Boteco: De Mogi Mirim, Sauber Beer (Parte 3)

por Marcelo Costa

A Sauber Beer IPA é uma autêntica devota da escola inglesa de India Pale Ale, então quem espera amargor acentuado pode se decepcionar (e a culpa não é da cerveja). De coloração âmbar caramelada e creme bege clarinho de boa formação e permanência, a Sauber Beer IPA destaca um aroma que busca equilibrar a doçura do malte de caramelo com a força do lúpulo, que marca presença de forma discreta, ainda que seja possível perceber algumas notas cítricas (remetendo a maçã verde e suave maracujá). Na boca, a busca pelo equilíbrio entre malte e lúpulo percebida pelo nariz é levada adiante. No primeiro toque, doçura e amargor surgem de forma comportando, encorpando o conjunto. É possível perceber o caramelo do malte e um leve amargor do lúpulo, sem derivação. O final traz o amargor suave se sobrepondo ao caramelo enquanto o retrogosto traz caramelo e amargor suave. Uma boa cerveja.

Já a Sauber Beer Ginger é uma receita que recebe adição de gengibre em sua composição. De coloração âmbar clara e creme branco de boa formação e permanência, a Sauber Beer Ginger destaca no nariz o gengibre (puxando suavemente para limão e semente de cravo) adicionado na receita num conjunto agradável que libera notas frutadas, condimentadas e levemente adocicadas. Há ainda um leve toque herbal presente no perfil aromático. Na boca, o gengibre aparece ainda com maior destaque revelando picância e sabor característicos da planta. Há certa doçura característica do malte de cevada, sugestão herbal e frutada (novamente limão) e condimentação, mas os 8% de álcool não aparecem (uma boa surpresa). O final é levemente amargo, picante e frutado remetendo claramente a gengibre enquanto o retrogosto traz notas herbais, limão e gengibre. Um dos destaques do cardápio da Sauber.

Menina dos olhos da Sauber Beer, a Pumpkin Ale é a cerveja de maior destaque da casa, responsável por apresenta-la para centenas de bebedores. É uma Pale Ale com adição de abobora. De coloração âmbar caramelada (abóbora?), a Sauber Beer Pumpkin Ale exibe um creme levemente bege de excelente formação e média permanencia. No nariz, a abóbora adicionada na receita se destaca, mas não de modo enjoativo, porque o malte também aparece, e traz consigo caramelo e resina, equilibrando o conjunto. Na boca, a abóbora novamente se destaca, aqui com mais intensidade do que no aroma, e abre espaço para temperos (canela e semente de cravo) e suave caramelado de malte. O final reforça a sugestão de abóbora enquanto o retrogosto traz, além da fruta adicionada, malte e caramelo. Belo exemplar de Pumpkin Ale nacional.

Balanço
A IPA da Sauber Beer, com novo rótulo que traz uma belíssima arte assinada pela artista plástica Cleide Andrade, é uma versão inglesa das India Pale Ale, ou seja, amarga, mas bem mais comportada que as versões norte-americanas. Aqui a ideia não é esconder o malte sobre uma nuvem de lúpulo, e o pessoal de Mogi-Mirim consegue um resultado equilibrado, mas que perde no custo/benefício: uma garrafa de 600 ml custa praticamente o mesmo que uma Fullers India Pale Ale de 500 ml, sendo que a inglesa é muito melhor acabada. A versão Ginger da casa se revelou uma agradável surpresa colocando-se entre as mais interessantes surpresas da cervejaria (as versões Tripel e Santo Capim também merecem atenção), com os 8% de álcool devidamente mascarados pela inserção de gengibre, que domina aroma e paladar. A arte do novo rótulo é de Anderson Kleber Moreira. Muito boa. Já a badalada Pumpkin Ale da Sauber merece elogios: é a segunda vez que escrevo (a terceira que bebo) dela, e a primeira havia me deixado com dúvidas de sua qualidade pela proximidade com o vencimento. Este novo exemplar, com validade para janeiro de 2015, atende perfeitamente as necessidades de avaliação, melhorando a percepção que tive anteriormente. O novo rótulo, bem mais bonito, traz um desenho da artista plástica Cleide Andrade. Minhas Pumpkins preferidas seguem sendo a primeira do estilo, Dogfish Head Punkin Ale, e o bom exemplar da Brooklyn, Post Road Pumpkin Ale, mas a Sauber Beer completa dignificamente o trio.

Sauber IPA
– Produto: India Pale Ale
– Nacionalidade: Mogim Mirim, Brasil
– Graduação alcoólica: 6,5%
– Nota: 2,90/5

Sauber Ginger
– Produto: Vegetable Beer
– Nacionalidade: Mogim Mirim, Brasil
– Graduação alcoólica: 8%
– Nota: 3,05/5

Sauber Pumpkin Ale
– Produto: Pumpkin Ale
– Nacionalidade: Mogim Mirim, Brasil
– Graduação alcoólica: 4,7%
– Nota: 3,00/5

Leia também
– Top 1001 Cervejas, por Marcelo Costa (aqui)
– Leia sobre outras cervejas (aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.