Boteco: Três novas cervejas da Urbana

por Marcelo Costa

Abrindo uma nova série da paulistana Urbana, do Jabaquara, que marca presença com a #Prafrentex, uma New England American Pale Ale da série experimental ULab dos caras que recebe adição de trigo e aveia e utilização dos lúpulos (made in USA) Citra e Mosaic. De coloração amarela turva levemente juicy com um creme branco de boa formação e média alta retenção, a Urbana ULab #Prafrentex exibe um aroma cítrico puxado para o azedinho (de casca tanto de limão quanto de laranja), o que mostra “dedo” da levedura, também bastante presente. Na boca, a mesma sensação no primeiro toque de cítrico com azedinho (de casca de fruta) e levedura acrescentando picância, que aumenta suavemente conforme a cerveja vai se aconchegando. A textura valoriza essa picância e esse azedinho que se espalha sobre a língua. Dai pra frente, um conjunto bem agradável, cítrico, azedinho, picante e condimentado. No final, condimentação cítrica. No retrogosto, levedura, condimentação, amargor suave, cítrico e azedinho. Boa!

A segunda Urbana é uma Imperial German Pilsner colaborativa com a Cervejaria 2Cabeças que leva o singelo nome de Mais Uma Larger Normalzinha. De coloração dourada com creme branco de boa formação e média retenção, a Mais Uma Larger Normalzinha exibe um aroma com lupulagem assertiva valorizando as notas cítricas (melão, abacaxi e grapefruit) e um leve herbal sobre uma base suave de malte sugerindo biscoito e grama. Na boca, bastante cítrico e uma pitadinha de amargor já no primeiro toque, que aumenta consideravelmente em seguida honrando os 64 IBUs listados na lata. A textura é cremosa com leve picância, e, dai pra frente, surge um conjunto que impressionantemente remete ao de uma Session IPA, ainda que tenha 8.2% de álcool (ou seja, cuidado com drinkability desta mocinha). O final é picante e amargor. No retrogosto, cítrico saboroso, álcool distante e um traço de amargor. Bem boa!

Fechando o trio da Urbana com a ULab Passado Negro, uma Imperial Smoked Porter de 50 IBUs e 10.8% de álcool. De coloração marrom bastante escura, quase preta, e creme bege de boa formação e baixa retenção, a Urbana Passado Negro apresenta um aroma com notas defumadas suaves em destaque acompanhada por leve sugestão de torra, madeira e alcaçuz. Na boca, doçura achocolata rápida seguida de defumado suave, os dois juntos num microssegundo do primeiro toque na língua. Na sequencia, alcaçuz, licor de chocolate amargo e mais torra e defumação. A textura é bastante sedosa, a caminho do licoroso (defumado). Dai para frente, uma belíssima Smoked com torra, defumação e fumaça presentes, mas de uma maneira agradável, sem intimidar o bebedor (e o drinkability). O final é aconchegante, com doçura achocolatada e álcool formando um licor maravilhoso. No retrogosto, alcaçuz, mais chocolate, defumado suave e amor. Sensa!

Balanço
A primeira das Urbanas, a #Prafrentex, é uma delicinha com lúpulo e levedura em destaques, bem cítrica, bem condimentada, azedinha. Já a Urbana Mais Uma Larger Normalizinha, colab com a 2Cabeças, é uma Imperial Pilsner bem saborosa e impressionantemente leve, ou que sugere leveza. Cuidado ao acreditar nisso (hehe). A mais interessante dessa série, porém, foi a Passado Negro, uma Imperial Smoked Porter de responsa!

Urbana #Prafrentex
– Estilo: American Pale Ale
– Nacionalidade: Brasil
– Graduação alcoólica: 5.4%
– Nota: 3,51/5

Urbana Mais Uma Larger Normalizinha
– Estilo: Imperial Pilsner
– Nacionalidade: Brasil
– Graduação alcoólica: 8.2%
– Nota: 3,50/5

Urbana Passado Negro
– Estilo: Imperial Smoked Porter
– Nacionalidade: Brasil
– Graduação alcoólica: 10.8%
– Nota: 4,06/5

Leia também
– Top 2001 Cervejas, por Marcelo Costa (aqui)
– Leia sobre outras cervejas (aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.