Cazuza, Mudhoney e War Child Heroes

Por Marcelo Costa

Dois tributos e um álbum beneficente para vítimas da guerra mostram que covers podem ficar interessantes em alguns casos como também podem passar longe da qualidade da original em outros.

“Tributo a Cazuza – Ao Vivo na Praia de Copacabana”, vários (Som Livre)
Nem era de se esperar muito, mas até que algumas interpretações surpreendem como Ney Matogrosso arrasando em “Por Que a Gente é Assim?”, Zélia Duncan ok na ótima “Vem Comigo” (dos primórdios do Barão) e Angela Ro Ro (im)perfeita em “Malandragem”. O grande problema são bobagens como Preta Gil “cantando” (?) “O Nosso Amor a Gente Inventa”, Paulo Ricardo exagerado em “Ideologia” e o maior abandonado Caetano na faixa homônima (e outros menos cotados). Vale pela causa da Sociedade Viva Cazuza. E olhe lá.
Preço em média: R$ 19,90 (lançamento nacional)
Nota: 2

“March To Sickness”, vários (Monstro Discos)
Para comemorar 10 anos de barulho, o selo goiano preparou um tributo bacana ao Mudhoney. A abertura não poderia ser melhor com a Walverdes descendo a porrada em uma versão arrasadora de “Suck You Dry”, mas na seqüência o Ambervisions joga no lixo o hino “Touch Me, I’m Sick”. Não se preocupe: há mais acertos que erros. Do primeiro grupo vale citar Detetives (“El Sol Q Ciega”), Lucy And The Popsonics (“Well Well Song”) e Dead Rocks (“March to Fuzz”). Até Pitty faz bonito – com “If I Think”. Responsa.
Preço em média: R$ 20 (lançamento nacional)
Nota: 7

“War Child Heroes”, vários (EMI)
Quinto lançamento da ONG War Child – que cuida de crianças vítimas das guerras do Iraque, Afeganistão, Congo e Uganda, “Heroes” destaca Beck metalizando “Leopard Skin Pill Box Hat” (Dylan), o Yeah Yeah Yeahs divertindo com “Sheena is a Punk Rocker” (Ramones) e ainda Elbow com “Running to Stand Still” (U2), Franz com “Call Me” (Blondie), Rufus Wainwright com “Smile” (Brian Wilson) e mais. Para ouvir e ir atrás das anteriores (“Help”, 1995, “NME Love 1”, 2002, “Hope”, 2003 e “A Day in The Life”, 2005).
Preço em média: R$ R$ 29,90 (lançamento nacional)
Nota: 8
Tracking list: http://www.myspace.com/warchildheroes

Leia também: 
– “War Child Hope”, vários, por Marcelo Costa (aqui)

One thought on “Cazuza, Mudhoney e War Child Heroes

  1. O tributo ao Mudhoney será adquirido em breve. Quanto ao Cazuza, eu estava nesse dia em copacabana….eheheh…, tinha ido ver a final do carioca do ano passado, na hora até que foi bacaninha, mas nao vou comprar nao…:)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.