Boteco: Três cervejas da Rogue (Parte 4)

rogue_kolsh.jpg

por Marcelo Costa

Minha décima quinta Rogue integra o projeto Farms com malte (Dare, DextraPils, Aciduated e Risk), lúpulo (Alluvial), trigo, água e mel (Hopyard e Wild Flower produzidos por 119 colônias de abelhas) derivados da fazenda da cervejaria. Inspirada no estilo cervejeiro de Colônia, na Alemanha, a Rogue Farms Honey Kolsch apresenta uma bonita coloração amarela com leve turbidez, creme branco de ótima formação e média alta permanência. No nariz, um aroma cativante: pão, mel, biscoito, cereais, com bastante suavidade. Há, ainda, leve sugestão de doçura frutada (geleia de maçã) e herbal. Na boca, a textura é suave. O primeiro toque vai um pouco mais longe do que o aroma adianta, com doçura de mel e cereais mais reforço da impressão de geleia de maçã. O amargor é baixo e eficiente. Dai pra frente, refrescancia e sabor em notas que reforçam o aroma (cereais, mel, pão, biscoito, maçã). O final é seco. No retrogosto, cereais, mel e maçã. Gostosa.

rogue_chipotle.jpg

Outro exemplar do projeto Rogue Farms, a Chipotle Ale é uma Amber cuja receita une quatro maltes (2-Row, C40 Malts mais os da casa Dare e Risk), dois lúpulos próprios (Liberty e Alluvial) mais água, levedera e pimenta Chipotle. De coloração âmbar com leve turbidez e creme bege de boa formação e média alta permanência, a Rogue Farms Chipotle Ale apresenta um aroma que se divide entre doçura caramelada e condimentação, esta última trazendo páprica, canela e, claro, pimenta. Há, ainda, um leve e agradável defumado. Na boca, a textura é levemente picante, já adiantando o que o primeiro toque irá confirmar: caramelo na base e pimenta se sobrepondo e auxiliando a potencia do amargor. Dai em diante, uma cerveja agradável que se divide em doçura (caramelo) e picancia (chipotle) sem que uma interfira excessivamente na outra. O final é apimentado (suave), sugestão que segue até o retrogosto, suave. Bem boa.

rogue_25.jpg

Fechando o trio, uma edição especial da Rogue em homenagem aos 25 anos da cervejaria: Rogue Integrity Ale, a receita da Blond Ale feita pela Rogue em 1988, só que com ingredientes da própria fazenda da cervejaria. A receita traz três maltes (Munich e os dois caseiros: Dare e Risk) e dois lúpulos (Willamette e Rogue Farms Rebel Hop) mais água e levedura. De coloração âmbar turva e creme bege de boa formação e longa retenção, a Rogue Integrity Ale exibe um aroma com predominância do malte (biscoito e caramelo) e leve aceno frutado cítrico (maçã, mamão e pêssego). Há leve sugestão de mel (mais do que na Honey Kolsch). Na boca, textura sedosa e levemente pícante (bem provavelmente pelos 7.2% de álcool). No primeiro toque, doçura caramelada. O amargor poderia ser mais efusivo (29 de IBU) e, dai em diante, melado de caramelo, cereais, trigo, biscoito e leve frutado. O final é melado com leve traço de álcool. No retrogosto, caramelo, leve cítrico e mel. Boa.

rogue1.jpg

Balanço
Abrindo o quarto passeio pelas cervejas da Rogue com a Honey Kolsch, uma cerveja delicada e refrescante, com drinkability alto, mas sem perda de sabor. Está tudo aqui, muito bem resolvido. A Rogue Farms Chipotle Ale consegue equilibrar bem as qualidades dos maltes acrescentando o apimentado da Chipotle e um leve defumado, que constroem um conjunto agradável e, impressionantemente, não agressivo. Se o seu negócio é sentir a pimenta, as Júpiter Habanero Dubbel e Chipotle Porter são uma pedida mais adequada, com a Coruja Labareda acompanhando. A Rogue Farms Chipotle Ale pode ser uma boa introdução para quem quer descobrir como é uma cerveja com pimenta. Fechando o trio, a Rogue Integrity Ale parece sofrer com a guarda: produzida para comemorar os 25 anos da cervejaria, em 2013, bebida em 2015 ela soa mais uma American Pale Ale do que uma Blond belga. Ainda é bem boa, mas essa é daquelas que bebida logo quando saiu poderia proporcionar uma experiência melhor. Em 2015 ela remete a uma versão mais melada (e inferior) da ótima Imperial Pilsener da casa, Rogue Morimoto.

Rogue Honey Kolsch
– Produto: Kolsch
– Nacionalidade: EUA
– Graduação alcoólica: 5%
– Nota: 3,31/5
– Preço pago: R$ 25 – 750 ml

Rogue Farms Chipotle Ale
– Produto: Amber Ale
– Nacionalidade: EUA
– Graduação alcoólica: 5,4%
– Nota: 3,31/5
– Preço pago: R$ 25 – 750 ml

Rogue Integrity Ale
– Produto: Blond Ale
– Nacionalidade: EUA
– Graduação alcoólica: 7,2%
– Nota: 3,30/5
– Preço pago: R$ 25 – 750 ml

rogue_kolsh2.jpg

Leia também
– Top 1001 Cervejas, por Marcelo Costa (aqui)
– Leia sobre outras cervejas (aqui)
– Sobre todas as cervejas da Rogue postadas aqui (aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.