Original vs Versão: Shakin’ All Over

por Marcelo Costa

Hino de Johnny Kidd & The Pirates, “Shakin’ All Over” foi gravada em Abbey Road no dia 13 de maio de 1960, e escalou as paradas britânicas até alcançar a primeira posição no mês de agosto do mesmo ano. Grande sucesso nas Ilhas Britânicas, a versão original de Johnny Kidd & The Pirates não teve a mesma repercussão em outras praças, mas o Guess Who regravou a música em 1965 e ela bateu no número 1 da parada canadense e no número 21 da parada norte-americana. Mostrando a força da canção, o The Who a incluiu em seu bombástico set list ao vivo, e a canção é conhecida nas gravações históricas dos shows de Woodstock (1969), “Live at Leeds” e “Live at Isle of Wight” (ambos de 1970). Van Morrison, Suzi Quatro, The Smithereens, Iggy Pop, Agent Orange e Beach Boys são alguns dos nomes que regravaram a canção que, recentemente, ganhou uma versão poderosa por Wanda Jackson no álbum produzido por Jack White (“The Party Ain’t Over”, 2011). Alguns anos antes, em 2000, Fred Zero Quatro verteria o hit de Johnny Kidd & The Pirates para o português registrando a gravação como “Treme Treme” no grande álbum “Por Pouco”, do Mundo Livre S/A. Ouça.

4 thoughts on “Original vs Versão: Shakin’ All Over

  1. A ideia não é listar todas, Cleber, mas a original, a versão nacional e, de repente, algumas outras favoritas. Dessa lista toda, a do Iggy fica atrás (mas a do Agent Orange mereceria entrar).

  2. O vocal do Roger Daltrey talvez seja o melhor, por utilizar uma entonação diferente no refrão. Mas a versão do Who peca por não trazer o riff pontuando o meio do verso, apenas na entrada 🙁

Deixe uma resposta para cleber machado Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.