Boteco: Cinco cervejas da Ashby

por Marcelo Costa

Fundada em 1993 em Amparo, interior de São Paulo, a Ashby se apresenta como a primeira microcervejaria brasileira, e atravessou anos oferecendo chopp clássicos em várias cidades interioranas até outubro do ano passado, quando lançou uma linha especial com cinco rótulos, que chegam ao mercado com excelente custo beneficio. A Ashby Nirvana IPA é uma das três India Pale Ale da linha especial e exibe uma cor âmbar caramelada com creme branco de boa formação e permanência. No nariz, notas cítricas (toranja, laranja e lichia) agradáveis seguidas de leve herbal e doçura caramelada suave. Na boca, textura cremosa e levemente picante. O primeiro toque traz cítrico seguido de amargor interessante (55 de IBU eficientes) abrindo as portas para uma American IPA leve e bem saborosa, ideal para iniciantes descobrirem o estilo. O final é amarguinho cítrico. No retrogosto, leve pinho, toranja e amargor. Delicinha.

Outra da linha especial da Ashby lançada em outubro passado, a Wheat Raspberry é uma Fruit Beer que recebe adição de suco concentrado de framboesa e de pêssego. Com coloração entre o acastanhado e o avermelhado com creme bege de média formação e curta permanência, a Ashby Wheat Raspberry apresenta um aroma adocicado de framboesa, que domina a atenção do bebedor – com boa vontade dá para dizer que se percebe levemente pêssego e canela, e olhe lá. Na boca, textura sedosa. O primeiro toque oferece excessiva doçura melada frutada (já bebeu chopp misturado com groselha? Isso). Não há amargor, e, dai pra frente, mais suco de framboesa encobrindo até os impressionantes 6.7% de álcool, que passam despercebido. O final é doce. No retrogosto, framboesa, pêssego distante e melado.

Terceira da sequencia de especiais da Ashby, a Vishnu IPA Red é uma English IPA que exibe coloração âmbar avermelhada com creme bege clarinho de boa formação e permanência. No nariz, a Ashby Vishnu IPA Red apresenta um aroma bastante discreto oferecendo uma suave doçura caramelada acompanhada de frutado (maçã vermelha e lichia) e leve malte tostado. Na boca, a textura é levemente sedosa. O primeiro toque traz doçura caramelada seguida de frutado assertivo e amargor interessante, com os 45 IBUs adiantados pelo rótulo presentes de forma delicada, mas perceptível. Dai pra frente, uma English IPA corretinha que soa mais assertiva que muitas English IPA britânicas com amargor um tiquinho acima do que tradicional das ilhas, o que só melhora o resultado final. O final é maltadinho. No retrogosto, caramelo e frutado.

A quarta da série é a segunda Wheat Beer do conjunto, que a Ashby novamente turbina com suco concentrado (desta vez, laranja) a transformando numa estranha Fruit Beer. De coloração amarela com creme branco de boa formação e média retenção, a Ashby Wheat Orange exibe um aroma de laranja artificial (como esses sucos de laranja de R$ 2 que se encontra em bares) misturado ao trigo. Há, ainda, percepção de levedura. Na boca, a textura é levemente picante. O primeiro toque doçura e sensação de suco de laranja menos artificial do que no aroma. O amargor não existe e, dai, pra frente, a sensação é a mesma da Wheat Raspberry: parece que misturaram cerveja com suco de laranja, mas eles não se casam formando um terceiro sabor, permanecendo estranhamente separados de forma pouco aprazível. O final traz cítrico e trigo. No retrogosto, a mesma coisa. Uma tentativa que não deu certo.

Fechando a série da linha especial da Ashby com a terceira IPA do grupo, Ganesha IPA Âmbar, outra English IPA. De coloração âmbar alaranjada levemente translucida com creme branco de boa formação e permanência, a Ashby Ganesha IPA Âmbar apresenta um aroma suavemente cítrico (tangerina), herbal (pinho), floral e maltado (caramelo), delicadamente simples, mas agradável. Na boca, a textura é levemente frisante e metálica. O primeiro toque traz cítrico suave acompanhado de doçura de caramelo e herbal num conjunto discreto e eficiente. O amargor (40 de IBU) está muito bem inserido no conjunto, refrescando o bebedor com um conjunto perfeito para os dias quentes brasileiros (cítrico, herbal e caramelo na medida). O final é maltadinho e amarguinho. No retrogosto, cítrico, caramelo e herbal beeeeem suaves. Outra da casa que se encaixa bem no custo/benefício.

Balanço
A paulista Ashby Nirvana IPA ganha pontos no custo /beneficio, mas surpreende ainda mais na execução impecável de uma receita simples e eficiente, que se não acrescenta nada ao estilo American IPA, mas refresca, oferece sabor, faz sorrir e não dói no bolso. Boa pedida. Já a Ashby Wheat Raspberry soa a versão engarrafada de um chopp misturada com (muita) groselha. Com boa vontade, funciona bem acompanhando sobremesa. E olhe lá. Voltando ao território das IPAs, mas agora do outro lado do Atlântico, a Ashby Vishnu IPA Red cumpre o que promete indo um pouquinho além do que uma English IPA iria, o que em se tratando do estilo, é ponto positivo. Reprisando o equivoco que é a Ashby Wheat Raspberry, a Ashby Wheat Orange segue pelo mesmo caminho confuso adicionando suco de laranja num conjunto triste e artificial. Terrível. Se eles erram absurdamente nas Fruit Beer, ao menos mantém uma média zelosa nas IPAs, e a Ashby Ganesha IPA é tão boa quanto a Nirvana. A diferença entre elas é que aqui o malte mostra mais a sua cara na receita, criando um perfil bem agradável. Vale a pena experimentar as três IPAs deles.

Ashby Nirvana IPA
– Estilo: American IPA
– Nacionalidade: Brasil
– Graduação alcoólica: 5.5%
– Nota: 3,02/5

Ashby Wheat Raspberry
– Estilo: Fruit Beer
– Nacionalidade: Brasil
– Graduação alcoólica: 6,7%
– Nota: 2,41/5

Ashby Vishnu IPA Red
– Estilo: English IPA
– Nacionalidade: Brasil
– Graduação alcoólica: 5,8%
– Nota: 2,98/5

Ashby Wheat Orange
– Estilo: Fruit Beer
– Nacionalidade: Brasil
– Graduação alcoólica: 6,7%
– Nota: 2,41/5

Ashby Ganesha IPA Âmbar
– Estilo: English IPA
– Nacionalidade: Brasil
– Graduação alcoólica: 5,4%
– Nota: 3,02/5

Leia também
– Top 1001 Cervejas, por Marcelo Costa (aqui)
– Leia sobre outras cervejas (aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.