Boteco: Quatro cervejas da Adnams Brewery

por Marcelo Costa

A Adnams Brewery nasceu em 1872 em Southwold, Suffolk, na Inglaterra, pelos esforços de George e Ernest Adams, que compraram a Sole Bay Brewery. Desde então, a Adanms segue como uma cervejaria independente mantendo, atualmente, mais de 70 bares próprios. A sustentabilidade é uma das preocupações da cervejaria, cujo lema no site oficial conta que a missão da casa “é produzir grandes produtos sem prejudicar o planeta”. Até 2006, por exemplo, a entrega de barris nos bares de Southwold era feita por carroças com cavalos. Desde então, quando a Adnams expandiu seu centro de distribuição, projetado pelo arquiteto Jeremy Blake, indicado em ao Prêmio do Leste Inglês de Sustentabilidade, as carroças foram aposentadas. O cardápio destaca mais de 25 rótulos (a maioria em barril), sendo que 8 em garrafas estão retornando ao Brasil em 2014 (após uma primeira vinda ao país em 2012) por uma nova distribuidora, a Get Your Beer. Abaixo, quatro delas.

A Adnams Spindrift é uma Golden Ale cuja receita une trigo, malte escocês East Angelian e o lúpulo floral britânico Boadicea resultando em uma cerveja de coloração dourada quase âmbar, com creme branco de boa formação e média permanência. No nariz, a Adnams Spindrift exibe um interessante equilíbrio entre a doçura cativante derivada do malte e a suavidade floral surgida da lupulagem, com alguns toques cítricos perceptíveis. Na boca, o equilíbrio percebido pelo nariz é mantido: o primeiro toque é rapidamente doce (caramelo), sendo sobreposto por uma leve pancada de amargor cítrico e floral resultando num conjunto agradável e refrescante que busca valorizar tanto o caramelado do malte quanto as notas cítricas e florais derivadas dos lúpulos, sem muita profundidade, mas de fácil percepção. O final é suavemente amargo e caramelado enquanto o retrogosto mantém a mesma pegada.

Já a Adnams Ghost Ship tem rótulo inspirado no pub The Bell, localizado numa das aldeias mais mal-assombradas do Reino Unido, Walberswick, e é uma English Pale Ale que une os maltes Pale Ale, Rye Crystal e Caramalt com lúpulos norte-americanos num blend encabeçado por Citra. De coloração âmbar e creme branco de ótima formação e permanência, a Adnams Ghost Ship surpreende o bebedor já no aroma ao exibir o namoro de uma cervejaria inglesa com a escola norte-americana: muito cítrico (laranja em primeiro plano e maracujá em segundo) de mãos dadas com o caramelo derivado do malte e algum floral. A surpresa se intensifica prazerosamente na boca, com o lúpulo marcando presença desde o primeiro toque, cítrico e caramelado, e impulsionando o amargor. O resultado é uma cerveja refrescante e muito, mas muito saborosa, com amargor alto, mas não inibidor, caramelo presente, e final equilibrado. No retrogosto, frutas cítricas (maracujá, laranja e abacaxi) e leve caramelo. Muito boa.

A Adnams Broadside homenageia a Batalha de Solebay, primeira batalha naval da Terceira Guerra Anglo-Holandesa (1672-1674), através de uma English Strong Ale de receita simples e eficiente que une malte Pale Ale com lúpulo First Gold. De coloração âmbar escura puxada para o avermelhado e creme levemente bege de excelente formação e longa permanência, a Adnams Broadside destaca um aroma extremamente maltado e caracteristicamente inglês. É possível sentir sugestão suave de frutas (cereja), algo que remete a alcaçuz, muito caramelo e leve percepção herbal. Na boca, a entrada é adocicada e o amargor subsequente pontual – ainda que com sugestão caramelada. O conjunto reforça a sugestão frutada (mas mais frutas escuras que vermelhas, diferente do aroma) e a sensação de alcaçuz além de, claro, melaço e caramelo. O final traz caramelado, alcaçuz e um toque suavemente amargo e apaixonante. No retrogosto, mais caramelo e amargor suave. Um encanto.

Fechando o quarteto, a Adnams Tally-Ho 2013 é uma English Barley Wine produzida apenas para as festas de fim de ano (e, claro, para aquecer os ingleses no período de inverno com seus 7.2% de álcool). A receita valoriza o malte (Pale Ale, Cristal e Brown Ale), mas o lúpulo, discreto, marca presença equilibrando o conjunto. De coloração âmbar escura com traços avermelhados, a Tally-Ho 2013 exibe um creme de média formação e permanência. No nariz, um delicado aroma frutado (frutas escuras) se junta ao caramelado do malte (mais baunilha) e um toque suave de alcaçuz. Na boca, a entrada é adocicada (caramelo), e o lúpulo mostra sua assertividade de forma correta, contendo a doçura dos maltes, que se mantém no mesmo nível que as notas frutadas. Há ainda uma interessante sugestão herbal e, principalmente, uma remissão láctica normalmente ligada a aveia (não presente na receita, mas muito agradável). O final reforça essa sensação junto a caramelo e um leve toque amargo. No retrogosto, mais caramelo e leve álcool. Delícia.

Balanço
A Adnams Spindrift é uma blond ale bastante agradável, maltada e lupulada na medida, perfeita para refrescar em dias quentes (sem prejudicar aroma e paladar, como as lagers tradicionais de mercado). É a cerveja padrão como deveria ser. Já a Adnams Ghost Ship mantém a pegada de refrescância da Spindrift, mas surpreende o bebedor por ser uma inglesinha vestida de norte-americana: muito lúpulo cítrico namorando o caminhão de malte da receita e rendendo uma cerveja deliciosa e bastante equilibrada, que ora pisca para o lado cítrico da força (maracujá, abacaxi e laranja), ora para o lado caramelado. Para viciar. Falando em viciar, tome cuidado com a Adnams Broadside, uma English Strong Ale com alto potencial de amor cervejeiro: maltadíssima remetendo a frutas escuras e com amargor pontual mantendo a doçura sob controle, sem enjoar. Foda. Fechando o quarteto, a Adnams Tally-Ho 2013 é uma edição limitada e anual de uma English Barley Wine bastante suave e agradável, cujos 7.2% de álcool pouco aparecem num conjunto que valoriza o malte e desce de forma macia. Um belo exemplar do estilo britânico, ideal para introduzir bebedores no encantador território das Barley Wines.

Adnams Spindrift
– Produto: Blond Ale
– Nacionalidade: Inglaterra
– Graduação alcoólica: 5%
– Nota: 2,97/5
– Preço pago: R$ 22 – 330 ml

Adnams Ghost Ship
– Produto: English Pale Ale
– Nacionalidade: Inglaterra
– Graduação alcoólica: 4,5%
– Nota: 3,46/5
– Preço pago: R$ 26 – 500 ml

Adnams Broadside
– Produto: English Strong Ale
– Nacionalidade: Inglaterra
– Graduação alcoólica: 6,3%
– Nota: 3,65/5
– Preço pago: R$ 26 – 500 ml

Adnams Tally-Ho 2013
– Produto: English Barley Wine
– Nacionalidade: Inglaterra
– Graduação alcoólica: 7,2%
– Nota: 3,49/5
– Preço pago: R$ 23 – 330 ml

Leia também
– Top 1001 Cervejas, por Marcelo Costa (aqui)
– Leia sobre outras cervejas (aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *