Records / Red)
2008: Oracular Spectacular, MGMT (Sony & BMG)
2009: Them Crooked Vultures, Them Crooked Vultures (Sony Music)




7 thoughts on “MELHORES DISCOS INTERNACIONAIS 2010

  1. Antes de qualquer comentário, devo dizer algo que talvez não pegue muito bem por aqui:
    sou velho. Tenho 31 anos.

    Confissão feita, já mais leve, me sinto mais confiante. Pois bem:

    Tenhos todos os cds do Black Keys, e, embora este último seja o pior, é bom ver eles por aqui. Quem conhece a banda e tb Free e Bad Company já deve ter se ligado que o vocal é o Paul Rodgers cover. Pontaço para ele. Apesar da comparação ingrata com os antecessores, este é o melhor do ano. Melhor que o do Arcade Fire, que é excepcional – rendi-me a este fato com boa convicção. E tb acho que “Phosphene Dream”, Black Angels, mereceria alguma citação qualquer…

    *

    Dúvida anciã: – e se alguém tiver saco de responder, preciso mesmo saber. Seguinte:

    Se você tem mais de 25 anos e é culto/sagaz/curioso, me ajude:

    Por que discos como estes, inclusive o do BK e o do AF, encabeçam listas de melhores e, ano passado mesmo, um disco como No Line On The Horizon foi ignorado por aqui?

    Sobra saudosismo em alguns ou sobra ansiedade em outros? Essa é a minha dúvida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.