APCA elege os melhores de 2023 em nove categorias

A APCA – Associação Paulista dos Criticos de Artes escolheu os melhores de 2023  em assembleia geral realizada no Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo na noite desta segunda-feira, 29 de janeiro de 2024. Votaram os críticos das seguintes categorias: Artes Visuais, Cinema, Dança, Literatura, Música Popular, Rádio, Teatro, Teatro Infanto-Juvenil e Televisão.

“O ano de 2023 foi de retomada e vimos as atividades artísticas e culturais retornando paulatinamente à rotina. A APCA esteve e continua atenta às mais variadas expressões da artes, de forma a sempre valorizar os artistas e profissionais que trabalham pela cultura no Brasil”, afirma a jornalista Maria Fernanda Teixeira, presidente da APCA.

O júri de Música – que já havia anunciado indicados em três categorias mais uma lista com 50 grandes discos de 2023, dobrou o número de votandes em 2024 com a participação de Adriana de Barros, Alexandre Matias, Bruno Capelas, Camilo Rocha, Cleber Facchi, Felipe Machado, Guilherme Werneck, José Norberto Flesch, Marcelo Costa, Pedro Antunes e Pérola Mathias.

A 67ª cerimônia de premiação já tem data marcada: 22 de abril, no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo, em uma parceria viabilizada pela Associação Paulista Amigos da Arte e Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo. Conheça os vencedores nas noves categorias:

ARTES VISUAIS
– Arte Contemporânea /Thiago Honório – /Orações – Galeria Luisa Strina
– Arte: Uma Memória – A Coleção Imaginária de Paulo Kruczynski -Instituto Tomie Ohtake
– Contribuição à Arte Brasileira do Século XX – Ricardo e Ralph Camargo
– Exposição Internacional – Marc Chagall – Um sonho de amor – CCBB
– Exposição Nacional – Murilo Mendes Poeta Crítico: O Infinito Intimo – MAM
– Fotografia – Flieg – Tudo que é sólido – IMS
– Projeto Expográfico – Haron Cohen – Fé, Engenho e Arte : Os 3 Franciscos – Museu de Arte Sacra

Votaram: Antonio Zago, Claudio Sitrângulo, José Henrique Fabre Rolim, João J.Spinelli e Silvia Balady.


CINEMA
– Melhor Filme: Retratos Fantasmas, de Kleber Mendonça Filho
– Melhor Direção: Paula Gaitán, por Luz nos Trópicos
– Melhor Roteiro: Noites Alienígenas, de Sergio de Carvalho, Camilo Cavalcanti e Rodolfo Minari
– Melhor Atriz: Vera Holtz, por Tia Virgínia
– Melhor Ator: Juan Paiva e Lucas Penteado, por Nosso Sonho
– Melhor Documentário: Incompatível com a Vida, de Elisa Capai
– Melhor Fotografia: Joana Pimenta, por Mato Seco em Chamas

Votaram: Flavia Guerra, Francisco Carbone, Luiz Carlos Merten, Orlando Margarido e Walter Cezar Addeo.


DANÇA
– Espetáculo: “Dança Pra Lua”, Ivan Bernadelli, Cia. Jovem de Dança de Jundiaí
– Coreografia/Criação: Vanessa Macedo, Concepção, coreografia e direção de “Erga Omnes”, Cia. Fragmento de Dança
– Elenco: In SAIO Cia. de Arte, por “MIÊDKA – Uma Metáfora do Encontro”: Armando Aurich, Claudia Palma e Ana Mondini
– Intérprete: Danielle Rodrigues, Laboratório Siameses, por “Circo da Meia-Noite”
– Prêmio Técnico: Alisson Amador e Lucas Brogiolo, Direção Musical de “Fênix”, Clarin Cia de Dança
– Projeto/Programa/Difusão/Memória: Corpos Velhos – Pra que servem?, Portal MUD e Luis Arrieta
– Prêmio Especial: Programação de Dança do Centro Cultural São Paulo, Curadoria de Mark Van Loo

Votaram: Henrique Rochelle, Iara Biderman, Simone Alcântara e Yaskara Manzini.


LITERATURA
– Romance: Onde Pastam os Minotauros, de Joca Reiners Terron (Todavia)
– Contos: Ninho, de Bethânia Pires Amaro (Record)
– Poesia: Veludo Rouco, de Bruna Beber (Companhia das Letras)
– Tradução: Guilherme da Silva Braga, por É a Ales, de Jon Fosse (Companhia das Letras)
– Ensaio: O Que é Meu, de José Henrique Bortoluci (Fósforo)
– Biografia: Baviera Tropical, de Betina Anton (Todavia)
– Infantil: Os Pombos, de Blandina Franco e José Carlos Lollo (Companhia das Letrinhas)

Votaram: Gabriel Kwak, Ruan de Sousa Gabriel e Ubiratan Brasil.


