Melhores de 2011: Rodrigo Carneiro

Rodrigo Carneiro
Mickey Junkies /Eu, ela, o cão e o affair redivivo

MELHOR DISCO NACIONAL
Criolo – Nó na Orelha
Bixiga 70 – Bixiga 70
Gui Amabis – Memórias Luso/Africanas
Chio Buarque – Chico
Junio Barreto – Setembro

MELHOR DISCO INTERNACIONAL
PJ Harvey – Let England Shake
Tom Waits – Bad as Me
Shabazz Palaces – Black Up
Little Roy – Battle For Seattle
Charles Bradley – No Time For Dreaming

MELHOR MÚSICA NACIONAL
Jair Naves – Um Passo por vez
Criolo – Não existe amor em SP
Gal Costa – Recanto Escuro
Chico Buarque – Meu Querido Diário
Metá Metá – Oranian

MELHOR MÚSICA INTERNACIONAL
Leonard Cohen  – Show me the place
Charles Bradley & The Menahan Street Band – Stay Away
Mark Lanegan Band – The Gravedigger’s Song
Jimmy Cliff – Guns of Brixton
The Roots – Sleep

MELHOR SHOW NACIONAL
Arthur Verocai – Sesc Pinheiros
Criolo – Sesc Vila Mariana
Letieres Leite & Orkestra Rumpilezz no Auditório Ibirapuera
Arrigo Barnabé canta Lupicinio Rodrigues – Sesc Osasco
Ratos de Porão 30 anos – Hangar 110

MELHOR SHOW INTERNACIONAL
Sharon Jones & The Dap Kings no Parque do Ibirapuera
Mulatu Astatke no Sesc Vila Mariana
Archie Shepp no Sesc Pompeia
Primal Scream no HSBC Brasil
Q-Tip no Sesc Santo André

MELHOR FILME NACIONAL
Daquele instante em diante – Rogério Velloso
Quebrando o Tabu – Fernando Grostein Andrade
Bróder – Jeferson De
Rock Brasília – Era de Ouro – Vladimir Carvalho
Filhos de João, Admirável Mundo Novo Baiano – Henrique Dantas

MELHOR FILME INTERNACIONAL
Meia Noite em Paris – Woody Allen
Melancolia – Lars Von Trier
A Pele que Habito – Pedro Almodóvar
Cisne Negro – Darren Aronofsky
Gainsbourg – O Homem que Amava as Mulheres – Joann Sfar

MELHOR SITE
Dangerous Minds
Pitchfork

MELHOR LIVRO
Asterios Polyp – David Mazzucchelli
Habitante Irreal – Paulo Scott
A Primavera do Dragão – A Juventude de Glauber Rocha – Nelson Motta
Literatura e Afrodescendência no Brasil – Antologia Crítica – organizado por Eduardo de Assis Duarte
A Felicidade é Fácil – Edney Silvestre

MELHOR BLOG
Dinâmica de Bruto – Bruno Maron
Jotabê Medeiros – Jotabê Medeiros
Trabalho Sujo – Alexandre Matias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.