Boteco: Boulevard, Belgoo e To ØL

por Marcelo Costa

De Kansas City, no Missouri norte-americano, surge a Single-Wide IPA da Boulevard Brewing Company, cervejaria fundada em 1989 que em 2013 foi comprada pelo grupo Duvel Moortgat. Na receita, cinco maltes (Pale, Amber 50, Wheat, Munich e Cara 50) e seis lúpulos (Zeus, Bravo, Cascade, Centennial, Simcoe, Citra) alcançando 57 de IBU para 5.7% de álcool. De cor acobreada com creme levemente alaranjado de ótima formação e média alta permanência, a Boulevard Single-Wide IPA apresenta um aroma notadamente cítrico (abacaxi, acerola, limão, grapefruit) com suave percepção herbal (grama, pinho) e de doçura maltada. Na boca, textura cremosa. O primeiro toque traz doçura frutada apaixonante. O amargor é potente, mas nada agressivo, abrindo as portas para um conjunto deliciosamente equilibrado entre cítrico, herbal e maltado. O final é seco, cítrico e herbal, sugestões que também aparecem no retrogosto de uma IPA caprichada.

De Binche, uma cidade de pouco mais de 30 mil habitantes na Valônia belga, vem a Belgoo Luppoo, uma Belgian Ale da Brasserie La Binchoise com “extra dryhopped”, segundo o rótulo, combinação de quatro lúpulos: Hallertau Hersbrucker, East Kent Golding, Northern Brewwer e Cascade. De coloração amarela com turbidez aparente e creme branco de ótima formação e média alta permanência, a Belgoo Luppoo apresenta um aroma bastante frutado, ainda que não tão cítrico, sugerindo abacaxi, laranja, grapefruit, limão e banana. Há suave toque herbal (grama, feno e ervas), doçura aconchegante (caramelo e mel) e sútil presença de especiarias, provavelmente derivada da levedura belga, que faz a diferença no conjunto. Na boca, textura picante. O primeiro toque traz acidez seguida de frutado apaixonante (assim como no aroma, suavemente cítrico). O amargor é eficiente e o perfil que se abre na sequencia é composto de maravilhoso frutado, doçura na metida, acidez de levedura e leve herbal. O final traz fazenda enquanto o retrogosto junta frutado cítrico, feno, acidez e doçura melada. Que delícia!

De Copenhague, na Dinamarca, minha primeira cerveja dos ciganos da To ØL, que, tal como a compatriota Mikkeller, produz boa parte de suas receitas na fábrica da De Proefbrouwerij, na Bélgica. Essa Yeastus Christus é denominada pela casa como uma Farmhouse IPA utilizando os lúpulos Tettnanger e Simcoe e levedura Brettanomyces. De coloração acobreada com creme levemente alaranjado de ótima formação e média alta permanência, a To ØL Yeastus Christus apresenta um aroma com notas frutadas em destaque (grapefruit, maracujá, abacaxi e laranja) acompanhadas de doçura (caramelo e mel) mais condimentação derivada da levedura. Na boca, textura picante, ainda que menos do que o esperado. No primeiro toque, doçura frutada seguida de acidez suave e doçura melada. O amargor é impulsionado pela acidez da levedura, que abre o caminho para um conjunto rústico que junta mel com caramelo, grapefruit, resina, pimenta e maracujá. O final é levemente resinoso. No retrogosto, mel, resina e grapefruit. Interessante.

Balanço
Uma boa surpresa: Boulevard Single-Wide IPA. Bastante equilíbrio, nada da escola de exageros made in USA. Uma belíssima Session. Já a Belgoo Luppoo é quase uma Saison (aliás, sem ser Saison é mais Saison que muitas Saisons nacionais) com sua aridez derivada da levedura, sua proximidade com o campo e a paleta maravilhosa de aromas e sabores derivados dos lúpulos. Um encanto. Já a To ØL Yeastus Christus era a que eu mais tinha expectativas do trio, e foi a que menos me impressionou, ainda que ela honre a escola Farmhouse Ale, com rusticidade elegante. Eu só esperava mais…

Boulevard Single-Wide IPA
– Estilo: Session IPA
– Nacionalidade: EUA
– Graduação alcoólica: 5,7%
– Nota: 3,46/5
Preço pago em São Paulo: R$ 14 – 355 ml

Belgoo Luppoo
– Estilo: Belgian Ale
– Nacionalidade: Bélgica
– Graduação alcoólica: 6,5%
– Nota: 3,61/5
Preço pago em São Paulo: R$ 10 – 355 ml

To ØL Yeastus Christus
– Estilo: Farmhouse Ale
– Nacionalidade: Holanda
– Graduação alcoólica: 7,4%
– Nota: 3,41/5
Preço pago em São Paulo: R$ 23 – 330 ml

Leia também
– Top 1001 Cervejas, por Marcelo Costa (aqui)
– Leia sobre outras cervejas (aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *