#PremierFaro: “Retrato del 92”, do artista cubano X Alfonso

Nesta nova edição da #PremierFaro, estreias exclusivas da aliança ibero-americana de meios musicais e culturais, apresentamos o videoclipe de “Retrato del 92”, canção do músico cubano X Alfonso incluída no seu mais recente álbum, “Inside – Vol I​-​II” (2020). O clipe estreia nos nove sites presentes na Aliança: Magazine AM: PM (Cuba), Indie Hoy (Argentina), IndieRocks! (México), Piiila (Uruguai), POTQ (Chile), Rock Achorao ’(Peru), Shock (Colômbia), Scream & Yell (Brasil) e Zona de Obras (Espanha).

Depois de quase 10 anos sem publicar músicas novas, o artista cubano X Alfonso lançou “Inside”, um álbum duplo que soa como uma viagem pela psique do autor para a qual não há limites no processo criativo. “Retrato del 92” faz parte deste álbum e vem carregada de nostalgia.

Segundo o próprio X Alfonso – que também é o diretor do clipe – “Retrato del 92” não é apenas um vídeo, mas uma memória gráfica de sua geração dos anos 90. Para realizar o clipe, o artista mais uma vez contou com uma plataforma que se tornou sua melhor aliada: as redes sociais. A partir daí ele lançou um desafio e convidou seus seguidores e amigos para compartilhar com ele fotos e vídeos da época.

Sobre a concepção do clipe, Alfonso conta à Faro: “Desde que escrevi a música ficou claro para mim que tinha que usar imagens reais. Queria transmitir esse sentimento vivido pela minha geração e mostrar aos mais jovens de hoje como eram aqueles tempos. 80% das imagens utilizadas pertencem ao documentário ‘Midnight In Cuba’, do realizador Dimitri Falk, do qual fui um dos personagens. O resto foi enviado a mim por pessoas ou estavam em arquivos históricos. Ver todo esse material novamente, selecioná-lo, foi emocionante. Poder editar foi um processo feliz e nostálgico ao mesmo tempo. Não foi nada fácil porque como você coloca uma década de experiências em cinco minutos? Mas pelo menos tentei”.

“Retrato del 92″ finaliza com a frase “a toda a minha geração que continua a ver as luzes” e o cantor e compositor cubano nos revela o que se esconde por trás dessa mensagem: “Escrevi esta frase porque apesar de toda aquela difícil situação em que vivemos não perdemos o sorriso, nem a esperança de poder realizar os nossos sonhos. É um detalhe visível no vídeo, é o contraste da luz dentro de todo aquele caos. A maioria dos meus amigos, se não digo todos, não mora mais em Cuba. Esta é uma forma de se unir novamente. Por que em 2021? Porque por incrível que pareça, meu país está passando exatamente pela mesma coisa 20 anos depois”.

Tão sintonizado com os tempos modernos, este clipe se destaca no panorama sonoro e visual da América Latina. Assista!

LEIA OS PANORAMAS ANTERIORES DA FARO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.