MÚSICA POPULAR
– Grande Prêmio da Crítica: Jards Macalé
– Artista do Ano: Ludmilla
– Disco do Ano: Me Chama de Gato Que Eu Sou Sua, Ana Frango Elétrico
– Artista Revelação: Mateus Fazeno Rock
– Show do Ano: Luiza Lian – 7 Estrelas | Quem Arrancou o Céu?
– Projeto Especial: Projeto Relicário (Selo Sesc)
– Menção Honrosa: Titãs – Encontro

Votaram: Adriana de Barros, Alexandre Matias, Bruno Capelas, Camilo Rocha, Cleber Facchi, Felipe Machado, Guilherme Werneck, José Norberto Flesch, Marcelo Costa, Pedro Antunes, Pérola Mathias.


RÁDIO
– Melhor Programação: Rádio Baruk FM, com Afrânio Wanderley
– Melhor programa de rádio/podcast: CBN Noite Total, com Tânia Morales (CBN)
– Melhor produção: Guilherme Cimatti, Rádio Bandeirantes
– Melhor sonoplastia: Podcast “Imagina Só – Histórias para crianças”
– Melhor profissional de rádio: Walkíria Brit, Alpha By Night (Alpha FM)
– Programação Musical/Cultural: Diversas, com Fabiana Ferraz (Cultura Brasil)
– Cobertura Cultural: Festival “The Town!”, pela Mix FM

Votaram: Fausto Silva Neto, Marcelo Abud, Maria Fernanda Teixeira e Fabio Siqueira.


TEATRO
– Dramaturgia: Alan Mendonça, Cleydson Catarina, Naruna Costa e Uberê Guelè, por Boi Mansinho e a Santa Cruz do Deserto
– Direção: Ione de Medeiros, por Vestido de Noiva
– Ator: Marco Antônio Pâmio, por A Herança 1 e 2
– Atriz: Grace Gianoukas, por Nasci pra Ser Dercy
– Espetáculo: A Aforista
– Prêmio Especial: Companhia Antropofágica pelos 20 anos celebrados na Okupação no TUSP
– Grande Prêmio da Crítica: Clara Carvalho, por sua atuação como atriz, tradutora e diretora em 2023

Votaram: Bob Sousa, Celso Curi, Edgar Olimpio de Souza, Ferdinando Martins, José Cetra, Kyra Piscitelli, Miguel Arcanjo Prado, e Vinicio Angelici.


TEATRO INFANTO-JUVENIL
– Melhor espetáculo: A Grande Questão, da Cia. de Feitos
– Melhor direção: Marcelo Várzea e Erica Rodrigues, por Valentim Valentinho
– Melhor Dramaturgia: Sara Antunes, por Voz de Vó
– Melhor Adaptação: Bruno Gavranic e Grupo 59 de Teatro, por Um Dia, Um Rio
– Melhor elenco: Antonia Pethit, Alexia Twister e Athena Leto, por Alice no Pequeno Grande Quarto das Maravilhas
– Intérprete Revelação: Bibi Valverde, por Kafka e a Boneca
– Melhor desenho de luz: Matheus Brant, por Zebra sem Nome

Votaram: Dib Carneiro Neto, Gabriela Romeu, Julia Rodrigues, Marcio Tito e Monica Rodrigues da Costa.


TELEVISÃO
– Novela: Vai na Fé (TV Globo)
– Ator: Milhem Cortaz/Os Outros (Globoplay)
– Atriz: Sophie Charlotte/Todas as Flores (Globoplay)
– Série Ficção: Os Outros (Globoplay)
– Série Documental/Documentário: Vale o Escrito (Globoplay)
– Revelação: Alice Carvalho/Cangaço Novo (Prime Video/02)
– Variedades: Avisa Lá Que Eu Vou/GNT

Votaram: Cristina Padiglione, Edianez Parente, Fabio Costa, Fabio Maksymczuk, José Armando Vanucci, Leão Lobo, Neuber Fischer, Tellé Cardim e Tony Goes.

Leia também:
– Top 50 Discos da APCA: 20172018201920202021, 2022 e 2023
– Veja como foi a premiação da Associação Paulista dos Críticos de Arte em 2014 (aqui)
– Premiados APCA: 2012 (aqui) 2013 (aqui) 2014 (aqui) 2015 (aqui) 2016 (aqui) 2017 (aqui) 2018 (aqui) 2019 (aqui) 2020 (aqui),  2021 (aqui) e 2022 (aqui)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.