Boteco: Três cervejas da Base Camp Brewing

por Marcelo Costa

De Portland, no Oregon, surge a Base Camp Brewing, fundada em 2010, que chama atenção não apenas por suas boas cervejas, mas também por suas latas características. A primeira do trio é uma Sweet Stout que é um dos sucessos da casa e leva o nome de um doce tradicional consumido por praticantes de esportes, que consiste de assar o marshmallow na fogueira e coloca-lo entre biscoitos integrais, tal qual um sanduiche, com chocolate: S’More Stout. De coloração marrom bastante escura com creme bege escuro de boa formação e retenção, a Base Camp S’More Stout apresenta um aroma forte com notas que remetem a chocolate, café e, levemente, fumaça. Na boca, a textura é cremosa. O primeiro toque traz doçura rápida que logo na sequencia se transforma em chocolate amargo e café. O amargor (não parece 70 IBUs) é limpo e longo, e, dai pra frente, surge um conjunto bastante agradável, que desce macio. O final é levemente frutado. No retrogosto, ameixa, uva passa, café e chocolate amargo. Boa!

A releitura do estilo belga Saison por parte da Base Camp Brewing reúne utilização do lúpulo local Willamette Valley no dry-hopping com direito a adição de pimenta da Guiné na receita. O resultado atende pelo nome de Pilgrimage Saison e exibe uma coloração âmbar alaranjada e creme levemente bege clarinho de boa formação e média retenção. No nariz, doçura de mel e caramelo em destaque em meio a percepção de fermento e especiarias (pimenta inclusa assim como canela levemente). Ainda é possível perceber discreta presença de banana. Na boca, a textura é áspera e levemente picante. O primeiro toque traz doçura leve envolvida no segundo seguinte pela aridez da levedura que sugere ervas e condimentação. O amargor á baixo, mas a aridez da levedura pode confundir o bebedor num conjunto provocante, mas sem muito foco. No final, leve vinho branco e quase nada de pimenta. No retrogosto, sotaque campestre, vinho branco e levedura. Esperava mais.

Fechando o trio da Base Camp com a In-Tents, uma India Pale Lager que recebe dry-hopping de quatro lúpulos (Centennial, Mt. Hood, Zythos e Glacier) além de chips de carvalho branco e vermelho na maturação alcançando 6.8% de álcool e 55 IBUs. De coloração âmbar caramelo com creme bege clarinho de boa formação e média alta retenção, a Base Camp In-Tents exibe um aroma interessante com notas herbais levemente em destaque (pinho) acompanhada de cítrico, madeira e caramelo. Na boca, textura é cremosa e picante. O primeiro toque traz uma rápida doçura de caramelo atropelada por forte presença herbal (pinho) e amargor potente (55 IBUs precisos) que se arrasta em um conjunto agradável. O final é amarguinho e cítrico (toranja). No retrogosto, mais toranja, pinho e leve caramelo. Boa!

Balanço
A primeira da Base Camp a passar por aqui é a S’More Stout, uma Sweet Stout agradabilíssima. Já a Pilgrimage Saison ficou devendo num conjunto que soa confuso e parece não conseguir criar camadas para o bebedor. Esperava mais. A Base Camp In-Tents é uma IPL que se baliza bem entre o amargor dos lúpulos (cítrico e herbal) e a doçura do caramelo. Nada sensacional, mas bem agradável.

Base Camp S’More Stout
– Produto: Sweet Stout
– Nacionalidade: Estados Unidos
– Graduação alcoólica: 7.7%
– Nota: 3,36/5

Base Camp Pilgrimage Saison
– Produto: Triple India Pale Ale
– Nacionalidade: Estados Unidos
– Graduação alcoólica: 7.1%
– Nota: 3,04/5

Base Camp In-Tents
– Produto: India Pale Lager
– Nacionalidade: Estados Unidos
– Graduação alcoólica: 6.8%
– Nota: 3,34/5

Leia também
– Top 1001 Cervejas, por Marcelo Costa (aqui)
– Leia sobre outras cervejas (aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.