TOP SEVEN 2016 SCREAM YELL

2016 foi um ano bastante tenso socialmente, politicamente, economicamente, conceitualmente e culturalmente. Então não estranha o fato de que o Top 7 de Melhores de Discos Internacionais deste ano seja inspirado em… mortes. Seja a morte do próprio artista (David Bowie e Leonard Cohen), seja a morte de um filho (Nick Cave), seja a morte de um casamento (Radiohead)…

Do lado de cá, 2016 viu Céu reinar absoluta e arrebatar o posto de Melhor Disco Nacional (com larga vantagem) pela terceira vez na votação do site (já vale coloca-la como hors-concours?). Porém, o ano se mostrou bastante equilibrado e olhando com atenção a lista de Melhores Discos Brasileiros é de se bater no peito e dizer: estamos vivendo uma das melhores fases da música brasileira.

Porém, a “barbada” desta edição do Top 7 Scream & Yell não estava na área de música, mas sim de cinema! Dos 101 convidados a votar este ano, 54 votaram no mesmo filme nacional, consagrando a segunda obra de Kleber Mendonça Filho na votação (em 2013, “O Som ao Redor” venceu com 49 votos).

No campo das curiosidades, Elena Ferrante recebeu 10 votos em livros divididos em quatro obras, e acabou ficando de fora do Top 7. Kanye West também viu votos dispersarem em vários clipes, mas o que chamou realmente a atenção deste editor foi o fato de diversos colaboradores pedirem a volta da categoria “Melhor Música” – alguns, inclusive, fizeram suas listinhas de música, mantidas no voto (assim como a lista de melhores games de um votante).

David Bowie venceu na categoria Melhor Clipe em 2015. Adivinha quem venceu (novamente) em 2016? Hehe. O Netflix repetiu a força de 2015 com quatro produções entre as sete mais votadas do ano (mas a HBO deu uma dificultadinha). No geral, como sempre, a lista completa (de 101 votantes com todos os votos abertos) amplia o universo cultural do ano que passou de uma maneira inimaginável, e os votos pessoais estão recheados de pérolas esperando para serem descobertas (ou não, mas corra o risco).

Para finalizar, a mesma ladainha anual. Juntando 101 votos de uns aqui e outros acolá apontamos os 7 Melhores de 2016 em diversas categorias. Por que 7? Curtimos essa coisa meio cabalística do número, mas também gostamos de posar de diferentes. No mais, assim como de praxe, optamos por manter os votos de músicos que votaram na própria banda, mas eles não foram computados. Os vencedores estão ai embaixo, divirta-se.

Marcelo Costa
Editor Scream & Yell – Ano 17

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *