Coluna: O rock, o Brasil e a naftalina

por Marcelo Costa

Na semana passada, o Spotify Brasil liberou três listas Top 10 com as músicas mais tocadas no serviço de música digital via streaming, e não deixa de ser desolador conferir o atraso musical do público brasileiro, fruto tanto do descaso e da impotência das grandes gravadoras no país quanto da programação das rádios movidas a jabá e da inexistente curadoria dos grandes festivais do país, que, na aposta do mais do mesmo, não renova o público.

Entre as 10 músicas mais ouvidas na categoria Rock Alternativo, nenhuma música de 2015 e uma única música do ano passado: “Something From Nothing”, do Foo Fighters. Fora isso, só velharia: a música mais “nova” do set é de 2006, “Snow (Hey Oh)”, do Red Hot Chili Peppers, e a lista segue com números do System Of A Down, 3 Doors Down, The White Stripes e Nirvana, que lidera a lista de músicas ouvidas com uma canção de 24 anos atrás. Mais: a banda mais nova no Top Ten de Rock Alternativo é o White Stripes, que surgiu 18 anos atrás e já acabou.

A lista de Indie Rock é mais atual, ainda que ignore qualquer canção lançada em 2014 e 2015. Ainda assim, são três músicas de 2013, uma de 2011 e duas de 2010. Com o ano já em abril seria possível esperar que algum dos lançamentos do ano figurasse entre as canções mais ouvidas, mas o cheiro de naftalina contamina o ambiente mostrando que o público brasileiro que usa o serviço não está interessado em novidades – ou, muito pior, nem está sabendo que as novidades estão chegando ao mercado.

Pior situação vive a turma do Metal, já que as músicas mais novas da lista são de 23 anos atrás ignorando qualquer coisa nova que tenha surgido nesta década. As bandas mais “novas” da lista já somam 34 anos de serviços prestados ao rock: Metallica e Pantera (sendo que a última já pendurou as chuteiras faz tempo). O que acontece? Será que a grande massa está condenada a ouvir eternamente as mesmas canções? O que músicas feitas 10, 20, 30 ou 40 anos atrás tem a dizer sobre o tempo que você vive agora?

Não que seja errado ouvir música velha, muito pelo contrário, mas seria interessante tentar entender porque, em se tratando de música, o “velho” se sobrepõe ao novo no Brasil. O modo de lidar com a música mudou com a popularização da internet e a ampliação da troca de MP3, mas só isso explica o cânion que separa o grande público brasileiro dos artistas que estão lançando novos discos? Quem irá tocar ser headliner de festivais de metal no país quando Ozzy, Metallica, Kiss e Iron Maiden se aposentarem?

O tema é vasto e mostra o quanto a música no Brasil, em geral, e o rock, em particular, virou algo datado, do século passado, tão perigoso quanto tropeçar com as muletas e espatifar a cara no chão. Há muita coisa boa acontecendo no cenário mundial tanto quanto no underground nacional, mas parece que as coisas só vão mudar quando sangue novo tomar as rédeas do negócio. Enquanto tiozinhos tiveram à frente da máquina, o público continuará ouvindo canções do passado, esquecendo-se de viver o aqui e agora.

Será que demora muito para esse jogo virar? Ps. Pra fechar o post, uma grande música de 2015.

TOP 10 Rock Alternativo
01. Nirvana – Smells Like Teen Spirit (1991)
02. Red Hot Chili Peppers – Scar Tissue (1999)
03. Foo Fighters – Something From Nothing (2014)
04. Red Hot Chili Peppers – Californication (1999)
05. Red Hot Chili Peppers – Snow (Hey Oh) (2006)
06. The White Stripes – Seven Nation Army (2003)
07. 3 Doors Down – Here Without You (2003)
08. Foo Fighters – Best Of You (2005)
09. System Of A Down – Chop Suey! (2001)
10. System Of A Down – Toxicity (2001)

TOP 10 Indie Rock
01. Arctic Monkeys – Do I Wanna Know? (2013)
02. Foster The People – Pumped up Kids (2010)
03. The Killers – Mr. Brightside (2004)
04. Arctic Monkeys – Why’d You Only Call Me When You’re High? (2013)
05. Phoenix – Lisztomania (2008)
06. The Black Keys – Lonely Boy (2011)
07. Arctic Monkeys – Arabella (2013)
08. The White Stripes – Seven Nation Army (2003)
09. Two Door Cinema Club – What You Know (2010)
10. MGMT – Kids (2007)

TOP 10 Metal
1. Metallica – Enter Sandman (1991)
2. Black Sabbath – Paranoid (1970)
3. Motorhead – Ace Of Spades (1980)
4. Black Sabbath – Iron Man (1970)
5. Iron Maiden – Fear Of The Dark (1992)
6. Metallica – Master Of Puppets (1986)
7. Scorpions – Wind Of Change (1990)
8. Pantera – Walk (1992)
9. Iron Maiden – The Trooper (1983)
10. Europe – The Final Countdown (1986)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.