Boteco: Três cervejas da Sixpoint Brewery

sixpoint.jpg

por Marcelo Costa

A Sixpoint Craft Ales é uma micro cervejaria que nasceu em uma garagem em Red Hook, bairro do Brooklyn, Nova York, em 2004. A ideia dos amigos Andrew Bronstein e Shane Welch era recriar estilos clássicos à sua maneira, alterando levemente às receitas numa busca por algo novo. “A nossa criatividade não pode ser confinada a diretrizes de manuais de estilo porque um estilo simplesmente não tem diretrizes. Ele é ilimitado, amorfo, inquieto”, avisa um texto do site oficial. O cardápio da casa traz cinco rótulos que são fabricados o ano todo (as três abaixo mais Sweet Action e Righteous Ale), quatro sazonais (Harbinger, Apollo, Autumnation e Diesel) e alguns rótulos especiais como 3 Beans, Browstone, a linha Mad Scientist (que já lançou 15 cervejas diferentes), a linha Spice of Life (explorando lúpulos específicos – já são mais de 20 cervejas produzidas) e a linha Beer for Beasts, que anualmente celebra receitas inusitadas (veja o cardápio dos últimos três anos aqui). Abaixo, três rótulos que podem ser encontrados com facilidade no Brasil (preços de R$ 10 a R$ 20).

crispy.jpg

A Sixpoint The Crisp é uma German Pilsner nascida no Brooklyn, ou seja, adiciona uma boa quantidade de lúpulos à receita alemã tradicional buscando criar uma cerveja refrescante e, ao mesmo tempo, saborosa. De coloração que fica no meio do caminho entre o dourado e o quase alaranjado, a Sixpoint The Crisp exibe uma espuma de boa formação e média permanência e traz no aroma um bom resumo do que busca: notas provenientes do malte e que remetem a trigo, caramelo e mel mais uma levíssima sensação de lúpulo cítrico que, juntos, constroem o perfil aromático de uma Pilsner equilibrada e gostosa. O paladar confirma o que o aroma adianta: o amargor característico do estilo dá o bote acompanhado de um leve frescor do malte, que surge rapidamente, mas a ponto de dar um colorido especial ao conjunto, que desaparece rapidamente em um final extremamente seco e refrescante. O retrogosto é levemente maltado com algo de cítrico numa cerveja para ser bebida sossegadamente em dias quentes.

bengali2.jpg

A Sixpoint Bengali Tiger é uma reinterpretação da cervejaria nova-iorquina do estilo India Pale Ale. A ideia de produzi-la surgiu porque, segundo os nova-iorquinos, as IPAs norte-americanas estão cada vez mais lupuladas, numa assertividade hoppy que ignora as belas qualidades do malte. A Sixpoint, então, decidiu equilibrar as doses exageradas de lúpulo exagerando também no malte. De coloração acobreada e espuma de boa formação e longa permanência, o Tigre de Bengala da Sixpoint traz no aroma o equilíbrio que busca do estilo: notas maltadas, remetendo a caramelo e frutas escuras (nozes), surgem lado a lado com a força dos três tipos de lúpulo presentes na receita, e que se desprendem em notas herbais (pinho), cítricas e frutadas (acerola e toranja) além de resina. No paladar, o primeiro ataque traz notas cítricas, sem soar tão amargo (apesar do IBU bater na marca dos 62), e na sequencia exibe notas carameladas provenientes do malte, formando um belo conjunto. O final é maltado, cítrico e saboroso, na medida certa. E o retrogosto traz algo de cítrico e caramelo. Belíssima cerveja!

resin.jpg

A Sixpoint Resin é uma Imperial Double IPA de 9,1% de graduação e 103 de IBU que pode ser encarada como uma declaração de amor aos lúpulos norte-americanos. De coloração acobreada clara, espuma branca alaranjada, de bela formação e longa permanência, a Sixpoint Resin traz no aroma intenso e espetacular uma dose cavalar de lúpulos distribuindo notas cítricas (toranja, acerola e maracujá) e herbáceas, remetendo a, como o nome adianta, resina – e também pinho. Esqueça o malte. No paladar, o ataque é de amargor intenso nos primeiros 5 segundos, abrindo espaço na sequencia para um suavíssimo melaço de malte e intensas notas cítricas e frutadas que acariciam o palato enquanto o amargor vai riscando garganta abaixo até bater forte no peito. A alta graduação alcoólica só é sentida conforme a cerveja esquenta na taça, ou mesmo quando o calor começa a ruborizar as faces e deixar a pessoa sorrindo a toa. O final é de um amargo cítrico e resinoso praticamente eterno, e você só descobre que a sensação da cerveja terminou, e começou o retrogosto, por uma leva acidez que se forma embaixo da língua. Conselho: água antes de outra. A menina é poderosa.

sixpoitn.jpg

Sixpoint The Crisp
– Produto: German Pilsner
– Nacionalidade: EUA
– Graduação alcoólica: 5,4%
– Nota: 3,13/5

Sixpoint Bengali Tiger
– Produto: India Pale Ale
– Nacionalidade: EUA
– Graduação alcoólica: 6,4%
– Nota: 3,62/5

Sixpoint Resin
– Produto: Imperial Double India Pale Ale
– Nacionalidade: EUA
– Graduação alcoólica: 9,1%
– Nota: 3,93/5

mad.jpg

Leia também
– Top 1001 Cervejas, por Marcelo Costa (aqui)
– Leia sobre outras cervejas (aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.