Engenheiros, Superguidis e Chico Buarque

500 Toques por Marcelo Costa

“Acústico II – Novos Horizontes”, Engenheiros do Hawaii (Universal)
Gessinger aposta em nove inéditas neste que é o segundo acústico consecutivo dos Engenheiros. A safra é boa e merecia mais do que fãs histéricos gritando e batendo palmas fora do tom. “Vertical”, “Guantanamo”, “Quebra-Cabeça” e, principalmente, “No Meio de Tudo, Você” (inferior à versão demo) compensam as participações de Carlos Maltz (na terrível “Cinza”) e Clara Gessinger (na pífia “Parabólica”), mas falta charme e sobra tédio ao álbum. Bons tempos os de “Filmes de Guerra, Canções de Amor”…

Nota: 6,5
Preço em média: R$ 30,50

Leia também:
– “Acústico MTV”, Engenheiros do Hawaii, por Marcelo Costa (aqui)

“Ao Vivo em Brasília”, Superguidis (Bootleg)
Dias depois de terminadas as gravações de “A Amarga Sinfonia do Superstar”, os Superguidis tocavam canções novas e os já velhos hits do álbum de estréia no Bar do Calaf, em Brasília. Uma gravação com a integra do show – provavelmente da mesa de som – circula pela web e permite vislumbrar a força dos gaúchos ao vivo. A voz de Andrio impressiona enquanto as guitarras passeiam por baixo varrendo tudo em hits como “Mais Um Dia de Cão” e “Malevolosidade”. A intro de “Coraçãozinho” vale a audição.

Nota: 8
Preço em média: ——-

Leia também:
– Lucas Pocamacha fala sobre o Terceirão ao Scream & Yell, por Janaina Azevedo (aqui)
– “A Amarga Sinfonia do Superstar”: poesia juvenil movida a guitarradas, por Mac (aqui)
– “Superguidis 3″: há uma cicatriz na alma do álbum que pede atenção, por Mac (aqui)

“Carioca ao Vivo”, Chico Buarque (Biscoito Fino)
Registro de sua primeira turnê em sete anos, “Carioca ao Vivo” apresenta a integra do belíssimo show homônimo. São 33 músicas sem gritos de “lindo” e sucessos fáceis, ao menos até os 44 do segundo tempo, quando surgem “João e Maria” e “Quem Te Viu, Quem Te Vê” para o coro geral. Antes desfilam faixas preciosas, que não viraram toque de celular, como “Mambembe”, “Eu Te Amo” e “Ela é Dançarina” além das boas novas “Outros Sonhos”, “Ela Faz Cinema” e “Ode aos Ratos”. Roteiro certeiro, show bonito.

Nota: 9,5
Preço em média: R$ 36,90

Leia também:
– Chico Buarque ao vivo no Tom Brasil, 2006, por Marcelo Costa (aqui)
– Entrevista: batendo uma bola com Chico Buarque, por Daniel Cariello e Thiago Araújo (aqui)

7 thoughts on “Engenheiros, Superguidis e Chico Buarque

  1. Ainda nao escutei esse do Engenheiros, mas dois acusticos seguidos…sei nao..Quanto ao Superguidis…pô, ainda não me deparei com ele…eheheh
    E esse do Chico, meu chapa, como cantaria João Gilberto, é um luxo só…:))

  2. meu querido,

    eu te amo é uma das coisas mais lindas já escritas na lingua de camoes. mas acho q minha preferida do chico ainda é valsinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.