Boteco: da Argentina, três cervejas da Triskell

tris3.jpg

por Marcelo Costa

Surgida em Buenos Aires em 2007 com a missão de fomentar a revolução cervejeira no país, a Triskell Brewing Co. mostra personalidade nesta American IPA, com duplo dry-hopping e IBU alcançando 70 numa receita de 7% de álcool. De bonita coloração alaranjada e creme branco com toques laranjas de muita boa formação e permanência, a Triskell American IPA apresenta um aroma que traz notas características de lupulagem norte-americana: muito cítrico (laranja, maracujá, manga e abacaxi), muito herbal (pinho), resina aconchegada, caramelo suave e sugestão de condimentação. Na boca, toque rápido de mel e, no segundo seguinte, um atropelo de amargor persistente, cítrico (maracujá), herbal (pinho) e alcoólico, com leve toque terroso que não deixa o bebedor alheio: é para amar ou odiar. O final é amargo (cítrico, herbal e picante) enquanto o retrogosto traz leve adstringência, cítrica, herbal e leve caramelo. Deliciosamente arisca.

tris2.jpg

A segunda do pacote foi uma boa surpresa, pois mostra que esses argentinos não estão interessados apenas no exagero norte-americano: a Triskell Quadrupel é o tributo da turma de Buenos Aires aos belgas, e eles capricharam bastante (a casa ainda tem uma Dubbel e uma Tripelm no cardápio). De coloração âmbar caramelada com creme bege de baixa formação e média permanência, a Triskell Quadrupel surpreende de cara no excelente aroma, com anis, frutas vermelhas (uva) e pimenta se colocando a frente do caramelo e do açúcar mascavo. Há nítida percepção dos 10% de álcool avisando: vem porrada. As notas que remetem a frutas escuras começam a aparecer quando a cerveja aquece na taça. Na boca, textura quase licorosa e rápida doçura caramelada atropelada no mesmo momento por uma pancada forte de álcool, que estará presente em todo o percurso acompanhada de anis, uva e açúcar mascavo. O final é alcoólico e caramelado enquanto o retrogosto sugere anis, pimenta e sorriso no rosto.

tris1.jpg

Fechando este trio argentino com a Triskell Russian Imperial Stout, uma cerveja potente e elegante, com 10% de graduação alcoólica, coloração marrom bastante escura (quase preta) e creme bege escuro de boa formação e permanência. No nariz, doçura achocolatada com leve sugestão de leite e amargor em primeiro plano com, na retaguarda, frutas escuras (ameixa e alcaçuz), baunilha, café e álcool, não tão pronunciado como na Triskell Quadrupel. Há, ainda, suave sugestão defumada/amadeirada. Na boca, excelente replicação do que o aroma anuncia, incluindo o álcool, que surge muito bem inserido no conjunto, ficando mais evidente conforme a cerveja aquece na taça, mas, ainda assim, aconchegante. Há bastante doçura (caramelo, baunilha e chocolate… amargo), mas sem enjoar, e também suave toque frutado (ameixa e alcaçuz) e presença de café. O final é picante (alcoólico), caramelado e levemente amargo (café). No retrogosto, leve adstringência, caramelo e calor. Bem boa.

tris4.jpg

Balanço
Primeira da Triskell, a American IPA da casa chegou pedindo respeito: amargor cítrico e herbal intensos e prolongados, mas não com leve toque caramelado que tenta equilibrar as coisas, não consegue, mas faz dessa cerveja um belo exemplar de American IPA na capital argentina. Respeitei ainda mais quando descobri, através da Triskell Quadrupel, que esses argentinos não são influenciados apenas pelo exagero USA, mas também pelo melhor da escola europeia. Essa Quadrupel, com muito anis, uva e açúcar mascavo, por pouco não é uma Barley Wine, uma boa Barley Wine. Uma porrada para se apaixonar. Fechando o trio, outra porrada caprichada, a Triskell Russian Imperial Stout, uma cerveja que, ainda que com 10% de álcool, consegue se equilibrar entre doçura caramelada, frutado, amargor de café e álcool. Delícia que confirma a Triskell como destaque (ao lada da Berlina e da Grosa) da cena cervejeira argentina atual.

Triskell American IPA
– Produto: American IPA
– Nacionalidade: Argentina
– Graduação alcoólica: 7%
– Nota: 3,34/5
– Preço pago em Buenos Aires:  48 pesos – 355 ml

Triskell Quadrupel
– Produto: Belgian Quadrupel
– Nacionalidade: Argentina
– Graduação alcoólica: 10%
– Nota: 3,60/5
– Preço pago em Buenos Aires:  48 pesos – 355 ml

Triskell Russian Imperial Stout
– Produto: Russian Imperial Stout
– Nacionalidade: Argentina
– Graduação alcoólica: 10%
– Nota: 3,59/5
– Preço pago em Buenos Aires:  48 pesos – 355 ml

tris5.jpg

Leia também
– Top 1001 Cervejas, por Marcelo Costa (aqui)
– Leia sobre outras cervejas (aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.