Break up Book: #2 “Blue Skies”, Noah and The Whale

Break up Book #02, por André Takeda
“Blue Skies”, Noah and The Whale

Este é um texto para toda a cama com o lado esquerdo vazio. Para o colchão com marcas de um corpo apenas. Para as manchas no lençol que nenhum sabão em pó consegue apagar. Para as toalhas que já não combinam mais. Para os hidratantes esquecidos na prateleira. Para o chuveiro que sempre molha na mesma temperatura. Para as camisas com os botões caídos. Para o perfume que a cada dia desaparece do armário. Este é um texto para todas as geladeiras vazias. Para os potes de geléia sem tocar. Para as frutas que secam com o tempo. Para o gelo que deixa de congelar. Para as caixas de pizza que se acumulam no fundo da cozinha. Para o cinzeiro cheio de pontas de cigarro. Este é um texto para todas as fotos escondidas em caixas de sapato. Para as revistas e livros sem prateleiras. Para as músicas que já não estão mais no repeat. Para os objetos de uma decoração que não faz mais sentido. Para os poemas perdidos em cadernos amarelados. Para as plantas que só a chuva sabe cuidar. Este é um texto para todo o pó sobre as garrafas de vinho. Para os chás que já passaram da data de vencimento. Para os temperos sem chef. Para as facas que nunca mais serão afiadas. Para a companhia invisível na mesa de jantar. Para o despertador que não toca duas vezes. Para o jogo de chaves extra que repousa na escrivaninha. Este é um texto para todas as lâmpadas queimadas. Para o espelho sem maquiagem. Para a conta de gás sem sustos e surpresas. Para as sobras de comida no lixo. Para o protagonismo repentino do forno de microondas. Para a pia cheia de louças para lavar. Para a falta de sentido de sair mais cedo do trabalho. Para sábados à noite com menos embalo e mais dor.

Este é um texto para todos os metros quadrados de solidão que agora estou alugando.

Feliz ano novo.

Você encontra “Blue Skies” no álbum “The First Days of Spring”.

*******
André Takeda é autor dos livros “O Clube dos Corações Solitários” (2001), “Cassino Hotel” (2004) e “A Menina do Castelinho de Jóias” (2011). É colaborador de primeira hora do Scream & Yell e assina atualmente o Tumblr Eu Quero Ser Amigo, publica suas fotografias (como a deste post) no http://www.flickr.com/photos/andretakeda/ e assina quinzenalmente no Scream & Yell a coluna Break up Book.

Download: baixe “Ao Vivo”, coletânea de textos de André Takeda em PDF (aqui)

Leia também:
– Break up Book #01: “All I Have To Do Is Dream”, Tashaki Myaki (aqui)

10 thoughts on “Break up Book: #2 “Blue Skies”, Noah and The Whale

  1. andre takeda sempre me mostrando as melhores bandas.
    me lembro do blog “peixes-banana” onde conheci a feist, o bright eyes e tantos outros.
    ah, e o texto é ótimo (como sempre).
    😀

  2. “Este é um texto para todas as fotos escondidas em caixas de sapato.” – Ah, essas fotos…
    Não conhecia Noah and The Whale; bela música. A introdução me lembrou “Pictures of You”, do Cure. Texto deveras inspirado.

  3. Eu aaamooo os textos do André Takeda, e quando não conheço as referências que ele faz e vou atrás… nossa, sempre gratas surpresas!!! Quando meu marido me mostrou “Blue Skies”, chorei. É música pra ficar na trilha sonora da vida.

    Ah, mas as nossas fotos, essas ficarão nos painéis espalhados pela casa, longe das caixas de sapatos… rs

  4. André,
    Tão fundo, possível… despedida que convocou as de uma vida toda… no mais… só consigo comentar do lado de dentro (da janela, dos olhos, do ceu azul).
    obrigada por imensa beleza

    Daniela

  5. Andre, eu escrevi a primeira mensagem la em cima e acabei de enviar o texto que escrevi em resposta a sua cronica para seu FB! Espero que encontre.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.