Podcast O Ben para todo mal: Iggor Cavalera

por Homero Pivotto Jr.

A ideia d’O Ben para todo mal é humanizar mães e pais que muitos têm como ídolos. Mostrar que o artista referencial para tanta gente também lida com situações ordinárias da vida, principalmente se tem filhxs. Afinal, a parentalidade meio que tira o ícone do pedestal e o coloca em pé de igualdade com o cidadão comum. Dadas às devidas proporções, e cada um dentro de suas respectivas condições, eu (pai do Benjamin), o Marcelo (pai do Martín e criador deste site) e o Ozzy nos equipararmos aqui: somos todos figuras paternas tentando ser o menos pior possível a cada dia. Tá, vá lá, posso ter exagerado. Mas me agrada a ideia de que, pelo menos em alguma situação, eu possa ser colocado no mesmo balaio que o príncipe das trevas (risos).

Criar um rebento é a tarefa mundana mais complexa e, ao mesmo tempo, inspiradora que se tem notícias. E não deixa de ser uma arte. Exige inspiração, questionamento, boa vontade e olhar crítico para si mesmo. É a obra da vida, que segue sendo aprimorada até o último suspiro.

É muito bacana ouvir dos próprios artistas que admiramos que eles também se preocupam com as crias, que ficam contentes com a realização da gurizada e, também, sofrem com os revezes da parentalidade. São histórias que poderiam ter sido protagonizadas por você, por mim, pela dona Maria ou pelo seu José. Porém, foram vivenciadas por alguém que toca milhares de fãs por aí.

Como os vídeos com as entrevistas que entram no canal d’O Ben para todo mal no Youtube passam por edição, resolvemos lançar os papos completos em podcast. Nesses áudios, é possível ouvir as conversas na íntegra. As gaguejadas, os palavrões, a espontaneidade… tá tudo ali.

Nosso primeiro episódio é com Iggor Cavalera, personagem mais recente do projeto. Além do que o ex-Sepultura fala na versão em vídeo (assista aqui), no podcast abaixo ele comenta ainda qual episódio curtiu d’O Ben para todo mal, analisa o niilismo punk depois de se tornar pai, a música como salvação, a exposição gerada pela internet e a tensão de ter uma criança três meses internada numa UTI. Ouça no Spotify!

– Homero Pivotto Jr. é jornalista, vocalista da Diokane e responsável pelo videocast O Ben Para Todo Mal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.