Los Hermanos em Juiz de Fora, 2002

Vídeos por Melvin W.

Leia também
– “Bloco do Eu Sozinho”, um álbum estranho e genial, por Marcelo Costa (aqui)
– “Bloco do Eu Sozinho”: faixa a faixa por Marcelo Camelo e Rodrigo Amarante (aqui)
– “Ventura”: a consistência e maturidade do Los Hermanos, por Jonas Lopes (aqui)
– “Los Hermanos 4” é um disco sem paralelos na música brasileira, por CEL (aqui)
– “Fizemos Bloco do Eu Sozinho à revelia”, entrevista a Martin Fernandez (aqui)
– Entrevista: Bruno Medina -> Acho que a renovação de público está ocorrendo (aqui)
– Show: “Seita” Los Hermanos segue firme em SP (2005), por Juliano Costa (aqui)
– Show: A antepenúltima ceia do Los Hermanos (2007), por Marco Antonio Bart (aqui)
– “Bloco do Eu Sozinho” e “Ventura”, os dois melhores discos dos anos 00 (aqui)

8 thoughts on “Los Hermanos em Juiz de Fora, 2002

  1. Eu tava lá! Minha cabeça aparece no último video! O show foi absurdo, e depois os caras da banda ficaram lá dando bobeira, bebendo cerveja. Até bati um papo com o Marcelo Camelo. Clima totalmente informal e sem estrelismo.

    Essa casa de show infelizmente não existe mais. Construíram um novo lugar enorme, e pra encher precisam colocar shows de reggae universitário e muita banda cover quase toda semana. Ainda dá uma noitada legal, mas sem o mesmo clima. O nome é Cultural Bar.

  2. É meio triste reconhecer que eles funcionavam mais juntos, com guitarras, do que separados, nessa coisa de mpb-wannabe, violãozinho, som de adulto. Eles foram importantes pra mim e pra muita gente pq foram capazes de mostrar pra toda essa geração (q cresceu na “mistura de ritmos” dos anos 90) que dava para criar melodias para cantar junto, e fazer letras em português, sem necessariamente se basear no q fazia o chamado BRock. Infelizmente a influência deles rendeu efeitos colaterais (Móveis Coloniais, Teatro Mágico, Banda mais bonita.. argh)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *