Boteco: Três cervejas inglesas

wells1.jpg

por Marcelo Costa

A Wells Waggle Dance Beer é mais um destaque do cardápio da cervejaria Wells & Youngs, de Bedford, que também é responsável pela Wells Banana Bread e pela Young’s Double Chocolate Stout. No caso desta Wells Dança do Requebrado (movimento da abelha ao alertar a colmeia para uma fonte de néctar), estamos diante de uma Blond que une maltes Pale Ale e Crystal com lúpulos British Fuggle e Golding mais adição de mel sul-americano. De coloração dourada, quase alaranjada, e translucida, a Wells Waggle Dance Beer exibe uma bela formação de espuma, de longa permanência. No aroma, bem definido, percepção clara de mel, de malte remetendo a trigo e leve lúpulo floral. No paladar, a textura seca e o corpo levíssimo reforçam fielmente as percepções do aroma. O primeiro ataque, equilibrado, traz amargor e adocicado se revezando. O malte, paixão dos ingleses, se destaca remetendo a pão, biscoito e trigo, amplificado pela doçura do mel. O final é levemente amargo e o retrogosto, maltado. Uma cerveja refrescante e indicada para quem gosta da escola britânica.

badger.jpg

A Badger Hall & Woodhouse é uma cervejaria fundada em Dorset em 1777, e que opera mais de 250 pubs no Sul da Inglaterra. A Blandford Flyer é uma interessante surpresa no cardápio da cervejaria, pois segue a receita tradicional de uma bitter, mas recebe adição de gengibre, que altera completamente sua personalidade. De coloração âmbar, translucida, e creme de média formação e permanência, a Blandford Flyer tem o aroma tomado pelo gengibre. Forçando na busca por outras informações olfativas é possível sentir melaço e algo frutado, que remete a pêssego em calda e guaraná. O paladar, de textura seca e corpo leve, amplifica a sensação adiantada pelo aroma com muita doçura e certa picância proveniente do gengibre, que gruda no céu da boca e se intensifica conforme a garrafa é esvaziada. O final reforça a característica principal da cerveja com picância e gengibre, que se estendem ao retrogosto. Bastante particular, a Blandford Flyer é daquelas cervejas indicadas para acompanhar pratos indianos e de intensa condimentação, quando suas virtudes são acentuadas.

hob.jpg

A Wychwood Brewery foi fundada em 1983, em Witney, quando Paddy Glenny adquiriu a fábrica da Clinch & Co Brewery, de 1841, e a rebatizou de The Eagle Brewery, mudando para Wychwood Brewery em 1990 (Wychwood é o nome da floresta que faz fronteira com a cidade de Witney, a oeste de Oxford). A Wychwood Hobgoblin é uma Extra Special Bitter bastante famosa que utiliza três tipos de malte (Pale, Chocolate e Crystal) e dois de lúpulo (English Fuggles e Styrian Goldings). Foi a primeira cerveja do Reino Unido a utilizar um rótulo ilustrado e hoje é uma das cinco cervejas engarrafadas mais vendidas na Grã-Bretanha. De coloração rubi, e belo espuma, de média permanência, o Duende Macabro de Wychwood traz no aroma a paixão dos britânicos pelo malte, caráter que é acentuado se você prova-la conforme manda o figurino: morna. Percepção de muito caramelo, mel e resina mais leve chocolate e nozes. O paladar é maltadíssimo (e furtadíssimo), com o lúpulo distribuindo amargor na sequencia e acompanhando o dulçor até o final. O retrogosto traz frutado e amargor. De responsa.

brewers.jpg

Wells Waggle Dance Beer
– Produto: Blond Ale
– Nacionalidade: Inglaterra
– Graduação alcoólica: 5%
– Nota: 2,81/5

Badger Blandford Flyer
– Produto: Premium Bitter
– Nacionalidade: Inglaterra
– Graduação alcoólica: 5,2%
– Nota: 2,83/5

Wychwood Hobgoblin
– Produto: Premium Bitter
– Nacionalidade: Inglaterra
– Graduação alcoólica: 5,2%
– Nota: 3,28/5

badger1.jpg

Leia também
– Top 1001 Cervejas, por Marcelo Costa (aqui)
– Leia sobre outras cervejas (aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.