Melhores de 2018: Márcio Viana

Márcio Viana (@quasemarcio)
Ferozes F.C. (São Paulo, SP)

MELHOR DISCO NACIONAL
01. “Fake News” – Phillip Long
02. “A pele do futuro” – Gal Costa
03. “Ok Ok Ok” – Gilberto Gil
04. “Consertos em Geral” – Manoel Magalhães
05. “Bluesman” – Baco Exú do Blues

MELHOR DISCO INTERNACIONAL
01. “Rainier Fog” – Alice in Chains
02. “Dirty Computer” – Janelle Monáe
03. “Resistance is Futile” – Manic Street Preachers
04. “Call The Comet” – Johnny Marr
05. “No Mercy in This Land” – Charlie Musselwhite & Ben Harper

MELHOR SHOW NACIONAL
01. Edgar Scandurra & Benzina + BNegão – Sesc Carmo
02. Gilberto Gil – Teatro Bradesco
03. Duca Leindecker – Teatro Opus – SP
04. Odair José & Azymuth – O Filho de José e Maria – Sesc 24 de Maio
05. Sepultura – Sesc Santo André

MELHOR SHOW INTERNACIONAL
01. Nick Cave
02. Gang of Four
03. Thundercat
04. Mark Lanegan
05. Alice in Chains

MELHOR FILME INTERNACIONAL
01. Infiltrado na Klan
02. Uma noite de doze anos
03. Museu
04. Roma
05. Bohemian Rhapsody

MELHOR FILME NACIONAL
01. Legalize Já
02. Onde está você, João Gilberto?
03. Aos teus olhos

MELHOR LIVRO
01. 21 Lições para o Século 21 – Yuval Noah Harari
02. Ruptura – Manuel Castells
03. Como as Democracias Morrem – Steven Levitsky & Daniel Ziblatt

O MELHOR DA TV
01. (Des)encanto Temp. 1 – Netflix
02. Tá no Ar: A TV na TV – 5ª temporada – Globo

MELHOR MÚSICA INTERNACIONAL
01. “Dylan & Caitlin” – Manic Street Preachers
02. “Dirty Computer” – Janelle Monáe
03. “Hi Hello” – Johnny Marr
04. “The One I Know” Alice in Chains
05. “The Art of Letting Go” – Stone Temple Pilots

MELHOR MÚSICA NACIONAL
01. “Cuidando de longe” – Gal Costa
02. “Afogamento” – Gilberto Gil
03. “Tudo que não for agora” – Manoel Magalhães
04. “Silêncio em ruas sujas de sangue” – Phillip Long
05. “Convite para Nascer de Novo” – Erasmo Carlos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.