Boteco: da Inglaterra, Batemans

por Marcelo Costa

A Batemans Brewery é uma cervejaria familiar que foi fundada em 1874 ao redor de um velho moinho de vento na cidade de Wainfleet, Lincolnshire, e produzia apenas uma cerveja ale. Em 1960, porém, o número pulou para oito, sendo três delas em barril (Light Mild, Dark mild e XB Bitter) e cinco em garrafas: IPA, Double Brown, Nut Brown, Dinner Ale and B.B.B. As receitas tradicionais da casa surgiram na década de 70, mas eles continuam colocando novas cervejas no mercado: O trio abaixo reúne três cervejas lançadas pela Batemans Brewery neste século. Vamos a elas:

A Batemans Combined Harvest é uma Premium Bitter lançada em 2002 (e premiada com a medalha de ouro no The International Beer & Cider Awards do mesmo ano) que nasceu da junção de quatro cereais: aveia, centeio, trigo e cevada (sendo que a grande maioria das Bitters tradicionais utilizam apenas cevada). De coloração âmbar clara e creme branco com toques alaranjados de boa formação e permanência, a Combined Harvest destaca no nariz um delicioso aroma floral junto a um adocicado característico do malte (mel, caramelo e biscoito). Na boca, o corpo é de uma leveza surpreendente proporcionando frescor enquanto o amargor leve e pontual serve para contrabalancear o dulçor dos cereais presentes na receita resultando em uma cerveja equilibrada, simples e bem gostosa. O final é maltado (sem exageros) puxando para mel, pão e pêssego. No retrogosto, leve amargor e frutado (pera e maçã vermelha).

Lançada em 2005 para comemorar os 200 anos da Batalha de Trafalgar, em que o Reino Unido venceu França e Espanha, a Batemas Victory Ale é uma Extra Special Bitter (ESB) que une os maltes Marris Otter Pale Ale e Crystal com os lúpulos Goldings e Liberty. De coloração âmbar caramelada e creme de baixa formação e média permanência, a Batemas Victory Ale destaca um aroma decididamente britânico, ou seja, bastante maltado (remetendo a caramelo), mas permitindo sugestão de condimentação, frutado (ameixa) e bala toffee. Na boca, o malte novamente dá as cartas distribuindo dulçor (caramelo e melaço) frutado (ameixa) enquanto os lúpulos da receita equilibrando o conjunto com amargor suave e frutado. O final valoriza o amargor, que surge um bocadinho mais evidente, enquanto o malte não abandona o páreo e distribui caramelo e açúcar mascavo. O retrogosto traz leve amargor, caramelo e conhaque (sem a força do álcool).

Fechando o trio da Batemans com uma das novatas da casa, a Mocha Beer, que chegou ao mercado em 2012 e já conquistou muitos fãs com sua receita que une café arábico, chocolate belga e malte torrado. Ou seja, os ingleses levaram a sério essa brincadeira de Mocha Beer. De coloração marrom escuro com creme bege de boa formação e permanência, a Batemans Mocha Beer destaca um intenso aroma de chocolate ao leite no nariz, dominando o primeiro plano. O café se torna mais presente conforme a cerveja aquece na taça trazendo consigo baunilha, mas ainda assim é o chocolate que dita o perfil. Na boca, uma surpresa: o amargor (tanto do lúpulo quanto da torra do malte e do café) aparece no primeiro toque provocando o bebedor, que terá pela frente uma densa camada adocicada (chocolate e baunilha) e um final levemente amargo e achocolatado. No retrogosto, amargor e chocolate. Belíssima surpresa.

Balanço
Premium Bitter produzida com aveia, centeio, trigo e cevada, a Batemans Combined Harvest surpreende pela leveza, refrescância e alto drinkability. A junção dos quatro cereais diferentes não resultou em um conjunto complexo, mas ela não deixa de ser saborosa. O mesmo pode ser dito da Batemas Victory Ale, que acrescenta um leve toque frutado (primo distante das cervejas de abadia belgas) ao conjunto, bastante agradável. Para o final, a melhor: Batemans Mocha Beer, que recebe adição de café arábico e chocolate belga na receita, e destaca um aroma adocicado (chocolate e baunilha), mas abre espaço para o amargor na boca resultando em uma cerveja deliciosa e não enjoativa. Qualquer dia a bebo no café da manhã.

Batemans Combined Harvest
Produto: Premium Bitter
Nacionalidade: Inglaterra
Graduação alcoólica: 4,7%
Nota: 3,23/5

Batemans Victory Ale
Produto: Extra Special Bitter
Nacionalidade: Inglaterra
Graduação alcoólica: 6%
Nota: 3,23/5

Batemans Mocha Beer
Produto: Speciality Beer
Nacionalidade: Inglaterra
Graduação alcoólica: 6%
Nota: 3,55/5

Leia também
– Top 1001 Cervejas, por Marcelo Costa (aqui)
– Leia sobre outras cervejas (aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.