Random header image... Refresh for more!

Category — Música

Festivais: Áustria, Brasil, França e Suíça

Red Bull Music Academy Festival, São Paulo
Dias 02 a 11 de junho de 2017
Infos: http://sp.redbullmusicacademy.com/

Eurockeennes, França
De 6 a 9 de julho de 2017
Infos: https://www.facebook.com/Eurocks/

Ahoi! The Full Hit of Summer, Áustria
Dias 11 e 12 de julho de 2017
Infos: Noite 1Noite 2

Paléo Festival, Suiça
De 18 a 23 de julho de 2017
Infos: http://yeah.paleo.ch/

Circadélica, Sorocaba
De 20 a 24 de julho de 2017
Infos: https://www.facebook.com/circadelica/

Confira o line-up de outros grandes festivais de música

abril 25, 2017   No Comments

Tributo ao Skank no jornal A Crítica

O álbum tributo “Dois Lados”, em homenagem ao Skank, que o Scream & Yell lança em junho com produção de Pedro Ferreira, foi destaque no caderno de cultura do jornal A Crítica, de Manaus. Leia a reportagem aqui e saiba mais sobre o tributo aqui.

abril 21, 2017   No Comments

Yangos regrava clássico de Iron Maiden!

Na próxima segunda-feira, 24/04, o Selo Scream & Yell lança mais um álbum inédito. Com o nome de “Sem Palavras” e produzido por Leonardo Vinhas, o disquinho online conta com 11 artistas – 10 brasileiros e um argentino. O jornal O Pioneiro publicou em sua versão online uma amostra do álbum “Sem Palavras”, a grande versão dos caxienses da Yangos para “The Trooper”, clássico do Iron Maiden que se transformou em um dançante chamamé! Leia a reportagem d’O Pinheiro e ouça a versão aqui. Confira a escalação do álbum “Sem Palavras” no Scream & Yell e ouça mais duas canções.

abril 20, 2017   No Comments

Download: Scream & Yell 03 (Março 1999)

18 anos! O que eu me lembro dessa época? Hummm. Eu já havia me formado em Comunicação Social na Unitau e feito um novo concurso, que tinha permitido subir de cargo e sair da (minha amada) Biblioteca da Faculdade de Direito e ir para a Pró-Reitoria de Extensão, onde fui muito bem recebido e comecei a desenhar meu futuro: “Vou ficar aqui uns anos e na primeira oportunidade peço transferência para a Comunicação Social e vou dar aula”. Era esse o plano. Como diria Humberto Gessinger, “Se eu soubesse antes o que sei agora…”. A boa acolhida da segunda edição do fanzine Scream & Yell nos fez ter mais esmero nesse terceiro exemplar, que fui burilado em botecos e em casa. Eu adoro a capa – aliás, modéstia a parte, a gente acertou bem em quase todas as capas (eu só mexeria na do Kevin Smith hoje, se pudesse) – que traz Ian McCulloch, do Echo & The Bunnymen, falando sobre o disco novo da banda. Nesta edição há poema de Baudelaire, um grande amigo meu, o Carlos Adriano, começa a assinar textos polêmicos como Racer X, tem matéria antológica do Carlos Eduardo Miranda, eu falando sobre a Trilogia das Cores, do Krzysztof Kieslowski, e também escrevendo um faixa a faixa do baita disco “This Is My Truth, Tell Me Yours”, do Manic Street Preachers. Tem mais, tem mais: resenha curtinha do show do Deep Purple, outro amigo querido, o Dadá, escrevendo sobre o romantismo no futebol, o grande André Dias Ferrarezi (quem é do metal em Taubaté o conhece!) declarando que “o heavy metal está morto” e a queridíssima Flávia com seu “Bobalização” (que eu amo). O Alexandre defende que a música brasileira estava na UTI e fala da crise do Homem Aranha. Eu ainda pesco três álbuns nacionais que me amarro e que não tinham saído em CD na época (digital era um sonho). É nesse fanzine que o Balu estreia. Na seção “O que você está ouvindo no momento?”, nossas primeiras conexões: José Flávio Júnior (que na época assinava o ótimo fanzine Túnel 03), o parceiro Carlos Eduardo Lima (que, futuramente, teria coluna no Scream & Yell depois de me integrar ao time da revista Rock Press) e o casal Pato Fu, Fernanda e John, listando seus mais ouvidos naquele distante começo de 1999. Nessa edição 3 a gente pula das 12 páginas anteriores para 20 (mais gasto com xerox), e eu gosto bastante do resultado final. Fez um barulho bacana, foi citado nas curtinhas da coluna do Álvaro Pereira Júnior, no Folhateen, e replicado em diversos outros fanzines. No arquivo que você irá baixar há duas versões: uma em PDF para ser lida em desktop, celular e tablet, com o formato das páginas sequencial; e outra em JPG formatada para impressão (ou seja, com as páginas combinadas para serem montadas no formato revista. É simples: você imprime a 3_01 na frente e a 3_02 no verso do A4; a 3_03 na frente e a 3_04 no verso A4; e assim por diante. Depois junta tudo na sequencia (1, 2, 3, 4) e dobra, grampeia no meio e você tem um fanzine). Atenção: nessa edição, minhas brincadeiras bestas com o número das páginas dificulta a montagem, que continua sendo sequencial (ao invés da contagem inversa do número anterior), mas aqui as páginas 4, 8, 12, 16 e 20 são trocadas por… PIM (risos). Divirta-se.

BAIXE AQUI O SCREAM & YELL – FANZINE 03

abril 20, 2017   No Comments

Quiz: Meus 15 discos favoritos


Clique na imagem, mas atenção:
Não aceito menos do que 150 pontos :~

abril 20, 2017   No Comments

Chemical Brothers no Programa Alto Falante

Uma baita honra! No primeiro vídeo abaixo, registro da minha participação especial no mítico programa Alto Falante falando do clássico “Dig Your Own Hole”, do Chemical Brothers, que festeja 20 anos em 2017 ( o segundo vídeo traz a integra do programa Alto Falante de 08 de abril)! Brigadão aos grandes parceiros Terence Machado, do Alto Falante, pelo convite e Tiago Trigo, da produtora Casa Inflamável, que fez a gravação.


abril 18, 2017   No Comments

Tributo ao Skank no Diário do Sudoeste

O álbum tributo “Dois Lados”, em homenagem ao Skank, que o Scream & Yell lança em junho com produção de Pedro Ferreira, foi destaque no caderno de cultura do Diário do Sudoeste. Saiba mais sobre o tributo aqui.

abril 18, 2017   No Comments

Comentando o Coachella 2011 para a Levis

Eu não me lembrava desse vídeo (risos), mas que legal! Em texto tem o balanço daquele Coachella inesquecível de 2011 aqui

abril 17, 2017   No Comments

Tributo ao Skank no A Tarde, de Salvador

O álbum tributo “Dois Lados”, em homenagem ao Skank, que o Scream & Yell lança em junho com produção de Pedro Ferreira, foi destaque no caderno de cultura do jornal A Tarde, de Salvador, com um baita destaque de capa. Saiba mais sobre o tributo aqui.

abril 17, 2017   No Comments

Numa sexta-feira santa no ano de 1973…

a música “Cálice” começava a ser composta por Gil e Chico Buarque.

abril 14, 2017   No Comments