Boteco: dos EUA, três cervejas da Aviator Brewing

aviator11.jpg

por Marcelo Costa

A Aviator Brewing Company iniciou suas atividades em 2008 num hangar do aeroporto Triple W Air Park, em Fuquay Varina, uma cidade de pouco mais de 13 mil habitantes na Carolina do Norte. O sucesso das primeiras receitas fez com que a produção da pequena cervejaria aumentasse, e eles precisassem mudar para um lugar maior, alugando um prédio há quatro quilômetros do aeroporto. Hoje, a Aviator mantém em cardápio cerca de 20 cervejas, entre regulares e sazonais, além de um Tap House montado em um antigo depósito de trens no centro de Fuquay Varina datado de 1903. Abaixo, três das cinco cervejas da Aviator que estão chegando ao Brasil (além delas é possível encontrar a Hogwild India Pale e a Red Wide Open).

aviator2.jpg

Abrindo o trio com a Aviator Mad Beach, uma American Wheat cuja receita traz metade cevada (2 Row Pale Ale) e metade trigo, lúpulos europeus (Hallertau e Saaz) e adição de casca de laranja. De coloração entre o amarelo e o dourado com creme branco de boa formação e permanência, a Aviator Mad Beach apresenta um aroma com boa presença de doçura maltada (caramelo), cítrico destacável (laranja) mais trigo, feno e suave condimentação. Na boca, textura picante e doçura rápida e caramelada no primeiro toque. O amargor é pontual e abre o caminho para um conjunto que tenta equilibrar caramelo, trigo e laranja – mas o primeiro sem destaca, com leve acompanhamento secundário do segundo. O final une doçura caramelada e leve cítrico enquanto o retrogosto traz algo de trigo, condimentação e doçura.

aviator3.jpg

A Saison de Aviator é uma tentativa da turma da Carolina do Norte de fazer uma cerveja belga. Na receita, maltes Pilsner e Mid-Kilned, mais coentro, casca de laranja e levedura trapista (o que é pouco usual no estilo). De coloração âmbar caramelada com turbidez aparente e creme levemente alaranjado de boa formação e média duração, a Saison de Aviator apresenta um aroma interessante, mas pouco Saison: há doçura caramelada (mais intensa do que o normal), percepção de laranja (não cítrica, mas mofada) e presença de condimentação. Na boca, textura frisante e primeiro toque unindo doçura caramelada e frutado de laranja levemente cítrico. Há pouca percepção de condimentação e de acético, vitais para o estilo. O final é doce e frutado. No retrogosto, leve picante, caramelo e laranja mofada.

aviator4.jpg

Fechando o trio da Aviator com a Devils Tramping Ground Tripel, uma Abbey Tripel que une maltes Pilsener e Vienna com lúpulos Saaz e Hallertau. De coloração amarelo turvo com creme branco de ótima formação e média alta permanência, a Aviator Devils Tramping Ground Tripel apresenta um aroma bastante condimentando (levedura trapista brilhando) sugestionando pimenta do reino e semente de cravo em meio a doçura maltada caramelada (com algo de mel) e interessante frutado (banana caramelada). Na boca, textura picante e doçura melada no primeiro toque, logo encoberta por especiarias e calor alcoólico (9,2%) abrindo um leque de sabores frutados (banana) e condimentados (pimenta do reino). O final reforça a picancia do conjunto e traz algo de frutado cítrico. No retrogosto, calor, mel, banana e pimenta. Boa!

aviator5.jpg

Balanço
Começando com uma expectativa frustrada pela Aviator Mad Beach: muita presença de caramelo e pouca de lúpulos (o que pode denotar envelhecimento, ainda que a validade seja para outubro de 2015) num conjunto que está mais para American Pale Ale do que American Wheat. A Saison de Aviator melhorou a expectativa em relação a Mad Beach, mas deixou a desejar no quesito Saison, com muito destaque para caramelo e pouco para condimentação, acidez e fazenda. Fechando o trio, a Devils Tramping Ground Tripel se mostrou (felizmente!) uma ótima Abbey Tripel, daquelas que caem perfeitamente com comidas condimentadas. Gostei dela! No geral, a Aviator parece ser uma cervejaria que busca novas maneiras de produzir cerveja, e ainda que isso modifique ligeiramente os estilos trabalhados, pode resultar em boas surpresas futuras. Vale acompanha-los.

aviator6.jpg

Aviator Mad Beach
– Produto: American Wheat
– Nacionalidade: EUA
– Graduação alcoólica: 4,8%
– Nota: 2,80/5
– Preço pago no Brasil: R$ 13,90 – 355 ml

Saison de Aviator
– Produto: Saison
– Nacionalidade: EUA
– Graduação alcoólica: 6,5%
– Nota: 2,90/5
– Preço pago no Brasil: R$ 13,90 – 355 ml

Aviator Devils Tramping Ground Tripel
– Produto: Abbey Tripel
– Nacionalidade: EUA
– Graduação alcoólica: 9,2%
– Nota: 3,33/5
– Preço pago no Brasil: R$ 13,90 – 355 ml

aviator7.jpg

Leia também
– Top 1001 Cervejas, por Marcelo Costa (aqui)
– Leia sobre outras cervejas (aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.