News: Jack White, Added Colour, Dead Original

por Marcelo Costa

“Olá, sou como Guy Lafleur: faço tudo da maneira mais difícil. E fumo”, explica o vocalista e guitarrista Dany Laj no e-mail que chega do Canadá citando um dos maiores nomes do hóquei no gelo em seu país. Ele está á frente do Dany Laj and The Looks, combo power pop na ativa desde 2010 que está lançando a chicletuda “Left Right to One” num compacto dividido com a banda Pink Beam. Confere o clipe abaixo, e se curtir (você vai curtir!), dá uma sacada no Bandcamp da banda! Tem muita coisa legal!

***

Com uma passagem badalada pelo Trivium entre 2015 e 2017, o baterista Paul Wandtke largou as baquetas e, seguindo o modelo Dave Grohl, assumiu a guitarra e a voz escudado por Rob Lerner na bateria e Dina Simone no baixo praticando grunge noventista (mais pro lado do Alice in Chains) com o Dead Original. Após “Bored Again” surge “Fade to Light”, segundo adianto do álbum que chega ao mercado em julho.

***

Do Brooklyn novaiorquino surge o Added Colour, combo metade brasileiro (Kiko Freiberg na guitarra e vocal; Daniel Freiberg na bateria e vocal), metade estadunidense (Tim Haggerty na guitarra) e Danny Dahan (baixo) que sairá em turnê pelo Marrocos em abril/maio (com o grande parceiro Bruno Montalvão acompanhando). Segundo o release, o som dos caras é pra quem curte Royal Blood, Muse e QOTSA. Saca ai embaixo.

***

Que tal abrir a música com um solo metaleiro, acrescentar uma sanfona e depois cair numa batidinha reggae? É mais ao menos isso que propõe o australiano Reichelt em seu novo single, “Seduced by the Light Side”. Ele está na estrada há mais de 15 anos e seu novo álbum, que leva o nome do single, já está em tdos as plataformas. Se curtir, vá atrás.

***

Lançado no final de março, “Boarding House Reach”, terceiro disco solo de Jack White, dividiu o mar vermelho (ou melhor, azul) de fãs: tem gente que odiou o disco com todas as forças e outros que o amaram com a mesma devoção apaixonado. A confusa “Over and Over and Over” (há 374 canções diferentes dentro dela, e o desafio é encontrar qual é a boa) foi o segundo clipe do disco. Já o primeiro, menos caótico, saiu em janeiro: “Connected By Love”. Confira os dois abaixo (em estúdio e ao vivo no Saturday Night Live.

Confira outros novidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *