Boteco: da França, Brasserie de Saint-Sylvestre

por Marcelo Costa

De Saint-Sylvestre-Cappel, cidade francesa com menos de 1500 habitantes na fronteira com a Bélgica, surge a Brasserie de Saint-Sylvestre, uma cervejaria cuja história remonta ao século 17 – embora os trabalhos tenham sido interrompidos e retomados diversas vezes. Carro chefe da casa, a 3 Monts é uma Biere de Garde que homenageia os três montes que cercam a cidade: Monte Noir, na Bélgica, e Monte Cassel e Monte des Cats, na França). De coloração dourada com creme branco de ótima formação e longa retenção, a 3 Monts exibe um aroma suave com sugestão de pão, mel, banana, casca de laranja, floral e percepção de acidez. Na boca, textura quase licorosa. O primeiro toque traz mel, cítrico e acidez suave seguida de picância de álcool (8.5%), que cumpre a função do amargor. Dai pra frente, uma cerveja aconchegante, saborosa e equilibrada, com doçura agradável, acidez moderada e leve percepção de álcool. O final é maltadinho. No retrogosto, leve adstringência, mel, álcool suave e alegria. Bela.

A Gavroche é outra Biere de Garde (essa com malte tostado) que, por sua vez, homenageia o personagem do romance “Os Miseraveis”, de Victor Hugo. De coloração âmbar caramelada com creme bege espesso de ótima formação e longa permanência, a Gavroche apresenta, no aroma, notas doces suaves (caramelo e toffee) e leve condimentação além de madeira distante e absolutamente nenhuma percepção dos 8.5% de álcool (mas calma). Na boca, a textura é cremosa, quase licorosa, com mais picância do que na 3 Monts (o álcool mostra sua cara). O primeiro toque oferece doçura caramelada e toffee, que são atropelas pelo álcool, sem agressividade, mas perceptível. O amargor, novamente, é alcoólico, e, dai pra frente, surge um conjunto caramelado agradável, com leve condimentação e, claro, presença de álcool. O final traz toffee e álcool suave. No retrogosto, leve adstringência, mais toffee e felicidade.

A Bière Nouvelle é uma Biere de Garde Blond sazonal, produzida apenas no inverno com malte tostado e lúpulo fresco, da última colheita. De coloração âmbar clara quase translucida com creme branco de boa formação e permanência, a Bière Nouvelle destaca no aroma as notas adocicadas derivadas da malteação (caramelo e mel) com leve percepção de cereais e uma interessante presença cítrica remetendo a maçã e pera além de discreto herbal (grama). Na boca, a textura é quase cremosa e um tiquinho frisante (remetendo a cidra). O primeiro toque traz doçura caramelada, mas, logo na sequencia, o frutado cítrico se aconchega reforçando a aproximação com cidra (maçã e pera bem presentes). O amargor é eficiente e abre as portas para um conjunto delicado com caramelo e frutado cítrico proporcionando ótima experiência. No final, leve amargor seco e cítrico. No retrogosto, caramelo e maçã. Gostei.

Fechando o quarteto da Brasserie de Saint-Sylvestre com a versão Grande Réserve da 3 Monts, cuja diferença da versão tradicional é o acréscimo de uma nova levedura descoberta pela casa, que divide a função com a levedura usada na 3 Monts original. De coloração âmbar translucida caramelada com creme branco espesso de excelente formação e permanência, a 3 Monts Grande Réserve exibe um aroma interessante com caramelo, cereais, frutas secas, álcool (são 9.5%) mais floral, herbal e cítrico bem suaves. Na boca, a textura é sedosa e picante (álcool). O primeiro toque traz, praticamente juntos, frutado cítrico, álcool e caramelo para, logo adiante, lembrar bastante cidra. Não há amargor, mas sim uma picada alcoólica para, depois, a doçura caramelada se envolver com notas que remetem a frutas cristalizadas e cítrico finalizando de maneira seca. No retrogosto, caramelo, vinho branco, pêssego, frutas cristalizadas, uma festa.

Balanço
Partindo para a França, mais propriamente para a terra da Biere de Garde, quase na fronteira com a Bélgica, com quatro cervejas da Brasserie de Saint-Sylvestre. A primeira é a 3 Monts, delicada e agradável na medida certa, com álcool elevado muito bem escondido e muito equilíbrio no conjunto. A Gavroche mantém o padrão (de álcool e de qualidade) com um conjunto um tiquinho mais agradável, mas quem realmente surpreende é a Bière Nouvelle, que consegue acrescentar algo de cidra no conjunto fresco e delicioso. Fechando o quarteto com a 3 Monts Grande Réserve, uma cerveja caramelamente frutada, com sugestões de frutas cristalizadas, muito álcool e doçura – aliás, passando um pouco do ponto no quesito doçura.

Saint-Sylvestre 3 Monts
– Estilo: Biére de Garde
– Nacionalidade: França
– Graduação alcoólica: 8,5%
– Nota: 3,35/5

Saint-Sylvestre Gavroche
– Estilo: Biére de Garde
– Nacionalidade: França
– Graduação alcoólica: 8,5%
– Nota: 3,39/5

Saint-Sylvestre Bière Nouvelle
– Estilo: Biére de Garde
– Nacionalidade: França
– Graduação alcoólica: 8%
– Nota: 3,46/5

Saint-Sylvestre 3 Monts Reserve
– Estilo: Biére de Garde
– Nacionalidade: França
– Graduação alcoólica: 9,5%
– Nota: 3,40/5

Leia também
– Top 1001 Cervejas, por Marcelo Costa (aqui)
– Leia sobre outras cervejas (aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.