Três CDs: Carla Bruni, Aimee Mann e Carole King

por Marcelo Costa

“Comme Si De Rien N’Était”, Carla Bruni (ST2)
Em questão de um ano, ela deixou de ser a modelo que namorou Jagger, Trump e Clapton para se transformar na 1ª dama da França. A exposição do “cargo” contagia uma audição isenta de um álbum cuja sedução melódica – chanson francesa dos 60 e pop blues contemporâneo – aliada a provocação de letras como “Tu Es Ma Came” (que compara o amor com cocaína) e “Je Suis une Enfant” (“Ainda sou uma criança, apesar dos 40 anos e meus 30 amantes”) encantam, mas se confundem com o noticiário. Fique com a música.

Preço em média: R$ 25
Nota: 8

Leia também
– “No Promisses”, de Carla Bruni, por Marcelo Costa (aqui)

“@#%&*! Smilers”, Aimee Mann (Superego)
Aimee Mann é uma das melhores contadoras de histórias de amor da atualidade. Paul Thomas Anderson (que escreveu “Magnólia” ouvindo “Bachelor No. 2”) e Nick Hornby (que a incluiu em seu livro “31 canções”) também acham. Seu novo álbum, “Fucking Smilers”, é o mais pop de sua carreira recente e os deliciosos refrões pegajosos de “Phoenix” (em que a garota abandona seu amor), “Freeway” (sobre pessoas presas ao dinheiro) e “31 Today” (sobre a ansiedade de envelhecer) vão fazer você sonhar acordado (a).

Preço em média: R$ 45 (importado)
Nota: 9

Leia também
– “The Forgotten Arm”, de Aimee Mann, por Marcelo Costa (aqui)
– “Magnólia”, de Paul Thomas Anderson, por Marcelo Costa (aqui)

“Tapestry Deluxe Edition”, Carole King (Sony/BMG)
Segundo disco de Carole King, “Tapestry” (1971) causou na música pop feminina impacto semelhante ao de “Never Mind The Bollocks” no rock. Aqui a cantora abre mão da técnica em favor da emoção – imperfeita, mas verdadeira – e o resultado é um álbum histórico que ficou no topo da Billboard por 15 semanas, e permaneceu seis anos no Top 100. Este belo relançamento traz um livreto que relembra as gravações e um disco bônus com onze faixas em versões intimistas piano-voz registradas ao vivo entre 1973 e 1976.

Preço em média: R$ 49
Nota: 10


– Marcelo Costa (@screamyell) é editor do Scream & Yell e assina a Calmantes com Champagne

5 thoughts on “Três CDs: Carla Bruni, Aimee Mann e Carole King

  1. Marcelo, que surpresa óteeema alguém se lembrar da incrível Aimee.
    Acho as canções dela insuperáveis e acredito que como a maioria das pessoas a conheci através do excelente Magnólia.
    Obrigada por comentar cds não tão óbvios.

  2. cara, nunca tinha comentado aqui… mas sempre acesso teu blog em busca de dicas, e muitas delas batem com meu gosto musical…

    valeu por elas!

    e se pudesse aumentar a frequência da sessão “500 toques”, seria ótimo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.