Boteco: Quatro cervejas da Lervig Aktiebryggeri

que vieram na mala de Oslo no roteiro Europa 2014

por Marcelo Costa

A Lervig Aktiebryggeri é uma micro cervejaria surgida em Stavenger, uma bela cidade costeira da Noruega (distante cinco horas de Bergen, que também fica na costa, e sete horas da capital Oslo), de paisagens idílicas e atualmente conhecida como a ‘capital escandinava do petróleo’. Em 2003, após a cervejaria local Tou ser adquirida pela Ringnes e mudar-se para a Oslo, um grupo local decidiu criar uma nova cervejaria porque, segundo o site oficial, “uma verdadeira cidade tem uma catedral, um time de futebol na primeira divisão e uma cervejaria local”. Nascia a Lervig Aktiebryggeri. Hoje em dia, a cerveja já tem no currículo mais de 60 cervejas produzidas (isso sem contar cerca de 30 rótulos produzidos para a Mikkeller), sendo que seis delas estão no Top 50 de cervejas da Noruega do conceituado Ratebeer. Abaixo, quatro que vieram na mala de Oslo.

Lançada em 2014, a Lervig Brewers Reserve White IPA é a tentativa dos noruegueses de unir o estilo belga Witbier com a pegada lupulada das American IPAs. E é interessante como eles alcançam o feito de maneira equilibrada juntando água norueguesa, levedura belga, três tipos de malte (Pale Ale, Caramel e Trigo) e três de lúpulos norte-americanos (Centennial, Amarillo e Citra). Não filtrada, a Lervig Brewers Reserve White IPA exibe uma coloração amarela e intensa turbidez. O creme é branco e exibe boa formação e permanência. No nariz, notas herbais surgem em primeiro plano ao lado de leve cítrico com leve percepção de fermento belga e caramelo de malte. Na boca, a junção perfeita de estilos: há amargor (são 55 de IBU), mas ela também sugere refrescancia. O conjunto é agradabilíssimo: caramelo, herbal (leve pinho), cítrico (abacaxi e maçã verde), fermento, condimentação, feno, trigo, uma delícia. O final é suavemente amargo e herbal enquanto o retrogosto traz cítrico, resina e caramelo.

A segunda é a Lervig Brewers Reserve Galaxy IPA, uma single hop com lúpulo australiano, trigo, malte de cevada e água de Stavanger (vale olhar as fotos da cidade) que alcança 100 IBU (imperceptíveis, diga-se de passagem). De coloração âmbar caramelada e creme suavemente alaranjado de boa formação e baixa permanência, a Galaxy IPA dos noruegueses distribui um caminhão de resina e notas herbais (pinho) no aroma se sobrepondo ao cítrico da lupulagem, que com esforço aparecem: maracujá e casca de laranja. Na boca, por incrível que pareça, o amargor é intenso, mas não agressivo (100 de IBU? Mesmo?). As notas cítricas aparecem logo no começo e muito rapidamente, pois, na sequencia, notas herbais (pinho) batem ponto ao lado de resina, e ambas apagam toda a característica cítrica do lúpulo australiano. O amargor, ao menos, não se arrasta no paladar. O final começa levemente cítrico e adocicada e termina resinoso. No retrogosto, amargor, resina e uma pitada de maracujá.

“Acenda o fogo na lareira e desenrole as peles de urso”, avisa o site oficial sobre a Lervig Brewers Reserve Winter Ale, uma English Strong Ale para ser bebida no inverno (mas que cai bem nas noites frias de primavera em São Paulo e) que parece até uma Barley Wine pelo aroma melado e a percepção de álcool (8.3%). De coloração âmbar caramelada e creme levemente bege de baixa formação e rápida dispersão, esta Winter Ale dos noruegueses destaca um aroma intensamente caramelado, fruto do malte tostado, além de frutas escuras (ameixa e uva passa), toffee e álcool (o perfil aromática conforme a cerveja aquece no copo). Na boca, a doçura do malte de caramelo tostado surge em primeiro plano trazendo consigo notas frutadas (ameixa, figo e uva passa), sensação que irá permanecer em todo o percurso. O amargor pontual subsequente é mais derivado do álcool do que da lupulagem. O final é adocicado é levemente picante (de álcool). No retrogosto, ameixa, caramelo e calor.

Fechando o quarteto, a Konrad’s Stout é uma das estrelas do catálogo da Lervig Brewers Reserve. 18ª colocada no ranking do Ratebeer entre cervejas suecas (há outras duas Lervig sazonais no Top 10), a Konrad’s Stout é uma Russian Imperial Stout cuja receita une maltes Pilsner, Caramel, Chocolate e Torrado com aveia, lúpulos Northern Brewer e Chinook mais água norueguesa. De coloração preta intensa com bordas marrons na lateral da taça e creme bege de boa formação e curta permanência, a Konrad’s Stout destaca um aroma delicioso que traz notas que remetem a frutas escuras (ameixa e uva passa), adocicado (baunilha, açúcar mascavo e chocolate amargo) e álcool (a cacetada de 10.4%) além de leve café. Na boca, doçura caramelada no início e calor / amargor de álcool na sequencia, que aquece garganta e rosto imediatamente. O amargor puxa o paladar mais para café do que para chocolate sem esconder as ótimas notas frutadas. O final junto caramelo com álcool enquanto o retrogosto reforça a sensação primordial do conjunto: ameixa e calor. Deliciosa.

Balanço
A primeira desta micro cervejaria norueguesa que já completou 10 anos de existência é uma White IPA equilibradíssima, que combina de forma caprichada amargor de lúpulo norte-americano e as qualidades refrescantes de uma boa wit belga. Belo começo. A Galaxy IPA da casa é uma single hop potente, que diz ter 100 de IBU, mas encare uns 50 que já tá valendo. Para o meu gosto falta cítrico (eles dizem que tem, ou deveria ter, então deve ter ficado na alfandega), mas quem gosta de resina e amargor pode ir com fé. Quase uma Barley Wine, a Winter Ale dos noruegueses é caprichada, caramelada e alcóolica. Simples e eficiente no que se propõe: aquecer o bebedor no inverno (escandinavo). Falando em aquecimento, a Konrad’s Stout é uma bela surpresa no cardápio da Lervig, uma Russian Imperial Stout que aquece o fulano de maneira surpreendente acrescentando notas frutadas, adocicadas e alcoólicas. Belíssima.

Lervig Brewers Reserve White IPA
Produto: India Pale Ale
Nacionalidade: Noruega
Graduação alcoólica: 6,4%
Nota: 3,35/5
Preço pago em Oslo: R$ 16 – 330 ml

Lervig Brewers Reserve Galaxy IPA
Produto: India Pale Ale
Nacionalidade: Noruega
Graduação alcoólica: 6,5%
Nota: 3,21/5
Preço pago em Oslo: R$ 17 – 330 ml

Lervig Brewers Reserve Winter Ale
Produto: English Strong Ale
Nacionalidade: Noruega
Graduação alcoólica: 8,3%
Nota: 3,24/5
Preço pago em Oslo: R$ 17,50 – 330 ml

Lervig Brewers Reserve Konrad’s Stout
Produto: Russian Imperial Stout
Nacionalidade: Noruega
Graduação alcoólica: 10,4%
Nota: 3,94/5
Preço pago em Oslo: R$ 19 – 330 ml

Leia também
– Top 1001 Cervejas, por Marcelo Costa (aqui)
– Leia sobre outras cervejas (aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.