Boteco: Três cervejas da Providência, de Cascavel

por Marcelo Costa

De Cascavel, no Paraná, a jovem Cervejaria Providência surge com a JararAPA, uma English Pale Ale (apesar do nome sugerir uma APA) com 5.2% de álcool e 38 de IBU que exibe uma âmbar caramelada com creme levemente alaranjado de boa formação e média permanência. No nariz, um aroma não muito profundo adianta ao bebedor notas frutadas (um tiquinho cítrico), herbal e caramelo bastante suaves. Na boca, textura cremosa com primeiro toque, cítrico, arrastando as asas para a América. O amargor, eficiente, ainda que não agressivo, é outro a anotar pontos para os EUA. Dai pra frente, um conjunto agradável, mais herbal e cítrico dos que os britânicos costumam produzir (e, ainda assim, não tão norte-americanos – ou seja, uma cerveja que fica no meio do oceano). O final é maltadinho enquanto o retrogosto é levemente herbal e cítrico.

A Providência CascaHell é uma Extra Special Bitter de coloração acobreada e turbidez presente (aparentemente não filtrada) com creme levemente bege de ótima formação e média alta permanência. No nariz, predomínio de malte tostado, uma deliciosa obrigatoriedade do estilo, que se desprende em notas de doçura caramelada e leve sugestão de frutas escuras (nozes) e toffee. Há, ainda, leve herbal. Na boca, a textura é suave com primeiro toque reforçando a sugestão de doçura maltada seguida de delicioso frutado. O amargor é baixo (33 de IBU), mas eficiente, e abre as portas para um conjunto agradável que une doçura maltada (caramelo), frutado (nozes), herbal leve e toffee. O final é caramelado e levemente amargo. No retrogosto, mais caramelo e frutas. Uma delícia.

Fechando o trio britânico da casa com a SucurIPA, India Pale Ale com 58 de IBUs muito bem distribuídos no conjunto, que não escorrega para o lado norte-americano da força. Na taça, uma cerveja de coloração acobreada e turbidez aparente. O creme é levemente alaranjado, de boa formação e média alta permanência. No nariz, o tradicional caramelo derivado do malte disputa espaço com agradáveis notas florais, herbais e levemente cítricas, num conjunto que ainda traz toffee e biscoito. Na boca, textura suave com leve picância. O primeiro toque traz algo de herbal seguido de doçura caramelada e cítrico. O amargor (58 de IBU), eficiente, está na medida certa para uma English IPA. Dai pra frente, leve cítrico, herbal e floral em meio a doçura maltada e toffee. O final é amarguinho e o retrogosto, herbal, cítrico e toffee. Bem boa.

Balanço
Da linha inglesa da casa, a Providência JararAPA (ótimo nome, vai) é muito suave para ser uma American Pale Ale e muito arisca pra ser uma English Pale Ale. No meio do oceano, porém, é uma cerveja agradável, simples e eficiente. A Providência CascaHell é uma Extra Special Bitter melhor resolvida, valorizando bastante o malte. Melhor das três, a Providência SucurIPA consegue manter o padrão britânico do conjunto e não ceder ao lado amargor da força (norte-americana). Bem agradável.

Providência JararAPA
– Estilo: English Pale Ale
– Nacionalidade: Brasil
– Graduação alcoólica: 5,2%
– Nota: 2,81/5

Providência CascaHell
– Estilo: Extra Special Bitter
– Nacionalidade: Brasil
– Graduação alcoólica: 5,8%
– Nota: 2,97/5

Providência SucurIPA
– Estilo: English IPA
– Nacionalidade: Brasil
– Graduação alcoólica: 6,8%
– Nota: 3,19/5

Leia também
– Top 1001 Cervejas, por Marcelo Costa (aqui)
– Leia sobre outras cervejas (aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.